POLICIAIS DO 4º BPM RECUPERARAM EM CARUARU, CAMINHÃO TOMADO DE ASSALTO EM BEZERROS

O Cabo André e o soldado Venâncio da GT do Bairro Rendeiras, foram informados na manhã desta sexta-feira (13) de que havia um caminhãozinho abandonado no Sítio Malhada das Caveiras, que fica próximo ao Anel Viário, eles foram ao local onde constataram o fato, inclusive o veículo estava aberto e com a chave na ignição.

O proprietário do automóvel afirmou que trabalha com fretes e ontem estava fazendo a entrega de umas mercadorias como sandálias, passava pelo distrito de Encruzilhada de São João em Bezerros, onde foi assaltado e que a mercadoria foi levada pelos marginais.

Na Mira da Notícia

Share

Analisando pesquisa OPINIÃO

A pesquisa do Instituto Opinião, divulgada pelo blog do Magno Martins, nesta sexta-feira (13), dando vantagem de dois pontos percentuais para Breno (PSB), candidato a reeleição, é mais favorável à candidata do DEM à prefeitura de Bezerros, Lucielle.

Vamos aos fatos:

É notório que a candidata vem em um crescimento constante, que sua campanha acumulou adesões no decorrer do processo. Também há de supor que uma das suas dificuldades era o grau de desconhecimento. A candidata precisava ser conhecida e pedir voto ao mesmo tempo. Os adversários deram uma grande ajuda ao torná-la o centro das atenções com as estratégias de desconstrução equivocadas.

Segundo a pesquisa do Instituto, 15% do eleitorado está indeciso. O site já havia dito que esse percentual de eleitores atrapalha os resultados das pesquisas. A matemática é simples: tendo o prefeito candidato a reeleição e com sua imagem bastante conhecida na população, o porquê dessa faixa do eleitorado já não tê-lo como opção de voto?

O perfil da chapa Luciele, tendo na vice a professora Socorro Silva, também reforça o apelo dos desiludidos com a política tradicional e isso é um aperitivo para o voto de protesto.

Outro fator que a pesquisa provoca é o voto útil da oposição, que deve está migrando para à candidata que chegou no páreo ameaçando de fato a reeleição do prefeito, tido como imbatível no início da campanha eleitoral.

A redação faz análise da pesquisa em tela, devidamente registrada, e não leva em consideração as pesquisa internas das campanhas.

Bezerros não imaginava viver um processo eleitoral tão emocionante.

Da redação de política

Share

Prefeito encerra a live com família

A live do prefeito Breno Borba (PSB) destacou o debate e afinetou a sua oponente, a candidata do DEM à prefeitura de Bezerros. O ex-prefeito Marcone participou e, emocionado, falou que o filho está preparado para seguir à frente da Prefeitura de Bezerros.

Share

40 e o 25 tomam às ruas desobedecendo regras

Após sucessivos movimentos políticos dos apoiadores do prefeito Breno Borba, candidato a reeleição, a cidade vive hoje movimento em apoio a campanha da candidata do DEM à prefeitura de Bezerros Luciele Laurentino. Embora os eventos não sejam oficiais das campanhas (geralmente estimulado pelos apoiadores), dificilmente não seja de conhecimento dos prefeituráveis. Atos de rua vão de encontro as regras impostas pelo TRE por conta do combate à pandemia da Covid-19. “Sem fiscalização, um movimento político acaba provocando outro e assim sucessivamente”, diz uma fonte jurídica. Em conversa com simpatizantes da campanha de Luciele, a empolgação dos militantes deve-se a divulgação da pesquisa, que coloca a candidata em plena possibilidade de vitória no domingo. “Se eles podem, porque não nós “, declarou em mensagem via Whatsapp.

ATUALIZANDO: Informação que chega a redação diz que apoiadores do prefeito Breno Borba também fazem movimento pelas ruas da cidade.

