Coopasa faz distribuição de alface cultivada em Sapucarana

A Cooperativa Coopasa (Sapucarana), fez hoje a colheita do primeiro lote de Alface para distribuição à famílias em situação de vulnerabilidade socioeconômica. A entrega será feita em algumas cidades de Pernambuco, sob o intermédio da Ad Diper. Esta ação está sendo realizada através do Programa Compra Local, que tem por objetivo, assistir pessoas que sofreram impactos com o Covid-19.

Coopasa, juntos no desenvolvimento do agro!

Share

Rombo no IPREBE chega a mais de 40 milhões, aponta estudo do conselho de fiscalização

Do PH Bezerros

Através da tribuna popular instaurada nas reuniões da Câmara Municipal de Bezerros, a representante do Conselho de fiscalização do IPREBE, Rosa Soares apresentou nesta terça (05) dados sobre a saúde financeira do instituto de previdência de Bezerros.

A representante do conselho Rosa Soares iniciou a explanação alegando que o município não poderá fugir dos 14% de descontos dos servidores, devido os erros das gestões anteriores que não cumpriram com o repasse da patronal com o IPREBE.

Ou seja, segunda ela desde 2014 quando houve o parcelamento dos valores da patronal, não se foi cumprido as parcelas e houve o acumulo da divida. “Não queremos ferir administrações, mas atentou que é necessario um planejamento financeiro em Bezerros com priorização”. Rosa Soares atentou para os juros exorbitantes que estão sendo gerados pela falta de pagamentos das parcelas, acumulando mês a mês.

Ainda segundo a conselheira o defecit real calculado em dezembro de 2019 que foi entregue ao prefeito Breno Borba PSB, somou o valor de 36.221.900,00 (trinta e seis milhões, duzentos e vinte e um mil e novecentos reais). Em seguida ela já adiantou que a previsão do déficit para maio de 2020 quando realizarão uma nova somatória deverá chegar a mais de 40 milhões devido os juros das parcelas acumuladas.

“Não tem mais reserva” disse a conselheira que apresentou o valor da folha de benefícios que chega a 1 milhão e 50 mil, o que leva o município a de fato ter que aplicar os 14% apresentado no projeto que se adequa a reforma da previdência.

Ao seguir apresentando os dados e números Rosa Soares enfatizou que além de não passar o valor da patronal, também existe deficit sobre os valores dos funcionários que tiveram os descontos efetuados mais que não foram repassado nos últimos meses. “Tivemos déficit da Educação e da Saúde que não foram repassados, ou seja, foi retirado do funcionário e não foi repassado”. disse a conselheira que classificou como falta de prioridade e planejamento financeiro no município.

Clique para assistir

Share

EXTRA: Bezerros recebe do governo federal mais dinheiro que Gravatá para o enfrentamento ao CORONAVÍRUS

Bezerros recebe 1,2 milhão extra do Governo Federal para o enfrentamento ao CORONAVÍRUS . Em Gravatá a verba foi de apenas R$345.368,05.

Veja aqui os repasses para outras cidades

Os recursos públicos do Governo Federal para o enfrentamento do coronavírus em Bezerros superam cidades importantes do Estado. A redação não encontrou respostas técnicas para justificar o montante e encaminhou a pauta à prefeitura de Bezerros.

Todos os municípios foram contemplados e poderão adquirir mais materiais e insumos, abrir novos leitos e custear profissionais e ações de saúde

O Ministério da Saúde liberou mais R$ 4 bilhões extras para estados e municípios reforçarem suas ações de combate ao coronavírus. O valor é um adicional ao que já recebem para custeio de ações e serviços relacionados à saúde. Todos os estados e municípios brasileiros foram contemplados e já estão com o valor em conta. A portaria foi publicada nesta quinta-feira (9) em edição extra do Diário Oficial da União.

Com os recursos, estados e municípios terão mais fôlego financeiro em caixa para aquisição de materiais e insumos, abertura de leitos, além do custeio de profissionais de saúde, ações e procedimentos, de acordo com a necessidade local, para enfrentamento específico ao coronavírus

Share

Governo Breno faz balanço positivo do carnaval

Balanço não detalhou dados financeiros e ultilizou informações de enquetes nas redes sociais para aferir a satisfação do público.

