SOBREVOANDO BEZERROS NA DÉCADA DE 90

Muitos bezerrenses devem lembrar dos voos panorâmicos de um ultraleve nos céus de Bezerros. As imagens resgatadas pela ADP Produções nos remete a essa recordação ainda nos início dos anos 90, a diferença é que você terá agora visão que os tripulantes tinham da cidade lá do alto.

Share

MATANDO A SAUDADE: A FEIRA DA VIDA:

11329828_663732390424315_6350187692147838799_nNa feira de minha íntima cidade, / há tempos comprei muita ilusão, / e hoje o grande balaio da saudade / guarda tudo, inclusive o coração. / Mulher rendeira, festa, casamento, / batizado, figuras mil de barro / cantam hoje em tristíssimo lamento / como flor morta que ficou no jarro. / Tinha também, na feira, o violeiro, / o boi, a vaca e até o delegado, / mas eu admirava era o vaqueiro / que aboiava, nostálgico, o meu gado. / A feira era pequena, é bem verdade, / mas tinha repentista e embolador / cantando versos tristes de saudade / e cantando também a minha dor. / Havia remédio pra qualquer doença, / folhetos com romances vãos de amor, / e a tudo aquilo o povo dava crença / arrodeando o pobre vendedor. / De tarde, já na hora do sol pôr, / o povo, como autômato, ia embora, / deixando a boa feira com a dor / de botar frutas e legumes fora. / Mas, eis que aquele resto de mangaio / foi com o tempo se amontoando / nos caçuás do meu cavalo baio / que hoje vive como alma, penando. / Na feira ingente de minha amargura, / oferecendo, sem ninguém levar, / tomates, laranjas e verduras / dos roçados sem fim do meu penar. / E assim a minha vida foi ficando / do mesmo jeito da feira acabada, / cantandor triste que se vai cantando / a poesia da vida magoada. / E cavalgando meu cavalo baio, / tangerino sem amor, sem nada, / eu hoje sou apenas o mangaio / perdido em meio da feira acabada….
( Do livro ALTER EGO, Ed.1996 – Ronaldo José Souto Maior, com apresentação do escritor MANUEL DE BARROS. Edição do IEHAFB.

Share

DIVULGADO RETRATO FALADO DE ACUSADO DE ESTUPROS EM RETIRO DE CARNAVAL EM BEZERROS

suspeito_abuso-300x135

O Disque-Denúncia Pernambuco divulgou o valor da recompensa nesta sexta-feira (27), juntamente aos retratos falados do homem, confeccionados pelo Instituto de Identificação Tavares Buril. “Apesar das imagens diferentes conseguidas a partir das vítimas, todas são representações do mesmo suspeito. O caso está sendo investigado pelo delegado Antônio Dutra”, informa o departamento de Comunicação do DDPE.

Quem tiver dados pode passá-las pelos telefones (81) 3719-4545, no interior, ou (81) 3421-9595 nas demais localidades do estado. Também está disponível o site da instituição, onde a população pode enviar fotos ou vídeos que contribuam às investigações. O departamento de Comunicação informa que “o serviço funciona durante 24h, todos os dias da semana. O anonimato é garantido”.

G1 Caruaru

Disque-Denúncia oferece recompensa de R$ 3 mil para informações sobre suspeito de estupro em Bezerros

O Disque-Denúncia de Pernambuco está oferecendo uma recompensa de até R$ 3 mil para quem tiver informações que ajudem a localizar o suspeito de abusar sexualmente de cinco mulheres em um retiro espiritual em Bezerros, no último dia 17, no interior do Estado.

A superintendente do Disque-Denúncia, Carmela Galindo, espera que o suspeito seja reconhecido o quanto antes. “Através do oferecimento da recompensa, esperamos recolher informações que ajudem a esclarecer esse caso. Principalmente pelo fato de termos retratos falados do suspeito, a participação da comunidade pode ser fundamental na identificação e localização”, explica.

