VOCÊ SUPORTA MAIS DO QUE PODE IMAGINAR

 

Em muitos momentos de sua vida quando você achou que as coisas estavam caminhando prosperamente e seguiriam sem problema algum, foi justamente quando muitos dilemas surgiram. Em alguns trechos de seu caminho os problemas se apresentaram tão grandiosos e tão sufocantes, que você chegou a duvidar que os venceria. Aliás, diante de tantos problemas e obstáculos muitas vezes você chega a duvidar de si mesmo, porque as vezes sente-se cansado de tantos esforços e batalhas, sente-se desmotivado e desesperançado por tantas frustrações que já sofreu, por tantas decepções que passou, por tantas quedas que lhe feriu, e por tantos desafios que ainda continua enfrentando em seu trajeto. Tudo isso é lamentável, mas não deixa de ter sido aprendizado, pois foi através dos seus sofrimentos e de suas lutas que você descobriu a força que tem, o espírito guerreiro que possui, e acima de tudo, você descobriu que nunca esteve só durante esses períodos sofríveis, porque Deus sempre lhe deu sinais de que estava com você. E é por isso, que hoje, seja qual for o obstáculo, o desafio, ou provação, qualquer que seja o dilema que você tiver que passar, tiver que enfrentar, enfrente com coragem, enfrente sem medo, suporte os ventos contrários, porque a sua força é tão gigante que você nem sequer conseguiria imaginar.
A palavra para hoje é RESISTA!

Share

NÃO PERCA A SERENIDADE E A ESPERANÇA

 

Por mais palavras de encorajamento e por mais otimismo que tenhamos cotidianamente a frente de nossas ações e projetos, há dias que são tão desmotivadores, e há situações e contextos que são tão pesados e negativos, que por mais que tentemos nos manter de pé e serenos, tudo parece conspirar contra nós, tudo parece querer nos derrubar. Há fases que perece que qualquer coisa que façamos para solucionar um problema, para encontrar uma resposta, ou para alcançarmos um resultado, não dá certo. Isso nos tira o ânimo, a inspiração, e sobretudo nos deixa impacientes, porque na maioria das vezes temos urgência nas resoluções, nas mudanças, nas respostas e resultados. E é em muito desses momentos que quase somos levados ao desespero, e nos perguntamos o que fazer quando não sabemos o que fazer? A verdade é que não há fórmula mágica, resposta certa, e nem resultados imediatos quando estamos atravessando uma tempestade de ventos contrários e um período de escassez. A vida por vezes nos coloca em situações assim, porém, por mais negativo que seja o cenário, e mesmo perdendo a motivação, não podemos perder o nosso controle racional e nem deixar de continuarmos acreditando, pois sem esperança e sem serenidade não suportaremos os dias difíceis, e nem mesmo perceberemos o tempo de Deus agindo a favor da gente. É preciso crer. É preciso saber esperar.
A palavra para hoje é FÉ.

Share

NÃO ESPERE DEMAIS, CORRA ATRÁS

Há tantas expectativas que você vem alimentando já durante algum tempo. Expectativas sobre mudanças, oportunidades, melhorias, crescimento, sucesso, progresso, estabilidade. Expectativas de que algo novo de repente aconteça e mude positivamente o rumo da sua vida, que quebre a sua rotina, que vença as suas dificuldades, que traga um novo ar para seus dias. Faz tanto tempo que você anseia por transformações, por resoluções, por respostas, por caminhos novos. Faz tempo de fato que você espera, que você sonha, aspira e aguarda ansiosamente por mudanças e novidades, todavia, nada acontece. Realmente nem sempre é fácil promover as mudanças que desejamos, porque sempre estamos dependendo de algo ou de alguém, que venha nos direcionar, nos impulsionar, abrindo caminhos e portas. No entanto, muitas vezes nos limitamos a enxergar apenas as possibilidades que queremos, e as pessoas que acreditamos que podem nos ajudar, limitando assim as oportunidades que poderíamos ter se ousassemos seguir por outras rotas, com outras estratégias, com outras atitudes, novas tentativas, e por nossos próprios esforços. Portanto, mesmo que as condições diante de tuas expectativas se mostrem limitadas, dificultosas, ou mesmo impossíveis de se concretizarem, acredite, haverá sempre algo que você mesmo pode fazer, basta não perder tempo esperando demais, quando você pode criar coragem e se arriscar a executar o que antes não havia pensado em fazer.
A palavra para hoje é AÇÃO!