Share

Reeleição de Breno ameaçada

Pesquisa do Instituto Opinião em Bezerros, no Agreste, em parceria com este blog, aponta empate entre o prefeito Breno Borba (PSB) e Lucielle Silva, do DEM. Se a disputa ocorresse hoje, Breno teria 37,4% dos votos contra 35,1% de Lucielle, uma diferença de apenas 2,3 pontos percentuais, abaixo da margem de erro, que é de 5,2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Já Gabeira (MDB) aparece com 4% e Doutor Lindório (DC) com 0,9%. O que pode definir a eleição é o número de indecisos, em torno de 15,5%, enquanto brancos e nulos somam 7,1%.

Na consulta espontânea, em que o entrevistado precisa lembrar o candidato em que votará sem o auxílio do disco com todos os nomes, Breno foi mencionado por 33,7%, já Lucielle teve citação entre 30,3% dos consultados. Gabeira foi lembrado por 3,1% e Doutor Lindório por 0,3%. Os indecisos somam 25,5% e brancos e nulos se mantêm em 7,1%.

Quanto à rejeição, Gabeira lidera. Entre os entrevistados, 26,3 disseram que não votariam nele de jeito nenhum. Breno Borba é rejeitado por 15,7%. Lucielle tem rejeição de 9,4% e Doutor Lindório 7,1%. Dos entrevistados, 34,6% não rejeitam nenhum candidato e 6,9% rejeitam todos.

O levantamento do Instituto Opinião, de Campina Grande (PB), foi a campo entre os dias 09 e 10 de novembro, com a aplicação de 350 questionários. A margem de erro é de 5,2 pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança de 95%. A modalidade de pesquisa adotada envolveu a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação.

A consulta é representativa dos eleitores da área pesquisada (o município de Bezerros) e foi feita da seguinte forma: primeiro na aleatorização da amostra em quatro estágios (bairro/localização, rua, domicílio e entrevistado) e depois em um controle das variáveis (sexo e faixa etária), ponderado de acordo com os dados obtidos junto ao TSE e TRE-PE. A pesquisa está registrada na Justiça Eleitoral sob o protocolo PE-03724/2020.

Quando a pesquisa é estratificada, Breno Borba tem o melhor desempenho entre os eleitores idosos (45,2%), entre os eleitores com grau de instrução superior (45%) e entre os eleitores com renda familiar acima de dois salários (50%). Por sexo, tem a preferência e de 38% dos homens e 37% das mulheres.

Lucielle, por sua vez, atinge os maiores índices entre o eleitorado dos jovens (49%), entre o eleitorado com grau de instrução superior (40%) e entre o eleitorado com renda de até dois salários (36,9%). Por sexo, 38% são homens e 32,8% são mulheres.

AVALIAÇÃO DE GESTÃO

O Instituto Opinião também consultou os entrevistados sobre o grau de satisfação com os três níveis de poder – federal, estadual e municipal. A administração do prefeito Breno Borba tem aprovação de 53,4% e é desaprovada por 37,7%. Dos consultado, 8,9% não responderam.

Já o governador Paulo Câmara (PSB) tem aprovação de 52,3% e desaprovação de 35,4%, enquanto o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é aprovado por 45,1% e desaprovado por 44,9%.

Blog do Magno

Share

DOS BASTIDORES DA POLÍTICA DE BEZERROS/ESPECIAL

O DEBATE

Bezerros viveu uma noite memorável na realização do primeiro debate eleitoral realizado no município. Mesmo com um atraso de mais de 1h, os organizadores mostraram que esse tipo de evento precisa virar rotina nas eleições municipais. É fato que o formato do debate o tornou engessado, porque o público esperava que houvesse uma polarização de ideias entre os principais nomes que vem ganhando de fato a adesão do eleitorado. No final, a militância dos candidatos Breno Borba, Lucielle e Gabeira comemoraram as participações no encontro. Partidários do prefeito fizeram novamente buzinaço pelas ruas da cidade, com direto até a fogos de artifício. O marketing do candidato foi mais hágil e propagou com mais ênfase o “ganhou” do debate.

