Professores querem entender o porquê do município não ter pago o rateio do FUNDEB

Muitos municípios pagaram aos Educadores o rateio do FUNDEB, mas em Bezerros o não pagamento têm provocado discussão na categoria, que quer entender o real motivo. O vereador Diogo Lemos (PSB) destacou numa rede social a mobilização que ganhou apoio no legislativo.

“Na última terça feira do ano, estivemos reunidos com alguns professores para tratar de assuntos relacionados a verba do FUNDEB.

Ontem junto a alguns representantes da classe protocolamos na Secretaria de Administração de nosso município, pedido de informação atendendo ao apelo dos profissionais de educação:

1- Prestação de Contas analítica dos Recursos do FUNDEB 2021 com os gastos em Folha de pagamento, 70% e 30% respectivamente.
2- Acesso as folhas de Pagamentos detalhadas de 2021 dos 70% e 30%, pois tanto as informações disponíveis no portal da transparência e a folha resumida são insuficientes para que analisemos a destinação dos recursos, contratações, e demais destinações dos recursos .
3- Valores repassados mensalmente ao IPREBE de janeiro a dezembro dos encargos (patronal e adicional) e das contribuições mensais dos servidores públicos da Secretaria municipal de educação com comprovação da efetivo repasse”.

Share

Pedido de informações versa sobre recursos da merenda escolar em Bezerros

Assinado pelo vereador Diogo Lemos (PSB), pedido de informações solicita ao município informações sobre a aplicação de recursos do PNAE e FUNDEB. O Programa Nacional de Alimentação Escolar no município garantiu a distribuição do kit alimentação em apenas duas oportunidades, mesmo com o calendário de aula suspenso. Já as informações referentes ao FUNDEB atende principalmente apelo da categoria dos professores, que não tem tido respostas de informações solicitadas e que já estuda forma de mobilização da classe.

Portal da Transparência, até o momento, não dispõe de informações atualizadas destes números.
Share

Adutora de Serro Azul avança, diz Rogério de Natal

O vereador, líder da comunidade de Encruzilhada de São João, Rogério de Natal (Solidariedade) postou publicação em suas redes sociais sobre o avanço da adutora de Serro Azul, que vai captar água da barragem localizada no rio Una, município de Palmares, para ser distribuída na região. A promessa é que tanto a adutora Serro Azul quanto a do Agreste ( transposição rio São Francisco) acabe de vez com o desabastecimento que vive as cidades da região, inclusive Bezerros. O vereador Rogerio Já articulou junto a Compesa a construção de Estação de Tratamento d’água no bairro de Encruzilhada de São João.

*Estive visitando as obras da Adutora de Serro Azul em Sapucarana. O projeto é que a população de Encruzilhada e Sapucarana sejam abastecidas por essa Adutora. As obras estão a todo vapor, e cada vez mais nosso principal Sonho ficando perto de se realizar.*

*Vou continuar acompanhando de perto para deixar toda População informada dos detalhes. Esse é meu trabalho e compromisso com o povo 🤜🏼🤛🏼.*

*Bom dia 🤗🌻* 

Share

Encruzilhada de São João ganha Associação de Moradores

Será inaugurada neste sábado (11), a partir das 11h, na Travessa José Ferreira de Azevedo, a Associação dos Moradores de Encruzilhada de São João e Adjacências (AMESJA). O evento vai contar com a participação do vereador @rogerio.de.natal de Natal e do deputado federal @augustocoutinhope.

O objetivo da AMESJA é reivindicar os direitos dos moradores, buscar serviços públicos e sugerir propostas junto a representantes dos poderes públicos nas esferas municipal e estadual.

“A associação AMESJA foi criada como forma de zelar pelo bem estar de Encruzilhada de São João e Adjacências”, destacou o vereador Rogério de Natal nas redes sociais.

Caderno Bezerrense

Share

Diogo Lemos destaca a NÃO atuação da Vigilância Ambiental no município

O vice-presidente da Câmara de Vereadores, Diogo Lemos (PSB), chamou a atenção sobre o trabalho da Vigilância Ambiental no município, que, segundo ele, não estaria cumprindo com as suas obrigações. O vereador destacou cuidados com a leishmaniose e a raiva, alertando que, mesmo com a situação estável, as doenças podem se tornar endêmicas.
“Trago uma fala a respeito da Vigilância Ambiental do nosso município, que está desassistida, falei aqui há três ou quatro meses. Ontem morreu um animal canino no João Paulo II e não foi tomada nenhuma providência, este caso já tinha sido solicitado para visita a mais de 7 dias e nada foi providenciado, então está muito grave, pois não existe o controle da leishmaniose na maneira adequada e da forma que tem que ser. A doença hoje no nosso município está estável, mas ela pode muito bem se tornar endêmica. Lembrar que, em 2018, existia o controle em sua plenitude e morreu uma criança lá em Cajazeiras por leishmaniose. Na época, existia a Vigilância Sanitária a Vigilância Ambiental trabalhando no município em sua plenitude, imagine vocês da forma que está, sem funcionar e sem atuar, podemos ter problemas futuros! Relatei aqui em reuniões passadas do caso da raposa que foi encontrada com raiva e não se fez as recomendações necessárias, tem que isolar a área de 6 km, tem que se fazer o controle, tem que se fazer a vacinação de todos aqueles cães e gatos naquela região. Fica a pergunta se existe profissionais competentes para atuar dentro do município nessa área? Existe, mas tá faltando liderança, tá faltando coordenação, tá faltando quem saia para levar esse povo para designar o trabalho aonde realmente precisa ser feito”, destacou.
Diogo Lemos ironizou o fato de que sequer o dever de casa esteja sendo cumprido. “Na Secretaria de infraestrutura existe um tanque utilizado de forma improvisada, sem tampa, totalmente cheio de larvas. Registrei e passei as informações, porém, até o momento, a gente percebe que nenhuma atitude e nenhuma notificação estão sendo feita neste sentido. Então fica aqui novamente o meu apelo: Será que alguma coisa começa a ser executada neste sentido de controle e de vigilância ambiental dentro do município”, concluiu.