Share

ASSUMA O CONTROLE DE SUAS ATITUDES E DE SEUS RESULTADOS

Nem sempre a sua vida vai está seguindo pela direção que você deseja, e conforme o contexto que você planejou. Nem sempre os resultados surgirão como você espera, e nem tampouco seus esforços surtirão o efeito que você achou que ocorreria. Muitas vezes parte dessas limitações, imprevistos, impossibilidades e insucessos, são decorrentes das forças externas, seja do cenário que você vivencia, seja pela interferência de outras pessoas, seja pela falta de oportunidades, pela dificuldade financeira, por uma enfermidade, ou mesmo pela instabilidade profissional. A questão é que muitas vezes diante das dificuldades do caminho muitas pessoas tem uma tendência a se desmotivar, a se subestimar, a desistir, a se acomodar com as circunstâncias insatisfatórias, ou até mesmo de ficar esperando que as coisas se resolvam por si só, ou através do tempo, ou pela ação de outras pessoas. Porém, por mais inusitados ou negativos que sejam alguns acontecimentos do seu caminho, não dá pra ficar parado, desmostivado, ou se lamentando, nem tampouco desistir toda vez que uma dificuldade aparecer. É imprescindível você confiar em Deus e confidenciar a Ele as suas inseguranças, os seus medos, seus sofrimentos e anseios. É indispensável também recorrer ao colo de Deus, se fortalecer e se restaurar diante dEle. Todavia, e sobretudo, é crucial que você descruze os braços, abandone a postura de vítima, passe por cima de seus medos e de suas frustrações, e assuma o controle da sua vida. Assuma o controle dos seus passos sobre caminhos seguros e prósperos. Não dependa muito dos outros, dependa mais de si mesmo, espere mais de si, confie em si, no seu potencial, nas suas habilidades, na sua capacidade de resistência, de superação, e na sua força. Assuma a responsabilidade de ser autor do seu progresso, do seu sucesso, das suas conquistas. Dedique-se, a si mesmo! A sua vida e seus resultados são totalmente responsabilidades sua, e se tornam mais prósperos a medida que você se determina a enfrentar os obstáculos, e a lutar para que o melhor aconteça.
A palavra para hoje é COMPROMETA-SE.

Share

MANTER A CALMA MEDIANTE NOSSAS EXPECTATIVAS E ESPERAS

 

Nós estamos sempre planejando, sempre esperando, sonhando, e imaginando a realização de nossos projetos, de nossos planos, de nossos sonhos, e de nossas necessidades. E colocamos tantas expectativas sobre os resultados e respostas esperados, que muitas vezes só vemos o lado positivo de cada contexto, e ficamos ansiosos e apressados pela rapidez de nossas resoluções. Todavia, é diante desse tempo de expectativas e de esforços, que outros fatores inesperados também podem ocorrer, como o atraso no tempo que estipulamos para os resultados fazerem efeito, como a possibilidade de tudo que planejamos começar a dar errado, bem como as interferências externas advindas dos outros e do próprio contexto que vivenciamos, e até mesmo a nossa insegurança e mudança de opinião sobre aquilo que antes tínhamos toda certeza. E é nesse trajeto temporal onde podemos fazer escolhas assertivas, ou abraçarmos propósitos errados, onde a realização dos objetivos que estamos perseguindo podem ou não acontecer. É nesse contexto que somos também regados por um fator sofrível chamado de impaciência, e que pode nos levar a atitudes impulsivas, e prejuízos inesperados. Portanto, se não controlarmos essa pressa, essa ansiedade e imprudência em querermos adiantar o tempo de maturação diante de nossos propósitos, poderemos perder o momento certo da colheita, das transformações, das respostas, e dos frutos esperados. Por isso é tão necessário que mantenhamos a calma diante de qualquer aspiração, diante de qualquer espera ou diante de qualquer dilema.
A palavra para hoje é PACIÊNCIA.

