DOS BASTIDORES POLÍTICA DE BEZERROS

OFICIAL ?

Marconi Andrade comemorou no Twitter a sua nomeação para Secretário de Governo e Planejamento de Bezerros. Marconi agora seria oficialmente secretário, pois quem respondia pela pasta era um nome desconhecido dos bezerrenses. A nomeação de Marcone Andrade, que ainda não foi publicada no Diário Oficial dos Municípios, chega após meses de desgastes à gestão Breno, que nomeou Júlio Parizio para cuidar de uma festa. A polêmica do secretário ‘desconhecido’ foi revelada pelo site.

1,7 MILHÃO

O fracasso no leilão do pré sal despencou a estimativa de recursos que viria para o município. Mesmo assim, Bezerros deve receber 1,7 milhão de reais até o final do ano, o que será de grande importância. Os recursos extras devem ser empregados em obras ou para o pagamento de dívidas previdenciárias, fato que deixa os funcionários que estão enfrentando atrasos nos pagamentos de salários sem muito a comemorar. Imaginava- se que os recursos poderiam servir para por a folha em dia.

ABRE E FECHA

Quando os atendimentos médicos passarem para o novo prédio da UPA, que deve acontecer até junho do próximo ano, os bezerrenses devem voltar suas críticas ao fechamento da Unidade Mista. O munícipio não terá condições de manter as duas unidades em funcionamento. A frustração é que a tão alardeada Unidade de Pronto Atendimento seria um incremento no atendimento de saúde.

NIVER

A colunista do site Bezerros Hoje, Mariana Helena de Jesus, está de idade nova nesta segunda-feira (18). Desejamos votos de saúde, paz e sucesso!

FINAL DE ANO

Mesmo com a crise, a prefeitura de Bezerros pode e deve planejar as festividades de ano novo. É preciso lançar mão da criatividade, pois o evento ajuda a aquecer às vendas no comércio. Por isso é importante que a decoração natalina, mesmo simples, ganhe às ruas no final deste mês.

CURTAS

Lucielle Laurentino ( DEM) e Neguinho de Israel ( AVANTE) continuam se movimentando visando às eleições 2020.

O presidente da Câmara de Vereadores, Gabeira, prestigiou mais uma edição do Encontro de Bandas e Fanfarras de Bezerros.

O advogado Edgar Lino Ferreira foi merecidamente reconhecido com cidadão bezerrense. É larga a folha de serviços prestados ao município.

Janaína Pereira precisou desacelar as articulações políticas nas oposições por conta de um pequeno problema de saúde.

“Agradeço a solidariedade de todos pelo falecimento do meu pai, Paulo Bezerra de Melo, ocorrido na última quarta-feira (13) “, do diretor do site Flávio Melo.

O governo Breno Borba não deu um piu após as informações de que a folha de pessoal cresceu ainda mais após a renúncia do ex-prefeito.

Share

Gabeira ironiza Breno ao parabenizar demissão de secretário

O presidente da Câmara de Vereadores, Gabeira(PP), voltou a polemizar durante o uso da tribuna, nesta terça-feira (12), atos da gestão Breno Borba (PSB). Gabeira foi irônico ao parabenizar o prefeito pela demissão do Secretário de Governo, Júlio Parizio, nomeado para cuidar da festa de aniversário de Bezerros no próximo ano. O vereador também levou à tribuna dados do “Tome Conta” que mensiona contratos a um lava-jato de que somam meio milhão de reais, tendo sido empenhados quase cem mil reais. O vereador disse que há casos de improbidades na gestão Breno Borba passível até de cassação de mandato e que a casa legislativa precisa reagir. Por fim, sugeriu que o prefeito vá as redes sociais falar sobre a demissão do Secretário, bem como prestar contas dos meses em que atuou para captar recursos para o evento.

Clique para assistir o vídeo.