Com informações da prefeitura

Considerado o maior polo de animação do interior de Pernambuco, o Carnaval de Bezerros se consolida cada vez mais como principal destino de turistas anualmente. Em 2020, a “Folia do Papangu” recebeu novamente aproximadamente 400 mil pessoas durante os oito dias de carnaval. Desse montante, só no domingo foram cerca de 200 mil foliões.

O investimento foi de aproximadamente 1,5 milhão, sendo dividido entre a própria Prefeitura de Bezerros, os patrocinadores (BrisaNet e Pitú) e o Governo de Pernambuco, através da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe). A estimativa é de uma movimentação de aproximadamente dez milhões de reais.

MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA
De acordo com a Prefeitura de Bezerros, o Carnaval da cidade gera aproximadamente quatro mil empregos diretos e indiretos, gerando economia e renda para diversos segmentos do trade turístico. Muitos desses empregos são gerados na rede hoteleira e gastronômica, que registou uma taxa de ocupação de 96,67%. A Prefeitura estima que houve uma movimentação de aproximadamente 10 milhões de reais durante o período carnavalesco.

ATRAÇÕES, BLOCOS E POLOS DE ANIMAÇÃO
A Folia do Papangu 2020 contou com mais de 70 blocos e troças e nove polos de animação, onde se apresentam mais de 200 atrações culturais e musicais. O decreto 565, de setembro de 2007, que exige que pelo menos 70% das atrações sejam do município, foi cumprido. Ao todo, 78,2% das apresentações foram da própria cidade, respeitando os artistas e o próprio decreto.

SEGURANÇA
O sucesso do Carnaval também se dá por conta do excelente trabalho de segurança pública. A Secretaria de Defesa Social divulgou dados animadores sobre a Folia do Papangu, com três reduções consideráveis. A taxa de homicídio foi reduzida em 100%, assim como o número de roubos de veículos. Já o número de assaltos, roubos e furtos sofreu redução de 90,91%. De acordo com a própria SDS/PE, o Carnaval de Bezerros deste ano foi considerado o mais seguro dos últimos anos.

PESQUISA
A Secretaria de Turismo e Cultura (Seturc) realizou uma pesquisa de satisfação sobre o Carnaval de Bezerros. Durante vários dias, as pessoas puderam opinar sobre várias questões ligadas à Folia do Papangu, de maneira aberta e democrática.

De acordo com a pesquisa, 54,8% das pessoas consideraram que em 2020 existiram mais papangus do que no ano anterior, enquanto 15,8% consideraram o número igual a 2019. Já 66% dessas pessoas acharam que, em 2020, o número de foliões foi maior do que no ano passado, enquanto 8% consideram o público igual ao ano anterior.

A aprovação também se estendeu às programações, aos blocos e à decoração. A programação cultural obteve 88,9% de aprovação, enquanto que a programação geral conseguiu um percentual positivo de 86,1%. A decoração carnavalesca recebeu 59,1% de aprovação, enquanto 73% consideram igual ou maior o número de blocos em 2020 em relação ao ano passado. Já sobre o Palco Principal (QG do Frevo), 61,8% das pessoas consideraram a estrutura atual mais bonita.

Outros números que impressionam são os da segurança pública e da aprovação do trabalho realizado pela Seturc. A pesquisa apontou que 85,2% das pessoas se sentiram mais seguras durante o Carnaval desse ano, enquanto 75,1% afirmaram ter visto mais policiais em 2020 do que no ano anterior. Já o trabalho da Secretaria de Turismo e Cultura, que realizou o seu primeiro Carnaval, obteve uma taxa impressionante de 94,7% de aprovação.

Share

Custo da prefeitura passa de um milhão e meio de reais no carnaval

Do PH Bezerros

O prefeito do município de Bezerros, Breno Borba PSB falou sobre os impactos econômicos do carnaval de Bezerros, segundo ele é complicado porque ele já trabalha no vermelho ou seja, com as contas negativas e que encontrou dificuldades para arrumar patrocinios. Breno afirmou que o maior custo foi arcado pelo município, mas que há um retorno através do comércio “são 70 barracas e 150 isopores, fora os que trabalham nos entornos.