Share

NÃO ESPERAR DOS OUTROS O QUE NÓS MESMOS PODEMOS FAZER

Muitas vezes a gente sofre antecipadamente porque fica na expectativa ansiosa por alguns resultados, por algumas mudanças, ou por algumas respostas, que possam vir nos beneficiar diante de uma determinada questão, ou diante de um determinado contexto. E desnecessariamente sofremos também porque muitas dessas esperas colocamos sob a responsabilidade da ação de alguém, e ficamos na expectativa de que determinadas pessoas tenham o mesmo compromisso e a mesma urgência que teríamos para resolver questões que são particularmente nossas. No entanto, muitas vezes nos subestimamos, quando achamos não sermos capazes de conseguirmos realizar determinados propósitos através de nossos próprios esforços. Pois embora de fato não tenhamos a solução para algumas situações, mediante outras podemos buscar reavaliar as possibilidades de outras alternativas e respostas, por outros meios, por outros caminhos, com outras estratégias, para não ficarmos sempre a mercê da ação dos outros. Até porque algumas pessoas são prestativas e tem a boa vontade de se estenderem para nos ajudar, enquanto outras se mostram insensíveis às necessidades de nossas urgências. Portanto, por mais limitante e difícil que seja para alcançarmos certos resultados e respostas, coloquemos primeiramente a responsabilidade das nossas concretizações sobre nós mesmos, e se ainda parecer impossível de realização, tenhamos a atitude determinada de irmos atrás das soluções por outras direções, custe o que custar.
A palavra para hoje é INICIATIVA.

Share

SABER COMPREENDER A AÇÃO DO TEMPO

Em meio ao nosso cotidiano de buscas e desejos somos guiados na maioria das vezes por um senso de urgência, de imediatismo, por querermos que as coisas se encaminhem logo, que os dilemas se resolvam logo, que os nossos esforços surtam efeito rapidamente, que as sementes que plantamos germinem praticamente de um dia para o outro, e que os frutos cresçam e amadureçam tão logo as sementes germinem. Temos pressa, pressa por respostas, urgência por resultados, estamos sempre apressados para chegarmos naquilo que criamos expectativas positivas de realização. O problema é que o tempo sempre vai fazer parte dessas expectativas, e compreender como ele age diante das nossas perspectivas é crucial, pois durante o percurso da ação do tempo muita coisa que não premeditamos ocorre. Geralmente quando almejamos algo, ou quando necessitamos de uma determinada coisa, ou quando queremos acertar um determinado alvo, escolhemos um caminho, às vezes traçamos metas, noutras promovemos algumas mudanças, seja de atitudes ou de roteiro, iniciamos trilhas, e nos empenhamos muito para que tais resultados se concretizem. Todavia é necessário compreendermos com paciência e resignação o tempo que o tempo precisa levar para nos mostrar futuros cenários e novos resultados. É preciso sempre agir com paciência.
A palavra para hoje é ESPERAR.

Share

NEM SEMPRE AS RESPOSTAS VIRÃO COMO DESEJAMOS

Geralmente criamos muitas expectativas sobre coisas que estamos nos empenhando para realizarmos. Seja uma resposta sobre algo que indagamos, seja um resultado sobre algo que nos esforçamos para conseguirmos, ou seja uma atitude advinda de alguém, o fato é que na maioria das vezes nossas perspectivas sempre estão dependendo de um processo entre o tempo e a espera, que resulte em um contexto positivo, e que logicamente nos favoreça. O problema é que apesar de toda a nossa expectativa otimista, e de toda a nossa dedicação para que os resultados ocorram como esperamos, nem sempre acontece assim, porque nem sempre as concretizações vão depender unicamente das nossas ações e atitudes. Por isso é imprescindível que diante dos projetos que abraçamos e das respostas que aguardamos, saibamos refletir sobre a possibilidade dos resultados insatisfatórios, e sobre a opção de outros caminhos a seguir, caso o trajeto que estamos trilhando não nos leve a onde planejamos. É necessário sim que acreditemos e que vibremos pelo melhor resultado, pela melhor resposta, pelo melhor acontecimento. Porém é necessário também saber lidarmos com os “nãos” quando eles chegarem, até porque é em meio a contextos de impossibilidades que nossa capacidade de resiliência e de superação são explorados, e conforme a maneira coerente dos nossos comportarmos mediante tais circunstâncias, os resultados negativos e insatisfatórios não terão um peso tão grande quanto possa parecer.
A palavra para hoje é DISCERNIMENTO.