Share

Advogado será agraciado com o título de cidadão bezerrense

O advogado Edgar Lino Ferreira será agraciado com o título de cidadão bezerrense na próxima quarta-feira (13). Edgar é natural da cidade de Piquet/SP e veio para Bezerros no final da década 90. No município fundou vários conselhos e associações e defende demandas da sociedade, como o novo Fórum e melhoramento de espaços públicos. O título de cidadão bezerrense é de autoria do vereador Gabeira.

Share

Dos Bastidores da Política de Bezerros

OPOSIÇÕES E A FOTO

Uma imagem repercutiu bastante no início da última semana ao mostrar nomes com potenciais para ser o candidato a prefeito pelas oposições. Um teste e tanto colocado na mesa do debate em nome do “desprendimento”, que exige, na prática, que todos ali estejam dispostos a apoiar o nome de maior viabilidade eleitoral para enfrentar o candidato a reeleição Breno Borba. Em se tratando de disputa política o desenho não é tão fácil como se rabisca, pois se o script nao for fiel ao que se propõe, o projeto não caminhará e a unidade ficará só na intenção. As oposições se encontraram, mas só a caminhada daqui para frente dirá se o projeto terá consistência ou não.

OS NOMES

Gabeira e Marco Pontes são nomes que já foram testados eleitoralmente no município, portanto, seriam hoje as apostas mais prováveis. O padre Bianchi já foi candidato a prefeito em Santa Cruz do Capibaribe e, embora cogitado, talvez não esteja tão disposto a deixar o ministério para se enveredar novamente para a disputa política. Já o popular médico Rafael Cunha demonstrou pela primeira vez interesse pelo processo político do município e a sua presença é um sinal de que tenha deixado de atender no município por outras razões que não por vontade própria.

CRISE

O governo Breno Borba fez bem em demitir o secretário “desconhecido” nomeado desde julho para cuidar da festa de aniversário de Bezerros em 2020. Deixar esse tema permeiar o noticiário no próximo ano seria oferecer ainda mais munição para as oposições, que vem assistindo as “caneladas” que o governo tem recebido por conta dos próprios equívocos. Não que o fato exótico deixe de provocar danos a imagem do prefeito, mas seria gritante insistir com a nomeação diante da opinião pública que não aceitou a justificativa do prefeito em nomear como secretário alguém que não dê expediente no município.

GESTÃO

Após seis meses do governo Breno, a folha de pessoal da prefeitura de Bezerros avançou indo de 62% para 64,23%. O percentual mostra que o governo demitiu funcionários, mas também contratou e isso vai de encontro ao discurso do prefeito Breno Borba, que colocava o enxugamento da folha de pessoal como uma de suas metas. A leitura que se faz é que o governo Breno está focado na reeleição no próximo ano. O problema é que a folha inchada tem tido reflexo negativo na gestão, porque não há espaço para investir em outras áreas. Os salários atrasados da Educação é um efeito negativo dessa prioridade eleitoral.


FORA DA SALA

Ninguém entendeu o porquê da Sala do Empreendedor Bezerros não ter ficado com o Projeto IDEIA do Governo do Estado, que será ministrado pela Secretaria de Desenvolvimento Social. Já que o objetivo do projeto IDEIA é capacitar o empreendedor individual, como já aconteceu antes na Gestão Branquinho, qual o motivo do Projeto IDEIA de 2019 ter ido parar na Secretaria de Desenvolvimento social se o foco é o empreendedor? O sentimento que fica no ar é o desprestígio que o departamento, que tanto ajuda os pequenos negócio, está passando.

CURTAS

Estranho que só depois de perder o Janelas para o Rio a prefeitura de Bezerros resolve abri licitação para contratar empresa para cuidar do destino correto do lixo.

Contrariado pelo pouco caso com projetos do meio ambiente no município, o presidente da ASPLAMA de Bezerros, professor Audemario, pediu exoneração do cargo.

É grande a movimentação do ex-secretário de Turismo, Vando Dias, fazendo visistas na cidade e na Zona Rural consolidando sua candidatura para Câmara de Vereadores.

Outro que anda fazendo muitas visitas e usando bastante as redes sociais é o Diretor da Compesa da nossa cidade João Paulo.

