Estado deseja discutir feriado durante carnaval com Bezerros e outras cidades

No ano passado, o município foi na contramão do Estado e manteve ponto facultativo.

Este ano, o Carnaval será entre os dias 26 de fevereiro a 1º de março. Apesar da suspensão das tradicionais festas de rua em grandes cidades, como Recife, Olinda, Caruaru e Bezerros, ainda não ficou definido se está mantido o feriado nas datas do Carnaval.

Este ano, o Carnaval será entre os dias 26 de fevereiro a 1º de março. Apesar da suspensão das tradicionais festas de rua em grandes cidades, como Recife, Olinda, Caruaru e Bezerros, ainda não ficou definido se está mantido o feriado nas datas do Carnaval. “Acho que vamos precisar ter uma conversa com as prefeituras porque tem a questão do impacto sobre o turismo também, que precisa ser avaliado (…) Acredito que quanto antes pudermos tomar essa decisão melhor, mas vamos ter que aguardar”, detalhou o secretário.

Da Redação, com informações do NE 10

Share

O Desenvolvimento do turismo em Bonito impulsionado pelo teleférico

Em entrevista ao programa Frente a Frente de hoje, o prefeito de Bonito, Gustavo Adolfo (PSB), exalta os potenciais turísticos da cidade e o impacto na economia local. De acordo com ele, o município do Agreste Central foi segundo destino mais visitado em Pernambuco após o período mais duro da pandemia.

“Com todas as precauções, as medidas sanitárias, continuamos prontos para receber o povo que quer conhecer Bonito”, assegura. O gestor destaca que há 1,2 mil leitos de hotéis em Bonito. Adolfo fala em alguns cartões-postais da cidade, como o teleférico, classificado por ele como “um divisor de águas” no turismo.

“A gente inaugurou em 20 de maio 2018, no aniversário de Bonito. De lá para cá, todo mundo que vai à cidade quer visitar o teleférico ou vem exclusivamente para passear no teleférico. O cabeamento tem 1.200 metros de extensão, um dos maiores do Brasil. O teleférico tem as cabines fechadas, com toda comodidade. É o único de Pernambuco assim”, comenta.

O prefeito realça que o passeio de balão é outro atrativo. Gustavo Adolfo também afirma que o município tem obtido diversos investimentos na indústria, gerando centenas de empregos: “Bonito é um verdadeiro canteiro de obras. Nós estamos imbuídos em trazer mais fábricas para a cidade.”

Blog do Magno

Share

Prefeita fala à CBN sobre Meio Ambiente no município

A prefeita de Bezerros, Lucielle Laurentino, participou do “Balanço da gestão dos municípios”, da Rádio CBN Caruaru, nesta sexta-feira (24) para falar sobre os avanços na cidade durante a gestão.

Sobre os projetos para Serra Negra, a prefeita comentou os avanços imobiliários no local. “Nos últimos 10 anos, temos visto o avanço da especulação imobiliária como um ponto que não queremos frear o desenvolvimento, queremos cuidar de toda a área ambiental. É uma vila que não tem reserva ambiental, só uma pequena reserva de caatinga. Estamos montando um fundo e um conselho só voltado para o meio ambiente, não queremos acabar com o desenvolvimento imobiliário, pois traz economia para a região”, disse Lucielle.

A prefeita também falou sobre o futuro dos pontos turísticos da cidade. “Em Serra Negra, nós precisamos de mais serviço, mais atrações para ter um ambiente onde as pessoas se encontrem. Para isso, desenhamos algumas ações, como a regulação do plano diretor. Vamos fazer um auditório ecológico, lá na serra, para trazermos feiras e coisas voltadas para a ecologia”, afirmou.

“Temos o Distrito de Boas Novas, uma área com muita água, que precisamos melhorar o acesso também. Sapucarana é parecido com Serra Negra, com grandes pedras, grandes áreas de visitações ecológicas, assim como a vila de Sapucarana, que tem grande produção de agrícola, somos os maiores produtores de tomate de Pernambuco”, relatou a prefeita.