TIRO NO PÉ?

O foco do debate foi a tentativa dos candidatos Breno, Gabeira e Lindório desconsruir Lucielle Laurentino com a pecha de forasteira. O prefeito chegou a insinuar que a candidata vivia passeando. Como resposta, a candidata do DEM lamentou o fato de ter que ir no debate justificar que o motivo era estudo e trabalho. De fato, essa estratégia não minimiza a candidata, porque milhares de bezerrenses foram obrigados a sair do município para vencer lá fora. Outro ponto que merece ser reconsiderado são as cobranças públicas das ações de visibilidade sem nunca ter assumido cargos eletivos. Esse debate só é justo se todos mostrarem o que fizeram antes de serem eleitos. É um tiro no pé!

OS BASTIDORES

Circula nos grupos de Whatsapp vídeo dos bastidores do debate quando o candidato do MDB, Gabeira, e a candidata Lucielle (DEM) se cumprimentam. No momento de descontração, Gabeira demonstra desejar um abraço, que foi substituído por um aperto de mão. Em seguida, a candidata cumprimentou o prefeito com um abraço. Gabeira protagonizou polêmica há três semanas numa infeliz tentativa de descontrui-la. Ainda nos bastidores do debate, o clima amistoso entre Breno e Gabeira mereceu memes insinuando aliança entre ambos. A sorte é que suas críticas à gestão do prefeito foram contundentes, principalmente no tocante ao grande grupo político em torno do socialista.

CURTAS

A participação de Breno no debate foi destacada positivamente pela ausência do seu pai, o ex-prefeito Marcone, que sempre intercede por ele nas suas defesas.

Os ataques a Lucielle tiveram como fonte a sua detalhada prestação de contas no site do TSE. Isso é o que chamamos de transparência reversa. Não há crime!

Luciele cobrou transparência na prestação de contas dos concorrentes, insinuando obscuridade nos financiadores das campanhas.

Emparedado numa pergunta sobre como achava s saúde de Bezerros, o prefeito Breno Borba disse está satisfeito. Foi um dos temas mais comentados nas redes sociais.

Muita gente lamentou que a candidatura do Manoel Melo não foi aceita por erro básico na filiação partidária. Ele estava em dois partidos e o MDB não protocolou sua ficha de filiação com a data vigente.

Pela regra da Justiça Eleitoral, o candidato Lindório seria dispensado do debate. A iniciativa em tê-lo no encontro fortaleceu a democracia.

Breno explora a inauguração da UPA, o hospital de Campanha, a faculdade Vale do Pajeú e Santana Textiles como o marco de sua gestão.

O Cidadania23 abraçou a campanha de renovação política para o legislativo do jovem Natan Weslly, o posicionamento foi fruto do compromisso firmado de um mandato de responsabilidade com dinheiro público, transparência e contra privilégios. O partido ainda lançará nota oficial neste sábado (14) para oficializar posição na majoritária.

Share

Dupla filiação gerou substituição de candidatura no MDB

O popular “Manoel Melo”, o Matuto da Serra Negra (MDB) , publicou nota nos grupos de Whatsapp informando sobre o fato. Marechal Bruno passa a subistitui-lo nas urnas.

Amigos, boa noite!

Venho informar a todos que tive um problema no registro de candidatura por um erro banal ( dupla filiação partidária) e por isso a justiça não acatou a nossa defesa. Tudo na vida da gente faz parte do plano de Deus, então após entender melhor toda essa questão jurídica eleitoral, venho aqui dizer vcs que o meu nome foi substituído por outro guerreiro, com larga folha de serviço prestado, que é o Marechal Bruno da CPMR.
Na urna você votará nele, que fez questão de ser identificado com o nome Matuto da Serra Negra numa homenagem a esse amigo de vcs.

Quero continuar pedindo aos meus amigos que votem nele, como se estivesse votando em mim. Aprendi que na vida a gente precisa ter o desprendimento. Juntos e agora mais fortes somos 15111.