Com a folha de pessoal cada vez mais inchada, fica quase impossível o prefeito Breno Borba promover concurso público no município.

A Câmara de Vereadores de Bezerros vai promover concurso público. O edital será publicado em breve.

Registrando》》》O jornalista Inaldo Sampaio faleceu na noite de ontem, vítima de um câncer contra o qual lutava há anos. Inaldo era colunista do Diário de Pernambuco e assessor de imprensa do TCE/PE.

Share

Vereador articulou emendas para Bezerros

270 mil reais destinados para uma ambulância e mobiliário para UPA da cidade.

A Prefeitura de Bezerros comemora mais duas importantes conquistas para a saúde do município. Com o apoio do vereador Guinho de Pessoa, o distrito de Serra Negra será contemplado com uma nova ambulância para transporte de pacientes. O veículo, avaliado em R$ 70 mil, será adquirido com recursos liberados por uma emenda parlamentar do deputado estadual Rogério Leão.

Além disso, uma emenda de R$ 200 mil, do deputado federal Sebastião Oliveira, também foi conquistada por intermédio do vereador. O dinheiro será utilizado na compra do mobiliário da UPA Bezerros, que está em fase de conclusão e em breve será inaugurada.

Os documentos foram entregues oficialmente pelo vereador Guinho de Pessoa ao prefeito Breno Borba durante a solenidade de reinauguração da Unidade Básica de Saúde (UBS) Serra Negra, que aconteceu na última quarta-feira (6) e contou com a presença do Padre Luiz Antônio (foto). “O nosso muito obrigado ao vereador Guinho pela parceria e aos deputados Rogério Leão e Sebastião Oliveira, por todo o empenho para melhorar a saúde do nosso povo”, agradeceu o prefeito Breno.

Da Assessoria de Imprensa de Bezerros

Share

Moto “cinquentinha” tomada de assalto

Uma cinquentinha, cor branca, placa PDO- 0622, foi tomada de assalto no loteamento Santana, próximo ao bar de Gena. “Dois indivíduos a pé me abordaram e tomaram a moto e o capacete, que é um capacete de trilha cor rosa e preto e a minha bolsa com todos meus documentos e objetos pessoais”, relata a vítima. O fato se deu por volta das 18h e 30 mim desta quinta-feira (7).

Share

Secretário de Governo nomeado pelo prefeito é convidado a comparecer na Câmara de Vereadores

Através de ofício do presidente da casa legislativa bezerrense, o Secretário de Governo Júlio Cesar Parizio, nomeado pelo prefeito Breno Borba (PSB) no mês julho, é convidado a comparecer na Câmara de Vereadores no intuito ” dos edis o conhecerem pessoalmente, e assim estreitar os laços entre o Poder Executivo e Legislativo”.

CASO- Nomeado secretário pelo prefeito em Julho e revelado pela imprensa dois meses depois, Júlio Parizio tornou-se um caso enigmático na gestão municipal. O secretário não dá expediente no município e a sua nomeação foi justificada para cuidar da festa de aniversário de Bezerros no próximo ano. A Câmara de Vereadores reprovou requerimento do vereador Boi Gordo, que pedia o comparecimento do secretário, mas o presidente Gabeira o fez de ofício.

Share

Lideranças de oposição discutem 2020 em Bezerros

O cenário político de Bezerros acordou diante de forte movimentação política na oposição ao governo Breno Borba (PSB). Um encontro realizado em um hotel da cidade reuniu nomes com grandes potenciais de candidatura a prefeito. As nuances do encontro pode ser interpretada na publicação de Janaína Simões, que vinha dialogando com as lideranças uma construção de um projeto coletivo. Estavam presentes na reunião nomes importantes do cenário, como o presidente da Câmara de Vereadores, Gabeira (PP), o ex-vereador e ex-Secretário Marco Pontes (PTB), o médico Rafael Cunha e até o padre Bianchi. Na mesa do debate a tônica foi a palavra desprendimento em nome dessa construção. Outros nomes teriam sido convocados, como Neguinho de Israel e Paulo Alves, mas não compareceram, segundo informações, por conta de agendas pessoais.