G1 CARUARU

Share

Para o Natal as cidades favoritas são Bezerros, Garanhuns e o Recife, já para o Réveillon os destinos mais cobiçados são Igarassu, Fernando de Noronha e Tamandaré

Jornal do Commercio// Leonardo Vasconcelos

Destinos do Agreste e do Litoral Norte estão entre os mais procurados para as festividades de fim de ano de 2021 em Pernambuco. De acordo com pesquisa feita pela Empetur, boa parte das reservas na rede hoteleira do Estado estão concentradas nestas regiões. Com a chegada das confraternizações da época é natural o aquecimento do setor que em alguns municípios já está com 100% dos leitos reservados, como é o caso de Igarassu, na Região Metropolitana do Recife. 

Segundo a pesquisa da Empetur, os destinos mais procurados no Natal serão Bezerros (com 87% das vagas dos hotéis já reservadas), Garanhuns – que está promovendo o evento A Magia do Natal – (87%)  e o Recife (78%). Outros destinos disputados para passar o fim de semana natalino são Gravatá (76,33%) e Igarassu, Cabo de Santo Agostinho e Petrolândia, os três com 75% de previsão de ocupação. Ipojuca, onde fica localizada a praia de Porto de Galinhas, aparece no ranking com 74%.

Já no Réveillon, os favoritos dos visitantes são Igarassu (100%), o Arquipélago de Fernando de Noronha (91%) e Tamandaré (90%). A capital pernambucana aparece com 95% na preferência dos viajantes para a virada do ano, e Olinda, com 90%. Ipojuca também vai receber muita gente na última noite de 2021 (85%).

“Em um ano desafiador e de muito trabalho do Governo do Estado com a segurança sanitária e a retomada das atividades econômicas, é extremamente gratificante observar estes números. Pernambuco é um dos destinos mais procurados do País para a virada do ano e, mesmo sem festas públicas, demonstra esta força. As pessoas estão vindo para as festas nos hotéis, para as festas privadas, que seguem protocolo com exigência do passaporte vacinal e permitem a diversão com segurança. Estamos caminhando para a estabilidade do nosso turismo e teremos um 2022 de crescimento, sem dúvida”, destacou o secretário de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes.

Share

Inaugurada árvore de Natal na Duque de Caxias

Custo inicial foi de 47 mil reais, segundo licitação do governo.

Foi inaugurada nesta segunda-feira (20/12) a árvore de Natal na Praça Duque de Caxias, centro de Bezerros. O projeto, assinado pelo artista plástico Robeval Lima, foi orçado inicialmente no valor de 47 mil reais. Além das praças, a iluminação da igreja e do prédio da prefeitura fizeram parte do processo de licitação da decoração natalina de Bezerros, que teve final reduzido de 115 para 106 mil reais.

>>> A prefeitura de Bezerros deve concluir os trabalhos de decoração natalina nesta terça-feira (21), quando será colocada a tradicional placa do ano entre as torres da Matriz de São José.

Árvore custou mais de 40 mil reais e é considerada a maior de todos os tempos.
Share

“Ficamos em terceiro lugar no maior prêmio do turismo de Pernambuco”

GRATIDÃO! 🏆

Uma noite de homenagens e premiações, uma espécie de Oscar das práticas exitosas que premiam produtores, empresas, entidades e personalidades que se destacaram na área turística. Meus concorrentes eram nada menos do que a Secretaria de Turismo e Lazer do Recife, com orçamento alto e uma equipe gigante, por outro lado, a ilha de Fernando de Noronha, que por sinal, não sofre por falta de dinheiro para investimentos no turismo. No meio de dois gigantes estava eu, do interior, com a sinalização turística em Qr Code mais completa do estado. Um projeto audacioso e vanguardista que teve rejeição de alguns, desprezo por outros mas, eu nunca desisti de realizar esse feito.