O prefeito falou que existiu a parceria com o Governo do Estado através de uma cota no valor de 500 mil em atrações e destacou Elba Ramalho e D’ Break entre os escolhidos, por fim o prefeito falou que o custo maior é arcado pela prefeitura que injeta de seus cofres cerca de 1 milhão e 500 mil a 2 milhões de reais para que o carnaval aconteça. Com informações de entrevista da TV Jornal

Share

Bezerros realiza carnaval com apenas dois patrocínios

Apenas duas marcas estão patrocinando a folia do Papangu 2020. Pelo menos é o que consta nas peças digitais divulgados nas redes sociais. A prefeitura, que chegou a fazer chamamento público, tem explorado a aguardente de cana PITU e a provedora de internet Brisa Net nas peças digitais. A falta de patrocinadores acaba refletindo no maior investimento de recursos público no carnaval. A prefeitura não informou os valores arrecadados junto a iniciativa privada.

Share

Maquinários da Santana Textelis a caminho de Bezerros

Empreendimento foi anunciado pelo ex-prefeito Branquinho no ano passado e promete gerar 300 empregos

As máquinas da fábrica de tecelagem Santana Textiles já estão desembarcando no Distrito Industrial (antiga Tebrasa), em Bezerros. A informação foi repassada à imprensa pela assessoria da prefeitura. O empreendimento vai gerar centenas de empregos na cidade e o terreno do local já foi limpo. “Em breve, vamos ver essas máquinas em plena operação”, comemora o prefeito Breno Borba. O empreendimento foi anunciado pelo ex-prefeito Branquinho no início de maio de 2019. Cerca de trezentos empregos devem ser gerados.

Share

BEZERROS INICIA ANO COM VERBA EXTRA DE 1,7 milhão do pré sal

Estados, municípios e o Distrito Federal receberam no último dia do ano passado os R$ 11,73 bilhões relativos aos repasses do bônus de assinatura do leilão do excedente de petróleo da cessão onerosa, realizado em novembro. No leilão, o governo arrecadou R$ 69,96 bilhões pelos campo de Búzios e Itapu, duas áreas do pré-sal da Bacia de Campos.

O município de Bezerros, no agreste pernambucano, recebeu 1.744.462,07 ( um milhão, setecentos e quarenta e quatro mil, quatrocentos e sessenta e dois reais e sete centavos). Os recursos extras vão ajudar o município em equilibrar as contas públicas.

Share

Prefeitura deve mais de oito milhões ao IPREBE

Servidores públicos de Bezerros tem suas aposentadorias ameaçadas

Nota da assembleia extraordinária do SISMUBE.

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Bezerros realizaram nesta quinta feira dia 12 de dezembro uma assembleia extraordinária para repassar para os servidores que ainda estão aguardando ser atendidos pelo Prefeito, tendo em vista que a reunião que estava agendada para o dia 14/11/2019, foi desmarcada a pedido do próprio Prefeito e até o momento não foi remarcada.

Na oportunidade, ainda foi repassado para os mais de 80 servidores presentes informações quanto a grave situação enfrentada pelo IPREBE, tendo em vista que a prefeitura não vem repassando as contribuições previdenciárias, gerando assim uma dívida MILIONÁRIA. Para se ter uma ideia em 9 de setembro o debito com o IPREBE já ultrapassava 8 MILHÕES e 400 MIL REAIS (conforme relatório de débitos do próprio IPREBE.)

A diretoria do SISMUBE vem estudando quais medidas podem ser adotadas, e espera ainda este ano ser atendida pelo prefeito para discutir o assunto.

Na oportunidade foi dado início ao movimento JUNTOS PELO IPREBE que pretende informar aos servidores a importância do Instituto de Previdência para o futuro das famílias dos servidores, sendo lançado um abaixo assinado pedindo a garantia do disposto na Lei 772 de 15 de dezembro de 2005, além de adotar e implantar medidas que possam contribuir com a redução dos débitos com o IPREBE.

Share

DO PRÉ SAL: Bezerros terá 1,7 milhão para investimentos

A Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira da Câmara dos Deputados divulgou nesta 2ª feira (11.nov.2019) o cálculo oficial do rateio dos recursos a serem repassados aos municípios em razão do megaleilão do pré-sal, realizado no dia 6 de novembro.

Dos R$ 69,96 bilhões arrecadados, R$ 34,5 serão repassados à Petrobras por conta da revisão do contrato de cessão onerosa. Os demais R$ 35,4 bilhões serão distribuídos entre União (67%), Estados (15%), municípios (15%) e Rio de Janeiro (3%) – o governo fluminense receberá valor adicional porque as áreas oferecidas estão situadas na costa do Rio de Janeiro.