Rômulo, Dr. Rafael, Gabeira, Bianch, Marco Pontes, Erickson, Elmy e Janaína
Share

Breno amplia e compromete percentual com a folha de pagamento

O presidente da Câmara de Vereadores de Bezerros, Gabeira (PP), denunciou durante fala na na reunião legislativa desta terça-feira (5) que o governo Breno Borba (PSB) tem elevado o percentual com a folha de pessoal que chega a 65%, 11% a mais que o permitido com a Lei de Responsabilidade Fiscal, que é 54%. O presidente da Câmara acusou o prefeito de fazer gestão visando a reeleição ao contratar pessoas com esse propósito. Clique na imagem para assistir o vídeo.

Share

Prefeitura lança pela terceira vez licitação para equipar UPA

A prefeitura de Bezerros lançou no último dia 30 de outubro mais um edital com objetivo de contratar empresa especializada na aquisição de equipamentos da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no valor de 70 mil reais. Curiosamente no mês de setembro outro edital também havia sido lançado com o mesmo objetivo, sendo que o valor global mencionado era de R$ 180 mil reais. A redação enviou pedido de esclarecimentos à prefeitura, que, através da Assessoria de Imprensa explicou que “a primeira licitação, nenhuma empresa participou, foi deserta. Na segunda, apenas duas empresas participaram e comprou-se apenas um equipamento, faltando adquirir dois, daí o motivo de ser valor diferente”, conclui.

Ver matéria aqui

Share

Dos Bastidores da Política de Bezerros

OBRA TARTARUGA

Há três anos e três meses era dado início as obras no Estádio Municipal Tenente Luiz Gonzaga com a promessa de oferecer aos desportistas bezerrenses um moderno campo de futebol. Sem planejamento e recursos suficientes, o projeto vem sendo tocado lentamente através de parceria pública/privada. Pelo tempo já consumido só um grande estádio justificaria todo esse tempo de inutilização do local. O preço tem sido salgado para os desportistas, pois o espaço deixou de sediar importantes campeonatos e até o futebol dos Papangus, tradição do nosso carnaval.

CACHÊS DO SÃO JOÃO

Os artistas bezerenses estão há quase cinco meses sem receber do São João de Serra Negra. Segundo a fonte, mesmo com tanto alarde do sucesso do evento, mais de 200 artistas ainda aguardam os cachês. Bezerros tem enfrentado dificuldades em realizar os seus eventos devido a falta de investimento privado nas festas. Quando tem o valor é irrisório como o que foi pago por uma cervejaria nas festividades juninas.

DE BOCA

O governo municipal desmembrou ‘de boca’ a Secretaria de Governo e Planejamento. No Governo continua o secretário Júlio César Parisio Baborsa de Melo, nomeado desde julho para cuidar da festa de 150 anos de Bezerros, enquanto que Marcone Andrade passou a ser apresentado como Secretário de Planejamento. O projeto de desmembramento não passou pelo legislativo e promete ser a pauta polêmica da semana.

VIVER BEZERROS

Dos temas trabalhados pelos últimos prefeitos de Bezerros, o do governo Lucas Cardoso chama a atenção porque imprimia a atenção dos bezerrenses em valorizar as potencialidades do município. “Viver Bezerros”, sintetizava justamente as potencialidades desenvolvidas nas áreas da cultura e do turismo e trabalhava justamente a autoestima da população.

VEREADORA

As poucas candidatas mulheres que desejam de fato se candidatarem a vereadora no próximo ano deveriam acertar um primeiro passo: se organizar em um único partido. Daí bastava complementar a chapa com nomes masculinos de pouca expressão só para garanti o número mínimo de votos e eleger a mais votada. Com isso seria grande a possibilidade de termos uma vereadora no legislativo.

CURTAS

O prédio da UPA de Bezerros já vem sendo utilizado para consultório médico. A tendência é que vá absorvendo a demanda da Unidade Mista .