O melhor de tudo nessa noite é saber que, Recife e Noronha fizeram grandes investimentos em seus respectivos projetos, diferente do meu projeto que não teve um real da administração pública, nenhum real sequer. Esse projeto foi custeado exclusivamente pela iniciativa privada e por alunos da Escola Técnica Estadual Maria José de Vasconcelos, que juntos com outras empresas, marcaram história no turismo de Bezerros.

Bezerros mostrou aos gigantes como se faz TURISMO com criatividade, parcerias e profissionalismo.

Somos a única cidade que possui essa sinalização no Brasil, já somos a terceira melhor marca de inovação e sustentabilidade no turismo, eleitos pelo PRÊMIO PERNAMBUCO DE TURISMO.

Por Sérgio Bryner

Share

As primeiras luzes de Natal

Bezerros começa a receber as primeiras luzes de Natal. O registro é da Praça da Matriz nesta noite de terça-feira (14), e foi publicada em perfil de funcionários da prefeitura de Bezerros. A programação de Natal no Município vai de 23 a 31/12.

SÃO JOSÉ- A tradicional festa de São José ainda não teve a sua programação divulgada. Há uma expectativa de mudanças de padres na Diocese de Caruaru. O padre Luiz Antônio se despede dos paroquianos de São José até o fim de ano.

Share

Governador vai tratar do carnaval com cidades polos da folia

O governador Paulo Câmara (PSB) se reuniu com o prefeito de Olinda, Lupércio Nascimento (Solidariedade), na sexta-feira (10), para tratar sobre a realização do carnaval em 2022. Durante o encontro, foi acertado que o Executivo estadual comandará novos encontros para tratar do tema com as cidades de Bezerros, Recife, Nazaré da Mata e Olinda.

A ideia é que essas reuniões sejam realizadas até janeiro, quando o Estado deve tomar uma decisão definitiva sobre a festividade. 

O Carnaval de 2022 está previsto para acontecer entre o final de fevereiro e início de março, mas ainda há uma indefinição sobre o futuro da festa nas principais cidades do País como Rio de Janeiro. O Ministério da Saúde, no entanto, já avisou que não recomenda que a festa seja mantida.

Folha de Pernambuco

Share

Bezerros na final do PRÊMIO PERNAMBUCO DE TURISMO

A sinalização Turística de Bezerros , tanto a artesanal quanto a sinalização em Qr Code, foi um projeto planejado e executado pelo ex diretor de cultura de Bezerros, @serginhobrayneroficial, nos anos de 2019 e 2020.

Uma ação inovadora que elevou Bezerros no mapa turístico brasileiro no quesito INOVAR nas práticas turísticas. Além disso, o projeto teve custo zero para os cofres da prefeitura, sendo custeado por empresas da cidade e confeccionados por alunos da ETE Maria José de Vasconcelos e o próprio Serginho Brayner.

O projeto teve destaque na mídia estadual e foi matéria também em outros eventos de turismo no país. Bezerros é a única cidade que possui essa sinalização em Qr Code em três idiomas, áudio e texto e conta também com vídeo em libras. São dezenove placas com linguagem bidimensional espalhadas na cidade e em Serra Negra, facilitando e disponibilizando ao turista, a história de cada equipamento com linguagem acessível e clara.

Portanto, esse projeto que marcou e destaca Bezerros no cenário turístico nacional, está na final do Prêmio Pernambuco de Turismo, concorrendo com gigantes do estado, na categoria Inovação e Sustentabilidade no Turismo.

“Já está na final com dois grandes nomes do estado, mostra que o caminho para fazer turismo é esse, do conhecimento, da competência e da responsabilidade”, relata Serginho.

É a primeira vez que Bezerros vai a final do maior prêmio em turismo do estado de Pernambuco.