Um abraço fraternal desse amigo, verdadeiro. Até domingo e um bom voto!

Share

Frente Popular de Bezerros pediu, mas não obteve informações técnicas de pesquisa suspensa

A coligação do prefeito Breno Borba chegou a pedir, na Justiça Eleitoral, acesso a dados técnicos da pesquisa que seria divulgada nesta quarta-feira (11). O justiça eleitoral deferiu o pedido, mas os dados requeridos não foram repassados pela empresa AUGUSTO DA S ROCHA EIRELI, a qual é responsável pelo levantamento. A coligação da candidata do DEM à prefeitura de Bezerros, Luciele, quem entrou com pedido liminar, que foi concedido pelo Juiz Eleitoral da 35 zona eleitoeal suspendendo a divulgação.

“Note-se, ademais, que tal pesquisa foi objeto de um pedido de “acesso ao sistema interno de controle, verificação e fiscalização da coleta de dados para pesquisa”, registrado sob o nº 0600380-82.2020, aforado pela COLIGAÇÃO FRENTE POPULAR DE BEZERROS, o qual, contudo, em que pese o deferimento do acesso por esta Justiça Eleitoral, seguido da notificação da pessoa jurídica, não houve a apresentação de qualquer resposta ou mesmo a entrega dos documentos requisitados, o que revela uma certa conivência da pessoa jurídica representada para a omissão de dados, reforçando o entendimento de que se trata de uma pesquisa fraudulenta”. Ler sentença aqui

Share

Juiz Eleitoral concede liminar e suspende pesquisa

Enviado pela Justiça Eleitoral de Bezerros

REPRESENTAÇÃO (11541) Nº 0600381-70.2020.6.17.0035 / 035ª ZONA ELEITORAL DE BEZERROS PE

REPRESENTANTE: ELEICAO 2020 MARIA LUCIELLE SILVA LAURENTINO PREFEITO

Advogado do(a) REPRESENTANTE: MARILIA SILVA VASCONCELOS MOTTA – PE41373

REPRESENTADO: AUGUSTO DA S ROCHA EIRELI

Considerando o contido na inicial, a informação de que a pesquisa será publicada no dia de amanhã (11/11/2020) e que, conforme certidão retro, o prazo para a manifestação do representado somente finda à meia noite do dia de hoje, entendo por bem analisar o pleito liminar, em que pese as decisões anteriores.

Pois bem, dispõe o art. 2º da Resolução nº 23.600:

“A partir de 1º de janeiro do ano da eleição, as entidades e as empresas que realizarem pesquisas de opinião pública relativas às eleições ou aos candidatos, para conhecimento público, são obrigadas, para cada pesquisa, a registrar, no Sistema de Registro de Pesquisas Eleitorais (PesqEle), até 5 (cinco) dias antes da divulgação, as seguintes informações (Lei n° 9.504/1997, art. 33, caput, I a VII e § 1º):

I – contratante da pesquisa e seu número de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) ou no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ);

II – valor e origem dos recursos despendidos na pesquisa, ainda que realizada com recursos próprios;

III – metodologia e período de realização da pesquisa;

IV – plano amostral e ponderação quanto a gênero, idade, grau de instrução, nível econômico do entrevistado e área física de realização do trabalho a ser executado, bem como nível de confiança e margem de erro, com a indicação da fonte pública dos dados utilizados;

V – sistema interno de controle e verificação, conferência e fiscalização da coleta de dados e do trabalho de campo;

VI – questionário completo aplicado ou a ser aplicado;

VII – quem pagou pela realização do trabalho com o respectivo número de inscrição no CPF ou no CNPJ;

VIII – cópia da respectiva nota fiscal;

IX – nome do estatístico responsável pela pesquisa, acompanhado de sua assinatura com certificação digital e o número de seu registro no Conselho Regional de Estatística competente;

X – indicação do estado ou Unidade da Federação, bem como dos cargos aos quais se refere a pesquisa.” (grifei)

Em pesquisa ao site do TSE percebe-se, de fato, que a pesquisa possui como contratado e como contratante a própria empresa responsável pela realização da pesquisa (CNPJ: 29833202000104 – AUGUSTO DA S ROCHA EIRELI), não tendo havido sequer a emissão de nota fiscal, o que é, no mínimo, estranho, não havendo dúvidas de que isso foi feito com o intento de ocultar a pessoa ou empresa contratante, prejudicando a transparência da pesquisa.