A LRF manda que o município gaste com a folha de pessoal 54% de sua arrecadação. Passados cinco meses da gestão Breno Borba como anda esse percentual?

Funcionários de contratos da Educação enfrentam atrasos de salários desde o mês de agosto. A situação é ainda mais delicada que a dos funcionários afetivos, que só receberam setembro na última semana.

Uma fonte garante que o tema do concurso público na Câmara de Vereadores já está bem encaminhado e que muito em breve deve ser lançado o edital.

Share

Nova pasta é criada no governo Breno

O governo municipal passou a apresentar Marcone Andrade como Secretário de Planejamento e não mais de Governo e Planejamento. Júlio César Parisio Barbosa de Melo, portanto, continua sendo o secretário de Governo. Ele foi nomeado em julho exclusivamente para cuidar da festa de emancipação do município em 2020. Não há informação oficial sobre o desmembramento da pasta.

Share

Governo Breno adota novo lema na logomarca oficial

O governo Breno Borba (PSB) passou a trabalhar um novo lema na logomarca oficial do município. A nova imagem foi postada nesta quarta-feira (30) na redes sociais da prefeitura. “Minha cidade é o meu futuro” substitui “Construindo um novo tempo” do governo do ex-prefeito Branquinho.

Abaixo lemas trabalhados pelos últimos prefeitos de Bezerros.

Construindo um novo tempo ( Branquinho)

Juntos para o bem do povo ( Bete de Dael)

Governo de Todos ( Marcone Borba)

Nossa Terra, Nossa Gente ( Samuel Domingos)

Viver Bezerros, Governo de União (Lucas Cardoso)

Share

Gabeira cita posições para atestar independência política

O vereador e presidente da Câmara de Vereadores, Gabeira (PP), foi à tribuna da Câmara nesta terça-feira (29) refultar insinuações de que seria oportunista político. A acusação partiu do ex-prefeito Marcone Borba, pai do prefeito Breno Borba, que em entrevista à FM 104 falou sobre as denúncias ( sem citá-lo) de obras de creche abandonadas e de remédios vencidos com críticas a gestão municipal. Segundo o ex-prefeito, ambas as situações advém ainda da gestão Branquinho quando o vereador era líder do governo no legislativo.

Gabeira destacou que mesmo líder do governo Branquinho sempre manteve independência política. Em uma das situações lembrou ter contrariado o prefeito ao se posicionar contrário a proposta de pagar diferenciado a hora/aula ao professor de contrato. Em outra situação, disse ter comprado a briga para o uso do paredão de som no carnaval garantindo o corredor dos paredões. Sobre as denúncias, explicou que as obras da creche, além de paradas estão abandonadas, sem tapumes, e que são de responsabilidades do município que também investiu recursos. No caso dos remédios, disse ter ido a Secretaria de Saúde averiguar a campanha antirrábica quando se deparou com os medicamentos vencidos. O vereador destacou a sua independência política quando também saiu candidato a deputado estadual sem o apoio do grupo político governista e devolveu a pecha de oportunista ao grupo político do ex-prefeito, “que, segundo ele, voltou ao poder graças a bondade do prefeito Branquinho ao renunciar”, finalizou.

O prefeito Breno Borba (PSB) assumiu a gestão definitivamente há seis meses após a renúncia de Branquinho, também do PSB. É candidato a reeleição tendo hoje como principal oponente o presidente da Câmara de Vereadores, o Gabeira (PP).

Share

Bezerros figura no 95° lugar no ranking de prefeitos

A ONG Liberdade.PE que se define como uma instituição suprapartidária, sem fins lucrativos e que não recebe recursos públicos e que tem como finalidade trabalhar a favor da liberdade econômica, contra a corrupção e os privilégios lançou, na última sexta-feira, 25, um Portal com base em dados abertos, fornecidos por órgãos de fiscalização do Estado, chamado Ranking dos Prefeitos.