Finalistas:
*Sinalização turística de Bezerros
*Road Show Viva Recife
*Projeto Noronha Carbono Zero.

Da Assessoria

Share

Prefeitura deve concluir hoje licitação de 115 mil reais para a decoração de Natal

A prefeitura de Bezerros deve encerrar, nesta quinta-feira (9), a licitação para contratação de empresa responsável pela decoração de Natal 2021. O certame prevê um investimento de 115 mil reais correspondente a confecção, montagem e desmontagem da iluminação da igreja e praças centrais. Não há previsão do início nem do fim dos trabalhos, mas, como já estamos caminhando para o final da primeira quinzena de dezembro, é possível que seja iniciado nos próximos dias.

Share

Paixão de Cristo de Nova Jerusalém começa a preparar a temporada 2022

Enviado Especial à redação


Após os cancelamentos das apresentações durante a Semana Santa de 2020 e 2021 como consequência da pandemia de covid-19, a Sociedade Teatral de Fazenda Nova (STFN) se prepara para retomada dos espetáculos da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém no próximo ano no período de 9 a 16 de abril.
 
Para isso, a STFN está finalizando a contratação do elenco de artistas convidados para a próxima temporada e programou para o próximo dia 17 de dezembro o início das gravações dos filmes promocionais do espetáculo. Os nomes dos artistas serão divulgados em breve.
 
“A retomada dos espetáculos é motivo de muita alegria não só para nós, mas também para todos os pernambucanos que conhecem a história da Nova Jerusalém e sabem da importância que a Paixão de Cristo tem para a cultura e para a economia do nosso Estado”, afirmou o presidente da sociedade teatral, Robinson Pacheco.
 
Devido aos dois anos de paralisação das atividades, a STFN vem enfrentando muitos desafios para manter a megaestrutura da cidade-teatro de Nova Jerusalém em funcionamento. Em julho deste ano, o Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Turismo, precisou destinar um aporte de recursos para socorrer a entidade.
 
No convênio firmado, estava prevista a realização de uma temporada fora de época no mês de outubro. Contudo, em virtude da falta de mais patrocinadores para viabilizar os investimentos necessários para viabilizar a evento à naquele mês, o espetáculo não pode ser realizado.
 
Para 2022, a Paixão de Cristo contará com os patrocinadores já contratados desde a temporada de 2020: Santa Clara, Brilhante, Assolan, Vitarella e Uninassau. Além disso, Pacheco está em entendimento com o Ministério do Turismo com o objetivo de obter apoio financeiro para realização do evento.
 
Realizada desde 1968 no maior teatro ao ar livre do mundo, localizado no município do Brejo da Madre (PE), a Paixão de Cristo de Nova Jerusalém já foi assistida por cerca de 4 milhões de pessoas do Brasil e exterior, consolidando-se como uma das principais atrações turísticas do País durante a Semana Santa.
 
Na produção do espetáculo são gerados 3 mil empregos diretos e 8 mil indiretos. As estimativas são de que, durante a temporada de apresentações, sejam movimentados um montante da ordem de R$ 200 milhões na economia do Estado.
 
No setor de turismo, especificamente, o espetáculo traz resultados bastante positivos para restaurantes, hotéis e operadoras turísticas do Recife, Porto de Galinhas, Gravatá, Caruaru e região.

Share

Prefeituras cancelam eventos de réveillon

Por conta da nova cepa da Covid-19 pelo mundo, o prefeito do Recife, João Campos (PSB), cancelou shows de réveillon na capital. A programação de show pirotécnicos, sem estampidos, estão garantidos na orla e em pontos específicos do Recife. O custo serão garantidos por uma cervejaria. Após o Recife e Petrolina divulgarem a não realização de shows nas orlas das duas cidades durante a virada de ano, a prefeitura de Caruaru também endossou a decisão.