Share

NÃO SE VENÇA PELO CANSAÇO DE TUAS BATALHAS

Há momentos de sua vida que você parece está transbordando de entusiasmo e de motivação diante de suas ações, diante de suas projeções, diante das pessoas que lhe cercam, e perante seu ambiente cotidiano. E são nesses instantes tão positivos que deve aproveitar muito essa energia boa desses momentos. Mas por outro lado, há também aqueles dias que são pesarosos, tenebrosos, e tão exaustivos, tão cheios de preocupações e limitações, tão cheios de dificuldades, que esgotam as nossas forças, que nos roubam a inspiração de acreditar e de esperar pelo melhor. Alguns dias assim interferem no desequilíbrio de nossas emoções, e no exercício de nossa fé, e então, vamos nos guiando diante desses dias sem motivação alguma, seguindo por seguir. Porém, não podemos preencher o nosso coração com o peso do desânimo e deixar isso contagiar ainda mais o nosso astral e nos distanciar dos dias favoráveis que podem surgir a partir de uma postura mais determinada e mais positiva que possamos impor. Diante desses dias escuros, acinzentados, é preciso nos alegrarmos pela possibilidade do brilho do sol, que pode nascer a qualquer instante.

A palavra para hoje é ÂNIMO!

(Mariana Helena de Jesus)
@marianahelenadejesus
www.marianahelenadejesus.blogspot.com.br

Share

SE NÃO DEU CERTO TENTE OUTRAS POSSIBILIDADES

Geralmente quando algo que tentamos conseguir não dá certo a gente fica desapontado e desmotivado, e mais frustrado ainda ficamos quando se trata de algo que precisávamos muito, algo que mudaria resultados, caminhos, situações, ou algo que traria as respostas para um determinado dilema. Consequentemente também temos uma tendência inicial de querermos desistir de tentarmos de novo,  temendo ter que fazermos tantos esforços novamente e não conseguirmos os resultados esperados. Contudo é preciso não deixarmos esse medo e pessimismo pós frustração nos distanciar dos objetivos que almejamos, dos sonhos que alimentamos, das necessidades que possuímos, porque se algo deu errado, se tentativas fracassaram, se resultados não vieram, e se esforços não surtiram o efeito esperado, não é o fim. Podemos persistir em algumas coisas por muitas vezes, por várias formas, por caminhos diferentes, com outras estratégias, explorando todas as possibilidades, e se ainda assim, nada der certo, ouse novos projetos, crie novas perspectivas, e arrisque de novo.

A palavra para hoje é RECOMECE.

(Mariana Helena de Jesus)
@marianahelenadejesus
www.marianahelenadejesus.blogspot.com.br

Share

LIBERTE-SE DOS FARDOS ALHEIOS

 

Há um ditado popular muito sábio que diz: ser bom não é ser tolo. Isso quer dizer que para você ser considerado uma pessoa boa você não precisa assumir as responsabilidades, problemas, e  dificuldades das pessoas ao seu redor. Para ser uma pessoa boa você não tem que dar “sim” a todas as solicitações, a todas as perguntas, e a todas as imposições alheias. Para ser bom você não precisa se curvar diante de tudo e de todos para não desagradar alguém, e muitas vezes anulando suas próprias vontades e deixando seus compromissos e preocupações de lado. É necessário que você compreenda que é responsável apenas pelo peso das suas próprias pedras, e ajudar o outro a carregar o fardo dele pode ser possível e providencial mediante algumas circunstâncias e situações, mas não dever ser um ato tão constante que chegue a fazer algumas pessoas se acomodarem e colocarem todos os pesos dela sobre os teus ombros. É importante, e é gratificante ajudar ao próximo nos momentos difíceis e necessários, nos momentos em que realmente podemos estender a mão, em que podemos nos estendermos, pois é crucial nutrirmos a benevolência e o altruísmo em nossos atos cotidianos. Porém, não podemos tomar para nós mesmos a totalidade dos dilemas alheios, e dessa forma nos sobrecarregarmos de responsabilidades e de preocupações, tentando resolver, tentando achar respostas, e tentando achar soluções para os outros, enquanto continuamos carregando dificultosamente os nossos problemas, e na maioria das vezes sem ter uma mão estendida em nossa direção. É fundamental primeiramente ajudarmos a nós mesmos, para que tenhamos condições de ajudarmos aos outros, sem que os outros façam da gente as carroças para carregarem seus fardos. Precisamos nos libertarmos da obrigação de ter que carregarmos as pedras alheias.
A palavra para hoje é INDEPENDÊNCIA.