Ademais, com relação ao preço “pago” pela pesquisa, qual seja, R$ 2.500,00, parece muito pouco para uma pesquisa que, em tese, iria entrevistar 200 pessoas (R$ 12,50 por entrevistado), em vinte e um bairros e distritos desta cidade (“NSAparecida, S.Rafael, NS da Luz, S.Pedro, S. Sebastião, Cruzeiro, Rosario, Irmã Julia, Santo Amaro I e II, Santo Antônio, Gameleira, Resid. Campestre, Res. Bezerros,Santana. Sapucarana, Boas Novas,Sítio dos Remédios, Varzinha, Serra Negra e Encruzilhada de S.João” – SIC), cujo território é enorme e o deslocamento, em alguns lugares, extremamente penoso.

Note-se, ademais, que tal pesquisa foi objeto de um pedido de “acesso ao sistema interno de controle, verificação e fiscalização da coleta de dados para pesquisa”, registrado sob o nº 0600380-82.2020, aforado pela COLIGAÇÃO FRENTE POPULAR DE BEZERROS, o qual, contudo, em que pese o deferimento do acesso por esta Justiça Eleitoral, seguido da notificação da pessoa jurídica, não houve a apresentação de qualquer resposta ou mesmo a entrega dos documentos requisitados, o que revela uma certa conivência da pessoa jurídica representada para a omissão de dados, reforçando o entendimento de que se trata de uma pesquisa fraudulenta.

Assim, além das irregularidades acima, percebe-se, claramente, que o “timing” da pesquisa, isto é, a data de sua divulgação, qual seja, apenas quatro dias antes do pleito, tem o nítido propósito de desequilibrar o pleito, contando com aquela velha conhecida teoria de que as pessoas não gostam de votar “no perdedor”, mas sim naquele que está liderando as pesquisas, o que revela, mais uma vez, o intento fraudulento da pesquisa.

Assim, nos termos do art. 16, § 1º, da citada Resolução, estando presentes a relevância do direito invocado e a possibilidade de prejuízo de difícil reparação, ao tempo em que reconheço, liminarmente, como fraudulenta a pesquisa registrada no TSE sob o nº PE-01224/2020, DEFIRO a liminar pleiteada, determinando a suspensão/proibição da divulgação dos resultados da referida “pesquisa”, devendo ser comunicados, imediatamente, o representado (por mensagem, e-mail, telefone e/ou qualquer outro meio, para que não disponibilize os dados da pesquisa ao contratante, certificando-se tudo) e, já que não especificado quem é o contratante, todas as demais coligações com candidatos ao pleito majoritário, além da imprensa, blogs e rádios desta cidade, cientes de que a divulgação de qualquer dado ou informação contida na pesquisa implicará na aplicação de multa no valor de R$ 106.410,00, além da instauração de inquérito policial, conforme art. 18 da citada Resolução.

Intimem-se com absoluta prioridade.

Decorrido o prazo para a apresentação de resposta, com ou sem manifestação, o que deverá ser certificado, diga o MPE.

Então, voltem para sentença.

Bezerros, 10 de novembro de 2020.

Murilo Borges Koerich

Juiz Eleitoral

Share

DOS BASTIDORES DA POLÍTICA DE BEZERROS

O DEBATE

O jovem comunicador Klebson Nascimento organiza o tão esperado debate entre os candidatos a prefeito de Bezerros. O encontro será realizado no canal Oia Bezerros na próxima quinta-feira (12), às 19h, e já conta com a confirmação dos prefeituráveis. As assessorias dos candidatos sugeriram ideias ao idealizador, que deve divulgar as regras a qualquer momento. Será um momento ímpar na política municipal.