Jornal do Commercio

Share

ARQUIVO: MENSAGEM DE EX-PREFEITO MARCOU A CHEGADA DE 1999

LUCAS CARDOSOO ex-prefeito Lucas Cardoso (já falecido) usava os microfones de uma emissora de Caruaru para saudar os bezerrenses para o novo ano que se aproximava (1999). A gravação foi repassada ao bezerroshoje pelo Absoluto Som Studio ainda no início deste ano. A redação resolveu  guardar o material para um momento oportuno. Uma recordação que, com certeza, deve emocionar muitos admiradores do ex-prefeito. Lucas faleceu três anos mais tarde, em 2001, deixando um legado de ações que até hoje marca a história sociocultural e econômica do município. A Folia do Papangu e o tursimo em Serra Negra são exemplos disso.

No áudio abaixo, o ex- prefeito falava sobre o balanço de final de ano e também sobre o fim da tradição do apagar da luzes.

Share

DEPUTADOS DESTACAM EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DE BEZERROS

Os deputados estaduais Ricardo Costa e Aluízio Lessa destacaram Bezerros na Assembleia Legislativa de Pernambuco por conta do aniversário de 144 anos de emancipação política, comemorado no próximo dia 18. Ricardo apresentou votos de congratulações, enquanto que Lessa apresentou votos de aplausos.

“Bezerros é localizado no Agreste Central de Pernambuco, distante 107 km do Recife. O município oferece atrativos para os apreciadores da cultura popular. Às margens da BR 232 estão localizados o ateliê do artista Jota Borges e o Centro de Artesanato do Agreste, um centro de referência da arte popular pernambucana. No carnaval os coloridos papangus invadem as ruas da cidade atraindo muitos visitantes. Já os amantes da ecologia e dos esportes radicais podem aproveitar Serra Negra, uma das regiões mais bonitas e agradáveis do estado que fica a menos de dez quilômetros do centro da cidade de Bezerros. Portanto na passagem de mais um aniversário desse município pernambucano, envio os parabéns, a fim de prestar esta justa homenagem. Considerando como plenamente justificado, só nos resta solicitar dos nossos ilustres pares nesta Casa Legislativa, sua necessária aprovação, no intuito do seu atendimento”, diz um dos deputados em  sua justificativas.

EVENTO: A programação de show’s alusivo a festividades de emancipação política ainda não foi divulgada pela Prefeitura.

Share

REGISTRO

ELEIO_~1Imagem da campanha política de 1986, onde discursava o Dep. Federal Inocêncio Oliveira ao lado do então candidato ao governo, José Múcio Monteiro, hoje Ministro do TCU e do candidato a Dep. estadual Severino Otávio, atual Prefeito de Bezerros. Foto registrada em comício realizado em alguma cidade do Sertão do Pajeú.

pedro_hamorim@hotmail.com
Share

SOBRE TEÓFILO TEIXEIRA DE CARVALHO

“AGRADECIMENTOS”

Os tempos são longínquos, final da década de 50. TEÓFILO TEIXEIRA DE CARVALHO, o homem do Cavalo conquista a 1ª das três vereanças lhe outorgadas pelo povo de Bezerros (59 a 63 – 68 a 72 – 77 a 82).

Em 1964 é eleito Vice-Prefeito de Alcides de Andrade Lima, época em que o voto era desvinculado. Assume como Prefeito durante um ano (agosto de 1967 a agosto de 1968). Período marcado pela realização de obras como a ponte da Avenida Capitão Eulino Mendonça, a ponte de Insurreição, reforma da Praça Duque de Caxias, antigo Matadouro e Escolas…

Passa-se o tempo nunca o legado, jamais a história.

E o homem do Cavalo, aos 90 anos, 9 meses e 12 dias, volta ao plenário da Câmara Municipal, não mais para usar com veemência a tribuna, mas, para no silêncio concebido pela promessa de vida eterna, receber as homenagens da despedida final.

Beatriz Olegaria de Carvalho e Familiares agradecem aos parentes e amigos presentes.

Jônio Bezerra de Carvalho.

Share

REGISTRO

O LOCAL QUE MAIS AMO, RUA DA MATRIZ, VENDO-SE A NOSSA IGREJA-MATRIZ DE SÃO JOSÉ, DE TANTAS HISTÓRIAS, UM FORTE PEDAÇO DE NOSSA HISTÓRIA, AINDA SEM A PRAÇA, terreno livre de chão batido. Alí, no sobrado 104 (infelizmente demolido) vivi boa parte de minha infância, a partir de 1959. Rua à qual prestei homenagem escrevendo minhas crônicas com o título NA PRAÇA DA MATRIZ (1981).