>>>A prefeitura de Bezerros marcou para o próximo dia seis (6) licitação no valor de 115 mil reais para investimento na iluminação de Natal da cidade. O governo Lucielle não vai promover shows na Rua da Matriz, mas programa a instalação de parques de diversão no centro da cidade. A informação, que já vem há dias, não leva em conta a nova preocupação sobre a Covid-19 no planeta. O município deve se posicionar se mantém ou mudará os planos sobre Natal e Réveillon da cidade.

Imagem:Internet
Share

Ribeirão, Barreiros e Carpina confirmam o “não carnaval”

Bezerros parece não ter opinião formada e se coloca no campo da cautela como se esperasse por uma decisão do Governo do Estado.

Imagem: Revista Veja

Pelo andar da carruagem, é melhor esquecer no porão aqueles saquinhos de confetes deixados desde o carnaval 2020. Prefeituras no país inteiro têm se posicionado contra a Folia de Momo por conta da possível nova onda da Covid-19. Em Pernambuco, três municípios já anunciaram não realizar a festa: Carpina, Ribeirão e Barreiros. Em Bezerros, considerado o 3° maior Polo de Folia de Pernambuco, o clima é de suspense. Antes de assumir o governo, ainda em 2020, a recém eleita prefeita de Bezerros, Lucielle Laurentino (DEM), ganhava manchetes ao antecipar a informação sobre a impossibilidade de realizar a festa este ano. Agora o seu governo parece não ter opinião formada e, assim como outras cidades polos, se coloca no campo da cautela, como se esperasse por uma decisão do Governo do Estado. Ouvidos pela reportagem, cerca de 70% dos artistas de Bezerros acha prudente o cancelamento da festa, mesmo que isso represente mais um ano de prejuízo. O Governo do Estado informou que a decisão de cancelar ou não o carnaval só será tomada no próximo ano.

Share

O que pensa a classe artística de Bezerros sobre a realização do Carnaval 2022

A classe artística continua sendo a mais prejudicada por conta da Pandemia da Covid-19. Embora as atividades de shows já estejam retornando, a expectativa pela plena atividade do setor estava voltada mesmo para o carnaval 2022. Infelizmente, o que era algo bem próximo da realidade virou pura incerteza. A verdade é que o avanço da vacinação no país ainda não chegou ao índice de segurança desejado e as autoridades, diante da possibilidade de uma quarta onda da doença, estão relutantes em confirmar a Folia de Momo.

O site Bezerros Hoje ouviu representantes da classe artística de Bezerros sobre sua percepção quanto a realização da Folia, afinal realizamos o 3° maior carnaval de Pernambuco. Os posicionamentos não destoa da preocupação da classe artística a nível estadual e nacional.

Veja:

José Pedro (Associação dos Artesãos): “Nós que trabalhamos com artesanato, máscaras…, queremos, sim, que tenha carnaval. Se não tiver será mais um ano no prejuízo pra nós”.

Leide Falcão (cantora/compositora) : Estou na torcida que a quantidade de pessoas imunizadas cheguem num nível que possa reabrir e acho um absurdo que as pessoas estão ainda nessa resistência .
Mas acho também que a maioria que gosta de festa já está vacinada, eu sendo ‘como prefeitura’ faria uma grande estrutura onde todos só pudessem entrar com o passaporte. Existe grandes carnavais pagos, porque não o ingresso de um evento público não ter esse caráter educativo: não paga nada, mas teria que apresentar na entrada.
(…)
Se pra tudo existiu uma nova readequação, porque não os eventos públicos?
Mas na torcida que todos se conscientizem de verdade, tomem vergonha e se vacinem!
Apesar que a maioria que curte festa está nessa porcentagem que se imunizou, se a pesquisa fosse pra saber que tipo de pessoas se encaixa no perfil dos que não querem se imunizar teria quase que uma certeza, que uma classe religiosa que geralmente segue esse Presidente louco, tem um peso forte pra o índice subir nesse caso.
Sempre pergunto nos eventos privados quem já tomou, a maioria diz, sim!
Quando pergunto alguns amigos evangélicos em comum de várias cidades, a fala é a mesma ‘que não, porque não foi comprovado a eficácia’, mesmo mimimi!
Também eles não vão pra festa, não estão nem aí na minha percepção.