Segundo os idealizadores do projeto, essa é uma ferramenta simples para ajudar o cidadão na avaliação da gestão municipal.
A ferramenta reúne dados referentes a Financas, emprego, saúde, Educação, transparência e segurança pública de todos os municípios de Pernambuco colocados de forma objetiva, ou seja, sem juizos de valor a partir de dados oficiais divulgados pelos órgãos de controlez tais como MPPE, TCE, Ministério da Econokia, CGU, TCU, dentre outros.

Embora os dados sejam atualizados, a ONG ainda aponta como prefeito em exercício Severino Otávio, o Branquinho (PSB). Os segmentos emprego, educação e segurança são os serviços públicos mais deficitários.

Para conferir outros municípios, clique aqui

Share

DOS BASTIDORES DA POLÍTICA DE BEZERROS

NA DEFESA DO FILHO

A gestão de Breno Borba (imagem) à frente da prefeitura de Bezerros foi defendida pelo pai e ex-prefeito Marcone Borba

O ex-prefeito Marcone Borba defendeu a gestão do seu filho Breno (ambos do PSB) à frente da prefeitura de Bezerros. Na entrevista à FM 104, ocorrida na última sexta-feira, Marcone afirmou não ter participação no governo, mas nos bastidores sabe-se que não é bem assim. A interferência do ex-prefeito é nítida principalmente quando o assunto é articulação política visando a reeleição do filho. O ex-prefeito, que supostamente foi para falar de “saúde” consumiu boa parte da entrevista relativizando a crise na gestão ao culpar a crise no país. Nas redes sociais leitores indagavam a realidade diferente vivida nos municípios vizinhos, que vem cumprindo com a folha de pagamento e apresentando ações. Para ser justo, é fato que Breno assumiu há pouco mais de seis meses, mas o tempo que passou ao lado do ex-prefeito Branquinho, assumindo a titularidade por diversas vezes, o coloca numa saia justa. A equipe é praticamente a mesma, o que faz o governo ser taxado de continuidade.

CURIOSIDADE

Durante a entrevista, o ex-prefeito Marcone Borba acusou o presidente da Câmara de Vereadores ( sem citar nome) de oportunista político por levar as redes sociais pautas polêmicas. O ex-prefeito lembrou que Gabeira foi líder do governo Branquinho (PSB) durante seis anos quando algumas das situações já se desenrolavam. A assessoria do vereador informou que a réplica será dada nesta segunda-feira durante entrevista na FM 104. Gabeira surge como o principal adversário de Breno em 2020.

LRF E A MEDIDA

O prefeito Breno Borba está definitivamente à frente da prefeitura há seis meses, mas conhece a gestão como poucas pessoas. É fato que o ex-prefeito Branquinho deixou uma folha que chegava a 60% da arrecadação do município. Um patamar acima dos 54% que a lei de responsabilidade permite. O novo prefeito poderia ter empregado uma nova forma de gestão, enxugando a máquina. Isso permitiria ao governo municipal não atrasar salários dos servidores, pois haveria folga no caixa. O fato vem custando caro à imagem do prefeito Breno junto a opinião pública, porque o atraso nos pagamentos superam o tempo da época de Branquinho. A notícia é que o governo tem demitido, mas também tem admitido por razões mais eleitoral que de gestão. É o famoso enxugar gelo.

DICAS

O renomado radialista caruaruense Antônio Carlos ( rádio Cultura) deu uma verdadeira bronca no prefeito Breno Borba por conta dos salários atrasados na Secretaria de Educação. Segundo o radialista, o prefeito, que assumiu há pouco tempo, está perdendo a oportunidade de superar o antecessor. “É preciso fazer os aportes, guardar um doze avos da receita para fazer caixa para o décimo terceiro”. O radialista ironizou a contratação de um secretário só para cuidar de um evento e cobrou prioridades.