Conforme determina o texto aprovado pelo Congresso e sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro, a fatia de R$ 5,3 bilhões para as prefeituras do país será repartida conforme critérios definidos pelo FPM (Fundo de Participação dos Municípios), que considera índices como população e renda per capita.

Os prefeitos de todo o país poderão usar os recursos para arcar com despesas previdenciárias e fazer investimento, ficando vedado usos como o pagamento de salários de servidores e outras despesas correntes, por exemplo.

Diferentemente da regra imposta aos Estados, que necessariamente precisam 1º reduzir o deficit com a Previdência para só depois investir com o que (e se) sobrar, os municípios terão liberdade para definir qual será a prioridade.

A cidade de Bezerros vai receber R$ 1.755.500,90 equivalente a 0,02% da participação relativa do total geral.

Veja abaixo quanto cada cidade da região irá receber do megaleilão do pré-sal.

Bezerros R$ 1.755.500,90
Bonito R$ 1.436.318,92
Agrestina R$ 1.117.136,94
São Joaquim do Monte R$ 957.545,95
Camocim de São Félix R$ 957.545,95
Barra de Guabiraba R$ 797.954,96
Cortês R$ 638.363,96
Sairé R$ 478.772,97

Da redação com informações do blog do Wagner Wilker

Share

CARNAVAL: Prefeitura estabelece cota master mínima de 200 mil reais

Desvalorização chega a 50% do valor já investido noutros carnavais.

Com objetivo de contratar empresa para a captação de recursos para o carnaval, a prefeitura de Bezerros lançou edital estabelecendo cotas mínimas de investimento no terceiro maior Polo de Carnaval de Pernambuco.

O valor de 200 mil reais, referente a cota master, é 50% menor que o investimento de uma cervejaria no carnaval de 2017. Nos dois últimos anos a prefeitura teria dispensado oferta inferior. Uma fonte chegou a garantir que a dificuldade na atração desse tipo de investimento se deve a falta de cobertura televisiva a contento para que as marcas possam aparecer.

Share

Servidores da Educação cobram salários de setembro, diz SISMUBE

Os servidores públicos municipais de Bezerros estão exigindo informações sobre os pagamentos de salários ainda do mês de setembro. Segundo nota encaminhada à redação pelo SISMUBE, desde o dia 3 de outubro o sindicato tenta sem sucesso reunião com o secretário de educação Claudemir Venceslau. Ainda segundo a nota, os recursos estão disponíveis desde o dia 10 conforme Portal de Transparência, “porém até o momento nem paga nem apresenta esclarecimentos”. Amanhã, quinta-feira (17), o Sismube juntamente com os servidores terão uma reunião com o prefeito da cidade a fim de obter informações oficiais sobre o descaso com estes servidores.

Share

Bezerros receberá 3,494 milhões de cessão onerosa

A Proposta de Emenda à Constituição 98/2019, que trata da cessão onerosa, foi aprovada por unanimidade em dois turnos no Plenário do Senado na noite da terça-feira, 3 de setembro. O avanço da matéria é mais uma demonstração da força do movimento municipalista e pode significar recursos de R$ 10,9 bilhões para os Municípios.

A PEC estabelece percentuais para a transferência de valores aos Estados e Municípios, em caso de leilão dos volumes excedentes do regime de cessão onerosa à Petrobras, referente à lavra do petróleo localizado no pré-sal.

Parlamentares informaram que a União aceitou abrir mão de mais 3% a fim de garantir a aprovação da matéria na Câmara sem alterar a forma de distribuição dos valores e aumentar os valores repassados aos Estados produtores.
Agora, os recursos da cessão onerosa serão distribuídos da seguinte forma:

✓ 67% para União,
✓ 3% para os Estados produtores, ✓ 15% para Estados, e
✓ 15% para Municípios.

Assim, seguindo a previsão de R$ 106 bilhões a serem arrecadados com o leilão, R$ 33 bi deverão ser destinados à Petrobras; R$ 48,9 bi à União; R$ 10,95 bi a Estados; R$ 10,95 bi a Municípios; e R$ 2,19 bi a Estados produtores.

A aprovação da PEC faz parte das medidas propostas pelo governo federal para ajustar o Pacto Federativo, principal bandeira defendida pela CNM para garantir a distribuição mais justa dos recursos entre os Entes da Federação, e foi anunciada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, durante a XXII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, realizada em abril.

Edymar Lira

Share