Mileide Santos ( professora e fundadora do Folc Popular): “Claro que todos nós queremos nossa maior festa, principalmente para trabalhar . Sabemos o quanto esse período ajuda financeiramente a tantas famílias. Mas na minha opinião , NÃO teria . Vidas são mais importantes”.

Lucas Silva ( Cantor/ Compositor e influencer): “Eu particularmente não sou a favor da realização ainda. Acho que está muito recente e seria algo desnecessário diante de tudo que aconteceu”.

SeLunas Carvalho- (Produtor Cultural): “Minha opinião começa com um lamento, prevendo que por mais um ano os operários da cadeia produtiva do período carnavalesco, não terão a renda que tinham nos anos anteriores a pandemia, e isso é lamentável. No meu ponto de vista, se especialistas sanitários dizem que há risco de que uma nova cepa do covid-19 cause mais danos, eu creio que não vale à pena arriscar. Pelo menos não arriscar fazendo um carnaval que coloca em nosso município centenas de milhares de pessoas do Brasil inteiro. Creio que como as igrejas, campos de futebol, bares e restaurantes estão às vezes com lotação máxima, e mesmo assim tem reduzido o número doentes em estado grave, não vejo problemas que aconteçam eventos particulares, e até o desfile de pequenos blocos e troças com público local.
Existe um sentimento entre a população, inclusive percebi esse sentimento compartilhado por pessoas que gostam do carnaval, que ainda é cedo para esse retorno, que além do risco de uma nova onda contaminante, algumas pessoas ainda vivenciam o luto e outras tratam as sequelas da covid-19. O que talvez faça com que o evento não tenha uma grande adesão da população, como de costume.
Outros já dizem que em ano eleitoral os gestores não perderão a oportunidade de usar as festividades de Momo como espaço para promoção pessoal ou dos seus candidatos, o que gera também um sentimento de rejeição por parte de alguns.
E um grupo de artistas que participam do ciclo carnavalesco e junino está vendo com bons olhos o cancelamento do carnaval, na torcida de que em junho todos estejam seguros e as festas juninas não sejam canceladas pelo terceiro ano consecutivo”.

Sérgio Bryner (cantor e artista plástico): Eu sou a favor da realização se estivéssemos com a total vacinação no país, até porque nossa festa recebe pessoas de todo país. As festas privadas estão exigindo cartão de vacinação, coisa que não tem como fazer numa festa de rua de proporções imensas como a nossa. O que mais preocupa é que o epicentro na Europa está fechando tudo e que não vai demorar muito para que chegue aqui a quarta onda da COVID.

Marcão Noventa ( cantor e Compositor): Veja a minha posição é que infelizmente uns pagam por outros, hoje temos a vacina mas infelizmente muita gente não quer se vacinar e se cuidar e por isso, temos a eminência de voltar todo caos novamente, aquele velho filme que se início por conta do carnaval de 2019, aonde o vírus acabou se espalhando e sabemos o que acontece depois. Então, de certa forma vejo como positivo a parada do carnaval, salvando e sabendo que, infelizmente, milhares de pessoas iram ficar sem seus respectivos empregos e sem poder trabalhar, principalmente eu e muitos artistas, mais entre dinheiro e saúde escolho minha saúde nesse momento de minha vida, mais deixo aqui meu apelo as pessoas que se vacinem e busquem se proteger que assim voltaremos com a nossa programação de vida normal.

Zezita (cantora da dupla Zezé e Zezita): “O que depender do governo do Estado eu estou a disposição para realizar o meu trabalho. Vamos ver como vai ser, quem sabe é o governo, mas sou a favor!”