NUANCES

O prefeito Breno Borba pode até ir capenga na gestão, mas na articulação política “vai muito bem obrigado”. As vozes da oposição ainda não se encontraram e é preciso uma maior articulação por parte do vereador Gabeira que lidera o processo. A máquina coloca o prefeito Breno Borba com uma vantagem natural e isso independe da gestão ser ou não aprovada na opinião pública. O exemplo recente é a ‘inexplicável’ reeleição do governador Paulo Câmara que tinha uma gestão altamente reprovada. O entre ‘aspas’ na palavra inexplicável é para dizer o contrário. Mas se o governo continuar colecionando fatos negativos a reeleição pode ser um sonho distante, pois o sentimento popular não está pra brincadeira.

CURTAS

O secretário de Educação, Mi, foi acusado pelo SISMUBE de marcar e desmarcar reuniões. Não respondeu as acusações,o que demonstra não saber qual justificativa daria aos servidores.

O problema na folha da Educação, segundo o governo, são vantagens indevidas nos salários dos servidores. Segundo dados, o déficit hoje é de 700 mil reais/ mês.

Na Câmara de Vereadores o sentimento é que os pares ainda não se definiram em quem apoiar para prefeito no próximo ano. Quem oferecer uma chapa de candidatos com mais condições de vitória atrairá muito deles.

A secretária de Turismo anunciou que Bezerros ganhará ainda este ano um letreiro de boas- vindas ao município. Algo parecido aos das cidades de Sairé e Camocim de São Félix.

O ex-prefeito Marcone acredita que a pauta negativa do governo em setores da imprensa de Bezerros se deve ao fim das ‘benesses’ que o prefeito Breno cortou no valor líquido de ‘360 reais/mês’ no último ano.

A cota na verdade devia-se a publicação das notícias institucionais nos canais de comunicação do município. Hoje, apenas um seguimento continua tendo investimento financeiro do governo.

Share

Marcone sai em defesa do filho, o prefeito Breno Borba

O ex-prefeito Marcone Borba (PSB) saiu em defesa da gestão do filho, o prefeito Breno Borba, durante entrevista nesta sexta-feira (25) à FM 104. Negando dá as cartas na gestão, o ex-prefeito buscou relativisar os problemas do município mensionando a crise no país. Sem citar nome, o ex-prefeito fez crítica ao presidente da Câmara de Vereadores, Gabeira (PP) (principal nome da oposição a sucessão municipal no próximo ano) o taxando de oportunista político por fazer denúncias que vem ganhando repercussão junto a opinião pública, citando as obras paradas de uma creche e a denúncia de remédios vencidos. O ex-prefeito lembrou que “o vereador” foi por seis anos líder do governo Branquinho. Em contato com a assessoria do vereador, formos informados que ele concederá entrevista à emissora na próxima segunda-feira onde deverá se posicionar.

Share

DOS BASTIDORES DA POLÍTICA DE BEZERROS

FRITANDO

Júlio César Parizio Barbosa de Melo, secretário de Governo nomeado pelo prefeito Breno Borba (PSB) para cuidar exclusivamente da festa de aniversário de Bezerros, em 2020, virou calo da gestão que vem enfrentando protestos por parte de servidores que estão com salários atrasados. Todos sabem que a justificativa pela nomeação do secretário foi exótica e que destoa das prioridades do município. A ausência física do secretário na cidade têm chamado a atenção e isso provoca dano a imagem do jovem prefeito Breno porque o que se reverbera na sociedade é o “favorecimento”.

OS VIZINHOS

A crise está no país todo, mas como explicar a inércia de Bezerros frente a outros municípios da região que vem mostrando serviço de forma ousada transformando a vida de sua população. São exemplos nas cidades circunvizinhas de fazer inveja a qualquer bezerrense. Em Camocim de São Félix e Gravatá várias ruas e avenidas começaram a receber pavimentação asfáltica. Em Caruaru, a prefeita Raquel vem se esforçando e mostrando uma gestão arrojada. Em Bezerros, a gestão Breno tem se valido de um mutirão promovido pela Associação Lamour, que leva serviços às comunidades.