(Mariana Helena de Jesus)
@marianahelenadejesus
www.marianahelenadejesus.blogspot.com.br

Share

ONDE HÁ SENTIMENTO HÁ SEMPRE O PERDÃO

Ser magoado, injustiçado, traído, ou decepcionado por alguém que gostamos é sem dúvida umas das dores que mais dói, e dói tanto que muitas vezes transforma-se em um ferimento muito difícil de cicatrização. Ser julgado injustamente, ser destratado, ignorado e injustiçado por aqueles a quem temos algum sentimento de afeto e de consideração, é de fato um sufocamento ao nosso coração. Porém nem sempre se fere os outros propositalmente, e muitas vezes toda frustração e sofrimento causada ao outro foi por falta de uma reflexão, foi por uma precipitação, por uma emoção impensada, por uma decisão necessária, por uma escolha feita, ou até mesmo por uma verdade dita, ou por uma opinião contrária. A verdade é que ninguém está imune de ferir ou ser ferido por alguém, mas o que não se pode deixar ocorrer é a perpetuação de mágoas carregadas por um longo tempo, ou por uma vida inteira. Ninguém é obrigado a amar o outro, a ficar ao lado de quem não deseja, ninguém é obrigado a satisfazer a vontade alheia, a corresponder as expectativas de todas as pessoas, e nem mesmo é obrigado a resolver os problemas daqueles que lhes jogam tais responsabilidades. Todavia, é indispensável não se render para a decepção, para não perder o afeto, a consideração e o respeito quando há sentimento, quando há uma historia, quando há uma trajetória. Pedir desculpas, perdoar, refletir, reconsiderar, são os caminhos sábios para não descartarmos pessoas e relações que são mais importantes do que um fato que nos magoou.
A palavra para hoje é RECONCILIAÇÃO.

Share

VENÇA SEUS PRÓPRIOS MEDOS

Diante dos objetivos que você vai tentar realizar ao longo de seus trajetos, e dos desafios que você vai ter que enfrentar frequentemente, tenha consciência de que você não vai encontrar caminhos fáceis, fórmulas mágicas, resultados prontos, e respostas caindo do céu no momento que você pedir. Obstáculos vão existir aos montes, tempestades vão cair inúmeras vezes, e algumas perdas, dores e fracassos você não vai ter como evitar de sofrê-los. Portanto, e sabendo disso, você não pode querer desistir de alguns propósitos antes mesmo de começar, só por causa da quantidade de pedras que haverão diante do percurso, também não pode temer seguir adiante quando se deparar com algum contratempo, com medo de arriscar, com medo de perder, com medo de sofrer, com medo de falhar. Enfrente seus medos! Mesmo consciente que poderá sofrer alguns prejuízos, frustrações e derrotas, isso não pode impedir você de arriscar, de tentar superar os obstáculos, e de explorar sua força e resistência. Você! Você mesmo, só saberá se algo dará certo se tentar, se ousar, se arriscar. Ignore seus medos, tenha coragem!
A palavra para hoje é DETERMINAÇÃO.

Share

A PRESSA NÃO TRAZ SOLUÇÃO PARA NOSSAS INSATISFAÇÕES

É diante de alguns atos impulsivos que muitas vezes podemos colocar tudo a perder, ou até mesmo provocarmos desavenças, inflamarmos ainda mais certos conflitos, magoar ou prejudicar pessoas, e sobretudo prejudicarmos a nós mesmos, atrapalhando nossos próprios interesses. A questão é que quando algumas coisas, alguns resultados e respostas não ocorrem, ou não acontecem como esperávamos, simplesmente queremos na maioria das vezes resolvermos tudo de imediato, ignorando a necessidade de refletirmos, e atropelando o tempo da resignação, o tempo da maturação, e não esperando pelo agir natural e providencial do próprio tempo. Embora algumas circunstâncias negativas sejam resultados de nossos passos incertos, e outras serem consequências de atitudes alheias, agir apressadamente é agir precipitadamente, sem garantir que nossas atitudes instantâneas possam consertar erros e resolver problemas. Por mais necessitados e aflitos que estejamos pela resolução de um dilema, pela resposta a uma questão, ou por um resultado promissor, não adianta agir em guerra, na temperatura elevada da impaciência, da insensatez e na turbulência dos pensamentos desordenados. É preciso estarmos em paz, nos tranquilizarmos, pararmos, reolharmos o cenário, analisarmos a situação por outro ângulo, aquietarmos o nosso coração, e conversarmos muito com Deus, pois é no silêncio pacífico e calmo de nossas emoções que encontramos respostas, que percebemos novos caminhos, e descobrimos novas alternativas.
A palavra para hoje é SERENIDADE.