Andresson Francisco (Presidente da associação e proprietário de banda): Sou presidente da Associação Cultural Musical de Bezerros, que corresponde 70% dos artistas de Bezerros. Eu sou favorável desde que esteja dentro dos parâmetros da vacinação. Acredito que até fevereiro 90% da população esteja vacinada, menos do que isso o risco é muito grande. O setor está parado há mais de dois anos. A quantidade de pessoas paradas sem renda é enorme ( artistas, pessoas que negocia). Outro dia vi uma pesquisa que o prejuízo no setor de eventos chega a 28 bilhões até junho. Com 90% da população vacinada, acho que dá para se feito!

Rogério Beltrão (Banda Pau no Xote): “É momento de prudência, até porque carnaval a gente tem todo ano, pode ter todo ano, e a vida só tem uma, né! Perdeu, lascou! É preciso ouvir as autoridades sanitárias do Estado para ver os índices como estarão se apresentando no final de dezembro, a gente vai ter meio que total aglomeração a partir do Natal e Ano Novo, que já vai refletir nos números do Covid. Acredito que seria prevenção evitar carnaval, mas vamos ver esse resultados do final de ano, se realmente subir a turma cancela o carnaval. Mais de 70 cidades de São Paulo já cancelaram, até porque a Europa tá desmonstrando uma quarta onda… Então é bom a gente aprender com quem sabe!

Carlos Marques ( Coreógrafo e fundador do Grupo Papanguart): “Eu não sou a favor da realização enquanto toda a população não estiver vacinada. Endosso as orientações da OMS sobre o assunto pela não realização da maior festa brasileira – o carnaval”.

Gilberto Lyma (cantor): “Ainda não vejo o nosso país muito menos a nossa cidade com condições nesse momento de se realizar um evento tão grandioso como o carnaval, pois ainda é muito cedo a pandemia não acabou, sei o quanto é ruim pra nós artistas ficar mas um ano sem trabalhar mas saúde vem em primeiro lugar.”

Morgana Bernardo (Cantora):”Acredito que o momento é de cuidado. Temos avançado com a vacinação mas ainda de forma lenta, muitos artistas e trabalhadores acreditam ainda que a vacina não é algo exitoso e infelizmente atrasam muitos processos para a ”volta da normalidade”. É necessário cuidar da vida dos trabalhadores da cultura! Colocar milhares de pessoas nas ruas quando os números de vacinação não avançam é pedir para que uma nova onda do vírus aconteça. É importante a vacinação. Não deixem de se vacinar!”

Máximo Neto (comunicador e promotor de eventos: Rapaz, infelizmente a doença está aí, é fato, mas assim como a gripe espanhola temos que aprender a conviver com ela, o carnaval não é só festa, é principalmente trabalho para muita gente, muito difícil a situação, se tem a festa: o povo morre pela doença, se não tem: morre de fome, e aí?!?! Sem falar que se realmente a vacina é eficaz não há necessidade de dúvida em relação as festividades.

Carlinhos Melo (cantor): São João eu acho que sim, mas carnaval no momento não , está muito próximo e infelizmente o covid 19 ainda está por aí!!!

Edy Rossi (cantor): “Sou favorável, o carnaval de Bezerros realmente é uma importante fonte de renda para os nossos artistas, para os nossos comerciantes e favorável para todo mundo. A questão da doença que está aí, mas o povo está todo vacinado com a segunda dose, já partindo para a terceira. Acredito também que o povo precisa ter a disponibilidade e atenção para querer tomar vacina, visto que ainda tem um pessoal meio ignorante que não quer tomar a vacina, e isso prejudica o progresso do evento. Vamos ver o governador, o que vai pensar para fazer, mas depende muito do povo…”.