Share

Deputado Danilo Cabral visita Boas Novas

O Deputado Federal Danilo Cabral (PSB) visitou o distrito de Boas Novas nesta tarde de sexta-feira (19). Danilo foi recepcionado pelo presidente da Câmara de Vereadores, o vereador Emanuel Messias, que levou o deputado para conhecer o trecho que será pavimentado, e que liga a vila à popular comunidade da Cohab. A obra contará com quatrocentos mil reais provenientes de emenda parlamentar do deputado. “De início seriam destinados trezentos mil reais, mas as estimativas chegaram a quatrocentos mil”, explica Emanuel. A demanda é um sonho antigo dos moradores de Boas Novas, distrito localizado na zona sul do município, a mais de 25 KM da cidade.

Share

Câmara de Vereadores promove nesta quarta-feira (17) audiência pública com a Compesa

Uma audiência pública com a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) será realizada nesta quarta-feira (17), a partir das 9h, na Câmara de Vereadores de Bezerros.

De acordo com informações obtidas pelo Caderno Bezerrense, o representante da Compesa na audiência será o gerente de Unidade de Negócios da companhia, Tiago Grassi.

Na ocasião, serão esclarecidos questionamentos com relação aos serviços prestados pela Compesa, no que diz respeito, principalmente, ao abastecimento de água nas zonas urbana e rural e também por meio dos carros-pipa.

Caderno Bezerrense

Share

Presidente da Câmara comemora emenda de cem mil reais para investimentos em Sapucarana

Na manhã de hoje, estive reunido com a Deputada Estadual Simone Santana, para tratamos de assuntos pertinentes em benefício do distrito de Sapucarana. Simone é mais uma parceira que abraçou a nossa causa e luta em melhorias de qualidade de vida do espaço rural. Dessa vez o nosso mandato é em prol ao desenvolvimento de Sapucarana, onde conseguimos uma emenda parlamentar no valor de 100 mil reais que será destinada para a construção da praça do distrito supracitado e do calçamento da ladeira de Zé caboclo do sítio Camaratuba. A população rural precisa de líderes políticos empáticos e comprometidos, que executem ações para proporcionar perspectiva e qualidade de vida, trazendo possibilidades de uma vida melhor para os cidadãos da zona rural!

Emanuel Messias- presidente da Câmara de Vereadores

Share

Diogo Lemos anuncia abertura de vagas para o “Projeto Idéia” em Bezerros

O vereador Diogo Lemos em parceria com o Estado de Pernambuco, está trazendo para o município o Projeto Ideia (incentivo ao desenvolvimento do empreendedor individual e do autônomo) que vem trazendo dois cursos para inserir as pessoas no mercado de trabalho. Os cursos ofertados são: Profissional especializado em unhas em gel e montador e reparador de microcomputadores.

As inscrições poderão ser feitas pelo site: http://www.seteq.pe.gov.br
Mas atenção! São apenas 20 vagas (mais lista de espera).

Venha se preparar para o mercado de trabalho.

Share

Valmir Neto busca solução para resolver problema no abastecimento d’água do loteamento João Paulo II e Castelinho Santana

Vereador saiu animado da agenda que cumpriu com o Deputado Federal Danilo Cabral.

O vereador Valmir Neto (PSD) visitou o Deputado Federal Danilo Cabral (PSB), onde reiterou algumas demandas importantes do município. Entre as pautas, Valmir Neto solicitou ao deputado a ligação da água do loteamento João Paulo II. “Levei cópia do ofício que tinha feito desde o dia 12 de março e tive a informação que o processo para o devido andamento da obra será iniciado, através da contratação de empresa através de licitação”, comemorou. O vereador aproveitou a agenda para pedir a Danilo Cabral que fosse providenciado o abastecimento do Castelinho Santana. “A comunidade vem sofrendo há anos com a falta d’ água na torneira, e o deputado se prontificou em nos ajudar buscando ver o caso junto a Compesa”, explicou. O deputado recebeu mais um pedido do vereador solicitando uma ambulância para o distrito de serra negra.

Share

Vereador solicita que feira de confecções aconteça de quarta à sábado

Na reunião Ordinária da Câmara de Vereadores desta terça-feira, o vereador Eduardo (DEM), através do requerimento n⁰ 341/2021 solicitou ao Poder Executivo que a Feira de Confecções que acontece no largo do Mercado de Farinha nas quartas, sextas e sábados, nos meses de novembro e dezembro passe a acontecer de quarta à sábado.
“Esses feirantes foram os que mais sofreram durante a pandemia, pois por não serem considerados essenciais, não foram autorizados a montar seus bancos por muitos meses. Assim é importante nesse período em que há um aumento nas vendas, dar mais oportunidades para a comercialização dos produtos” destacou.

Share