SOBRE A PF

O comunicador Uilson Jr chamou atenção em sua rede social ao pedir por uma operação da PF em Bezerros. Indagado sobre o motivo de tal operação, respondeu: “…são muitas coisas. Bezerros é uma cidade linda, mas tem muitas coisas erradas que precisam ser alinhadas. Já houve operaçoes em cidades vizinhas e nao teve em Bezerros, nada mais justo do que Bezerros ser também contemplada com uma acão preventiva da PF”.

SESSÃO ONEROSA

Bezerros deverá receber 3,4 milhões de reais até o final do ano. A partilha dos recursos são da sessão onerosa de um leilão extra de petróleo que vai salvar muitos municípios pelo país. Em Bezerros os recursos darão a oportunidade para o prefeito Breno Borba deixar em dia o salário dos servidores e pagar a muitos fornecedores. Isso se a gestão priorizar a demanda urgente que tem virado uma bola de neve.

PATROCÍNIO, SIM

Soou mal na opinião pública a notícia de que a equipe de turismo tenha dado início a capitação de recursos para a realização do carnaval 2020. A crítica é injusta porque fica difícil fazer um evento do porte do carnaval só esperando pelos recursos próprios. Bezerros, aliás, precisa é profissionalizar a atração de patrocinadores. As cotas devem ser justas, mas nunca inferior ao que o evento representa para a cultura pernambucana. O valor que uma cervejaria deu ao São João de Serra Negra foi vexatório e isso não pode se repetir no carnaval. Uma cota master de um evento como a folia dos Papangus não poderia, jamais, ficar abaixo de meio milhão de reais.

CURTAS

O presidente da Câmara de Vereadores, Gabeira (PP) precisa por na ordem do dia o concurso público no legislativo Municipal. A promessa é ofertar até 20 vagas no primeiro concurso do legislativo de Bezerros.

O prefeito Breno Borba deveria começar o ano promovendo uma seleção simplificada para a contratação dos servidores de contrato. O prefeito ganharia mais ponto na sua corrida à reeleição que apenas arregimentar partidários nos cargos.

O Prêmio SomosCoop Excelência em Gestão premia as cooperativas com alta performance nos processos de gestão e governança. Um jovem de Sapucarana está entre os 35 selecionados que irão participar do programa Somos Líderes e vão liderar o futuro do cooperativismo no país. 

O deputado federal Thulio Gadelha (PDT) lançou na internet uma enquete onde os bezerrenses indicarão qual projeto deverá direcionar emenda para o município.

Share

Jovens do Parlamento de Bezerros passam por curso

Mariana Helena ministrou curso sobre as técnicas e o poder da oratória

Os jovens vereadores eleitos pelo projeto do 1º Parlamento Jovem eletivo do país implementado em Bezerros, iniciaram no sábado (19) e concluíram neste domingo (20) um curso de preparação que apresentou aos 15 estudantes das 13 escolas municipais e estaduais, conhecimentos na área de oratória, regimento interno e noção jurídica.

O Projeto que sagrou – se o 1° Parlamento Jovem eletivo do país, de indicação do Presidente da Câmara, Gabeira, aprovado pelos demais vereadores elegeu 15 estudantes em vereador jovem para o mandato de um ano onde poderão apresentar indicações, requerimentos e projetos de lei. No próximo dia 09 de novembro será a 1ª reunião ordinária dos vereadores jovens onde acontecerá a eleição da mesa diretora.

Da redação, com informações do PH Bezerros

Share

Secretário ‘fantasma’ está com salário em dia, diz blog

O Portal Bezerros divulgou na noite de ontem, sexta-feira (18), dados do Portal da Transparência mostrando que o município de Bezerros continua pagando em dia salário ao secretário de Governo nomeado pelo prefeito Breno Borba (PSB) no mês de julho para, segundo o próprio governo, cuidar exclusivamente da festa de aniversário de Bezerros em 2020. A nomeação do secretário foi revelada pelo site cinquenta dias após a nomeação, o que levou a interpretações duvidosas por veículos de imprensa. O Portal Bezerros ironizou o pagamento em dia ao secretário desconhecido quando o funcionalismo público enfrenta atrasos no recebimento de salários.

Share