César Hinoto ( músico Retrodac): “Minha humilde opinião sobre o Carnaval é que deve acontecer, pois diante o maior pico da doença e sem vacinas, estava aberto os comícios e eventos. Em plena época de festas era feitas da mesma forma clandestinas e sem contar os finais de semana em praias lotadas. É uma festa que vai da muita renda a todos. Tomem as duas vacinas e vamos foliar”.

Share

Feitosa quer assumir contrapartida do teleférico

Deputado pretende apontar emenda de cem mil reais para a contrapartida do município; Ele aguarda que a prefeita o entregue ofício para viabilizar recursos do projeto junto ao Governo Federal.

Em conversa a pouco com o líder comunitário Joseilto da Cohab, a redação foi informada de uma emenda, no valor de cem mil reais, do deputado Estadual Alberto Feitosa, que será destinada à prefeitura de Bezerros como contrapartida para o projeto do Teleférico da Serra Negra. O deputado quer ter em mãos cópia do ofício que a prefeita Lucielle diz ter entregue ao Ministério do Turismo e que não foi localizado. Feitosa vai tentar levantar a verba via Governo Federal. Segundo Joseilton, o deputado terá um prazo de duas semanas para indicar a emenda e, por isso, tem pressa.”O governo da prefeita Lucielle poderia ser mais interessado com o projeto, pois com os recursos viabilizados junto ao Governo Federal, o governo do Estado terá que executá-lo”. A redação encaminhou a pauta para o Secretário de Turismo, Vandiael Laurentino, para posicionamento atualizado da pasta.

Share

Asfalto no acesso a Serra Negra: Trecho ao lado de açude será feito

A prefeitura de Bezerros resolveu, acertadamente, prolongar a aplicação do asfalto em trecho historicamente problemático, que fica ao lado do açude do empresário Toninho do Couro no acesso a Serra Negra. O site havia publicado, no dia de ontem (10), informação sobre a necessidade. Os recursos direcionados através de Asfalto, eliminou trecho crítico no acesso a Serra Negra. “É outra situação a trafegabilidade na área, já a partir do entrocamento da PE/97”, diz o diretor do site. “Até hoje, não entendemos o porquê da obra realizada, em 2015, não ter sido asfalto até o de “Pé de Serra”, conclui.

Share

Prefeita recepciona prefeito de Paulista/PE em tour por Bezerros

A prefeita Lucielle (DEM) destacou a visita do prefeito Yves Ribeiro da cidade Paulista,na RMR. Segundo postagem, Lucielle diz ter trocado experiências para poder melhorar sua gestão.

“Recebendo nessa segunda-feira (18), o amigo prefeito de Paulista, @yvesribeiro15.

Yves, é prefeito de sétimo mandato, onde já governou três cidades, e ficou encantado com a cultura bezerrense e a beleza da Serra Negra. Aproveitamos para trocar algumas experiências de gestão para melhorarmos a administração pública local.

Ah, e como bom tricolor ⚫️⚪️🔴 ele ainda levou alguns artesanatos do Santa Cruz da nossa lojinha do anfiteatro da Serra”.

📷 Moyra / Thiago A.

Share

Laurentur presente na AGRINORDESTE

A Laurentur Receptivo convida você para prestigiar a 28ª AGRINORDESTE, onde tivemos o imenso prazer de sermos convidados para fazer parte desse grande evento em nosso estado.

Estaremos te esperando no Centro de Convenções de Pernambuco para te apresentar novos  produtos, planejar novos roteiros e apresentar o que Bezerros/PE tem de melhor para oferecer. 

Share

Serra Negra sofre com interrupções no fornecimento de energia

Um fio de alta tensão se rompeu no caminho da Serra Negra neste domingo (3) deixando a região sem energia elétrica durante todo o dia. Os trabalhos exigiram verdadeira operação por parte de empresa que presta serviços ao grupo Neoenergia. A Serra Negra vem registrando quedas contantes no fornecimento de energia por parte da concessionária. O consumo de energia tem aumentado muito após a exploração imobiliária que tomou toda a região na última década.

Share