COM OS FATOS E A HISTÓRIA

Compreender o atual cenário político é analisar os fatos para ser respeitado pela história. Estamos há cinco dias das eleições municipais e os resultados praticamente já estão dados. Criar falsos cenários é a receita irrecomendável diante da verdade incontestável das urnas que se avizinha. É prudente que as estratégias políticas eleitorais estejam alinhadas aos fatos. Ninguém destoa da história!

A LIVE

A estratégia de marketing do candidato do MDB à prefeitura de Bezerros, Gabeira, bombou a live do tão aguardado “comunicado”. Mais de duas mil pessoas pararam para assisti-lá. A mensagem passada não foi diferente da que noticiou o site no final de semana, de que Gabeira segue candidato, e frustrou os expectadores diante do suspense criado. Se isso teve o poder de mudar os ventos da política veremos nos próximos capítulos.

OS BRENISTAS

Apoiadores do prefeito Breno Borba candidato a reeleição viram com bons olhos a reação do candidato do MDB. A leitura política é que a disputa de espaço na oposição ajuda o projeto de reeleição do prefeito. Para saber disso, não precisa ser cientista político. Se antes Gabeira era o alvo dos governistas, hoje os ataques cessaram. Tá na cara, tá na conveniência.

PESQUISAS

Chegamos a reta final da campanha eleitoral sem que nenhuma pesquisa oficial fosse divulgada. A campanha do prefeito Breno Borba (PSB) não divulgaria pesquisa sem que o candidato estivesse confortável nela. Isso poderia desencadear uma nova mudança de roteiro no eleitorado tão suscetível às novas emoções. O blog do Magno havia colocado Bezerros no roteiro de cidades com possibilidades, mas até agora nada. O candidato do MDB, Gabeira, criou suspense de pesquisa que, segundo ele, deve ser divulgada essa semana.

CURTAS

Os vereadores que tiveram seus registros de candidaturas negados pelo TRE seguem em campanha. Só Deus sabe o desfecho!

Ainda é grande o número de pessoas indecisas segundo os levantentos das campanhas. É esse público eleitor que os candidatos miram as estratégias nessa reta final.

O prefeito Breno Borba retorna com a live política após observação da coluna. O prefeito tinha deixado de lado esse formato de mídia que vem marcando as eleições municipais.

A candidata do DEM à prefeitura de Bezerros mostrou que quando está com a bola no pé chuta para fazer o gol literalmente. No campo a afirmativa é verdadeira.

Share

Blog insinua que PSB une Branquinho e Gabeira contra candidata do DEM à prefeitura de Bezerros

Enquanto parte da imprensa da cidade está silenciada no tocante ao processo político de Bezerros, outros blogs da região abrem espaço para fazer suas análises do processo político da cidade. Os conteúdos vêm ganhando as redes sociais com forte poder apelativo junto a opinião do eleitorado.

O conteúdo abaixo repercutido nas redes sociais é assinado pelo blog do NEU e foi taxado como fakenews pela campanha do emedebista Gabeira. Clique para ler.

Share

Suspense fez live do Gabeira ter grande audiência

O grande suspense criado pelo candidato do MDB à prefeitura de Bezerros, que anunciou comunicado oficial para esta segunda-feira (9), gerou uma grande audiência na live exibida na noite desta segunda-feira. Havia várias especulações no campo político sobre possíveis novos rumos que o emedebista tomaria, o que não se confirmou. Na live, o candidato afirmou que vai continuar firme e que tem números que mostram está bem na disputa. Por questões legais, Gabeira prometeu divulgar a pesquisa só na próxima quarta-feira. Em contrapartida, o comunicado Oficial não correspondeu a expectativa criada, gerando uma onda de memes na internet.

Share