Share

NÃO SEJA REFÉM DO MEDO DE TENTAR

Você já prestou atenção que alguns desejos, alguns sonhos, alguns projetos, muitas vezes não passam apenas da tua vontade? Porque diante de alguns deles você só almeja, você só imagina a possibilidade de realizá-los, mas não se arrisca a tentar ir ao combate para batalhar por eles. Talvez em alguns casos você imagine que não tem chances de conseguir realizar tal propósito, e imagine também que os obstáculos antes de chegar até teus objetivos possam ser maiores do que você possa ultrapassar. O erro está em você, em você imaginar demais e agir de menos, em fazer muitas suposições se colocando inferior a força necessária para vencer. Atitudes como essas são reflexos do seu medo interior de correr riscos, de ter coragem, de ousar apostar mesmo sem garantia de acerto. Portanto, trabalhe suas emoções, sua autoconfiança, sua insegurança, para não se manter prisioneira do seu próprio medo, deixando de aproveitar a oportunidade das tentativas. Lembre-se, os soldados que vencem os combates não ficam parados imaginando como será o confronto, eles vão para o confronto preparados para o que der e vier.
palavra para hoje é LUTE!

Share

NENHUMA SITUAÇÃO NEGATIVA DURA PARA SEMPRE

Algumas coisas que ocorrem em nosso cotidiano muitas vezes nos pega de surpresa, já outras, embora soubéssemos da possibilidade de algo negativo ocorrer, ainda assim não acreditávamos que realmente fossem diretamente nos acontecer. E algumas dessas ocorrências desconstroem os nossos projetos, muda nosso trajeto, paralisa nossos planos, finaliza um percurso, nos afasta de alguém, e tudo isso consequentemente mexe com a gente, e pode causar sofrimentos, angústias, inseguranças, medo, indignação, desapontamento, e desmotivação. É difícil demais lidar com os contratempos inesperados que surgem tirando tudo de lugar. E algumas consequências dessas situações são tão negativas, tão pesadas e danosas que faz muitas vezes a gente perder o foco de olhar o dia de amanhã com perspectivas de mudanças favoráveis, com resultados positivos e contextos melhores do que antes. Não podemos prever determinados acontecimentos prejudiciais, mas diante deles é preciso sabermos resignar quando não pudermos fazer nada para mudar a situação de imediato. E acima de tudo, é extremamente necessário que acreditemos que a poeira das interrupções vai passar, que confiemos no tempo, e na ação divina, porque aquilo que é de fato para ser nosso, e para o nosso bem, não será impedido de retornar a nós, de chegar a nós, seja hoje, amanhã, ou bem mais lá na frente. A gente confiar.
A palavra para hoje é CREIA!

Share

É PRECISO SABER A HORA DE PARTIR

 

Em muitos trechos de nossa vida passamos por momentos atribulados, por situações conflituosas, por inquietações angustiantes, por dúvidas martirizantes, e por dificuldades desgastantes, e é também mediante esse contexto de tantos contratempos, de tantas frustrações, de tantos porquês e de tantas limitações, que nos afligimos pelas resoluções ou por mudanças que mudem o resultado desses trajetos. Porém é preciso ter discernimento para compreender que muitas consequências insatisfatórias permanecem ocorrendo em nossa vida porque ainda nos mantemos ligados a certos aspectos e situações, e por mais que queiramos mudanças, e respostas satisfatórias, algumas coisas não mudarão se não mudarmos a nossa postura diante de algumas coisas. Além disso, não adianta querer insistentemente viver novos ciclos, novas fases, novos relacionamentos, novas oportunidades profissionais, se não tivermos espaço e desempenho para que isso possa entrar em nossa vida, a medida que nos desliguemos de antigos percursos ou pessoas que não contribuem mais para o nosso crescimento, melhoria e bem-estar. Encarar o fim de alguns caminhos é sofrível. Encerrar ciclos e dar adeus dói, e muitas vezes dói muito, mas, ou tomamos decisões que exijam algumas dores, ou ficaremos sagrando para sempre, com os mesmos problemas, insatisfações, resultados e limitações, sem conseguirmos trilhar por novos horizontes.
A palavra para hoje é FINALIZAÇÕES.