POR RONALDO SOUTO MAIOR

Share

INTERNAUTA PREOCUPADO COM PRESERVAÇÃO DE PRÉDIOS HISTÓRICOS DE BEZERROS

Geraldo Júnior
E-Mailgfs.jr@bol.com.br
AssuntoCasario antigo
MensagemPrezado Editor, Com referência a reportagem “Voltando pra casa” exibida no programa do Ratinho, com destaque para a ênfase dada as fachadas do casario antigo existentes no centro de nosso município – inclusive me lembro de já ter visto muitas outras matérias em jornais impressos e até mesmo em sites que retratavam esta mesma temática – coincidentemente estive esta semana nos municípios pernambucanos de Floresta e Belém do São Francisco, onde constatei uma fascinante tendência de preservação dos imóveis históricos destas cidades, notadamente do conjunto arquitetônico das casas que, acredito, formaram/iniciaram o seu núcleo habitacional, e que são de uma beleza construtiva ímpar. De modo que gostaria de instigar nossos legisladores/gestores a tratarem (sendo certo que não tenho certeza da existência ou não de legislação municipal que já trate deste assunto)da possibilidade do poder público intervir, a bem do interesse coletivo e cultural, na propriedade privada, no sentido de não permitir que os proprietários de imóveis que detenham relevante valor paisagístico/arquitetônico, promovam mudanças drásticas nas fachadas de tais casarões antigos e, por que não dizer, até mesmo incentivar/auxiliar, através de instrumentos cabíveis, estes mesmos proprietários na preservação e restauração desse nosso patrimônio de relevante valor histórico e cultural(digo nosso embasado, principalmente, em reportagens como a retratada acima, as quais não deixam dúvidas do potencial turístico que tal medida pode promover).
Share

REGISTRO HISTÓRICO

Foto: ESTA FOTOGRAFIA É RARÍSSIMA!  Meu professor de História do Curso de Pós-Graduação pelejou para ficar com ela, até hoje não apareceu uma igual - pode ser que agora com sua divulgação - o proprietário reconheça seu valor e importância, faça aparecer uma semelhante -, trata-se de um momento político bem histórico: Foi o COMÍCIO DO CAPITÃO JOÃO ALBERTO, EM MARÇO DE 1934, PARA DEPUTADO CONSTITUINTE DE PERNAMBUCO. Quem estudou História do Brasil deve conhecer a história desse homem! Para essa relíquia não tem preço!!ESTA FOTOGRAFIA É RARÍSSIMA! Meu professor de História do Curso de Pós-Graduação pelejou para ficar com ela, até hoje não apareceu uma igual – pode ser que agora com sua divulgação – o proprietário reconheça seu valor e importância, faça aparecer uma semelhante -, trata-se de um momento político bem histórico: Foi o COMÍCIO DO CAPITÃO JOÃO ALBERTO, EM MARÇO DE 1934, PARA DEPUTADO CONSTITUINTE DE PERNAMBUCO. Quem estudou História do Brasil deve conhecer a história desse homem! Para essa relíquia não tem preço!!

Por Ronaldo Souto Maior

Share

BH NA HISTÓRIA

Aproveitando os registros históricos de Bezerros em postagens do professor e historiador Ronaldo Souto Maior nas redes sociais, o bezerrohoje.com retorna a divulgação diária de imagens de Bezerros.

Primitiva “rodagem” interligando o centro da cidade com a antiga rodovia Agamenon Magalhães – hoje é a Av. Cap. Eulino Mendonça. (Ronaldo Souto Maior

Foto: Primitiva "rodagem" interligando o centro da cidade com a antiga rodovia Agamenon Magalhães - hoje é a Av. Cap. Eulino Mendonça.Foto: JORNAL "A ÉPOCA " - editado em Bezerros nos idos de 1921.

JORNAL “A ÉPOCA ” – editado em Bezerros nos idos de 1921.
Share