Share

CREIA, SE ESFORCE E CONFIE

 

Muitas vezes você pode se decepcionar e se desesperançar mediante alguns acontecimentos de sua vida, seja diante de situações difíceis e inesperadas, ou seja perante consequências ou resultados indesejáveis. Muitas circunstâncias podem levar você acreditar que o pior é para sempre, que nada de bom poderá ainda acontecer, e assim você sofre antecipadamente pelo dia de amanhã. Então, tenha cuidado com suas emoções impulsivas, com seus pensamentos negativos, e suas atitudes precipitadas e pessimistas. Nada é para sempre como achamos que será, nem aquilo que é bom, e nem aquilo que é ruim permanecem imutáveis. Ciclos terminam e novos começam diariamente, as mudanças estão por toda parte, a todo momento. Por isso, se você está ansiando por algo que realmente vale a pena, e que seria bom para você ou para outras pessoas, então alimente a fé em seu coração, cultive a paciência diariamente, partilhe seus anseios mais íntimos com Deus, e se esforce diante do que lhe for possível. E no mais, tenha a resignação de saber esperar, pois o futuro nem sempre será resultado de algo negativo que possa está acontecendo agora.
A palavra para hoje é TEMPO.

Share

FAÇA DA PACIÊNCIA UM HÁBITO DIÁRIO

É tão comum nos dias de hoje vivermos freneticamente, correndo de lá para cá, tentando resolver problemas, buscando superar dificuldades, lutando para vencer inúmeros desafios, e nos desafiando a sermos mais fortes a cada dia, diante de cada barreira, e de cada problema inesperado. E por isso, é comum também mediante algumas circunstâncias nos esgotarmos, nos exaustarmos, perdemos o senso da tolerância, e consequentemente perdermos a paciência perante algumas situações ou pessoas. Realmente, ninguém é tão forte e resistente que não sofra con os ventos das tempestades cotidianas, e por mais racional e equilibrado emocionalmente que sejamos, há dias que ficamos vulnerável aos ataques das provações. Mas, apesar dos nossos dias de fraquezas, é preciso aprendermos a lidarmos cada vez mais pacientemente com esses dias e contextos turbulentos, assumindo a supervisão e controle diário de nossas reações, e buscando controlar a nossa impaciência nos momentos mais necessários, para que não soframos futuramente as consequências das atitudes e palavras impensadas do hoje.
A palavra para hoje é SENSATEZ.

Share

NÃO ESPERE DEMAIS DE ALGUMAS PESSOAS

Muitas frustrações que sofremos são consequências de nossas expectativas excessivas em relação a algumas pessoas. Seja no campo das amizades, familiar, afetivo, ou profissional, o fato é que muitas vezes vimos nessas relações o porto seguro das nossas resoluções e do nosso bem-estar. E diante de alguns momentos atribulados, mediante algumas situações difíceis, esperamos de algumas pessoas a mão estendida, o auxílio imediato, a compreensão necessária, a parceria certa. Mas é mediante também a essas circunstâncias de esperas sobre o agir do outro a nosso favor, em nosso socorro, que muitas vezes nos decepcionamos amargamente, nos frustramos inesperadamente, porque tudo o que esperávamos mesmo era apenas uma atitude condescendente advinda de quem depositamos confiança e muitas expectativas. É perante contextos assim, que percebemos que colocamos mais esperança e energia na atuação dos outros do que em nós mesmos, e que colocamos sobre eles responsabilidades que talvez seriam nossas, colocamos sobre eles a obrigação sobre resultados que deveriam depender mais da gente mesmo, do nosso esforço, da nossa dedicação, da nossa busca, e da nossa persistência. É preciso refletirmos sobre o sentindo de nossas relações, de que elas devem vir como somas, e não com o compromisso de serem responsáveis pelos resultados que esperamos, nem da satisfação de nossas emoções. Sofreremos menos e nos decepcionaremos menos também, a medida que não esperemos tanto dos outros, que nos libertemos da dependência dessas pessoas, e que exijamos ainda mais empenho da gente mesmo.
A palavra para hoje é AUTONOMIA

Share