Fogo em lixo compromete salão de igreja na Cohab

Há poucos dias, a comunidade de Nossa senhora Aparecida, na antiga COHAB, fez uma denúncia em rede social, logo após o não comparecimento da Secretaria de Serviços Públicos para a retirada de lixo ao lado da igreja do bairro. O acúmulo de resíduos fez com que alguém tocasse fogo, comprometendo a estrutura do salão paroquial da igreja, como mostra im imagens. Segundo uma fonte, o padre e toda a comunidade religiosa irá entrar com uma representação junto ao Ministério Púbico.

Share

Parte da cidade às escuras; UPA 24h também ficou sem energia

A energia já está sendo restabelida em algumas localidades, como Santo Antônio, São José e Loteamento Santana. Atualizada às 23:11min.

Um blecaute atinge vários bairros de Bezerros nesta noite de segunda-feira (24). Os relatos vêm do Santo Antônio, São Vicente, Santana, São José, Alto do Mororó e Residencial Bezerros. Os bairros atingidos estão localizados entre as zonas norte e nordeste da cidade. Por volta das 23h, muitas dessas localidades tiveram à energia elétrica restabelecida. O grupo Neoenergia informou a redação que o serviço já teria sido normalizado. “Tivemos à informação que o fornecimento já foi normalizado no local. Poderia nos confirmar se ainda está com algum problema em seu fornecimento?”, indagou a companhia elétrica através do Instagram. Contudo, alguns pontos continuam às escuras.

Blecaute também atingiu a principal emergência da cidade, a UPA 24h, que estaria desprovida de gerador próprio. A redação buscou informações jundo a direção da Unidade de Saúde para entender a situação. A diretora da Unidade de Saúde, Sandriely Andrade, informou que a energia foi restabelecida e que blecaute durou cerca de 20 a 30 minutos, sem qualquer anormalidade.

Share

Entulhos se acumulam na via local

Há mais de trinta dias que a Prefeitura de Bezerros fez a capinação nas vias locais da cidade, mas esqueceu de retirar os entulhos, que ocupam parte da via. O fato representa risco de acidente, pois estreitam a passagem entre os veículos. “A capinação deveria ocorrer no mesmo tempo em que outra equipe recolhesse o material”, diz internauta.

Share

Postagem da prefeita denuncia: faltou manutenção!

A prefeita Lucielle Laurentino (DEM) mostrou, através de postagem em rede social, o que já desconfiávamos: o apagão que passamos por mais de década na zona urbana de Bezerros e de Encruzilhada de São João, se deu por falta de manutenção e não pelo desligamento proposital da rede. Após refazer os devidos reparos, a Neoenergia, como mostra o registro da Prefeita, pode observar que postes acenderam parcialmente, e que lâmpadas queimadas precisam ser substituídas. Além dos inúmeros acidentes que derrubaram postes e, consequentemente, romperam cabos de energia, o site Bezerros Hoje já denunciou que um trecho próximo a Escola Técnica estava às escuras, porque um transformador “havia sido roubado”. O ex-prefeito Breno, numa recente conversa com o veículo, disse ter sido uma ação da própria Companhia energetica, mas não engolimos a tese! A prefeita Lucielle, por sua vez, tenta, e vai levar o bônus pelo restabelecimento da iluminação elétrica na BR, que não passa de obrigação jurídica por parte da antiga Celpe. Para nós, o que vale é o fim desse vexame!!!

Histórico- o município de Bezerros, governo Marcone Borba, 2005/2008/, ingressou com ação judicial, que, após transitada e julgada, deu causa ganha ao município sobre os custos da energia cobrada pelo trecho. A Celpe vinha protelando o restabelecimento elétrico chegando a estabelecer acordo para que o município pagasse pelo consumo. O governo Lucielle declarou nulo e, segundo nota, está valendo cumprir a sentença judicial. O site já avisa que observará se o município pagará pela energia futuramente.

Da redação de Política

Share

Grupo Neoenergia inicia trabalhos para religar iluminação da BR-232

Governo Lucielle não informou se o acordo assinado pelo ex-prefeito Breno continuou válido.

O registro foi publicado no das redes sociais do Procurador Municipal, Paulo Alves.

O grupo Neoenergia iniciou os trabalhos de religamento da iluminação pública da BR-232, pauta antiga do site Bezerros Hoje. O vexame que os munícipes passam diuturnamente deverá ser sanado em breve. A prefeitura de Bezerros, governo Lucielle, não respondeu à redação sobre o acordo assinado ainda no governo Breno Borba, se continua válido ou não. O documento previa o religamento, pela empresa, no mês de setembro, e o município arcaria com o consumo da energia elétrica, no valor de cerca de 30 mil reais/mês. A prefeita esteve acompanhada de Mendonça Filho, seu pré candidato a deputado federal em 2022, em encontro com o grupo Neoenergia para tratar do assunto.

Veja o que já publicamos sobre o assunto.

Share

Terceiro poste pega fogo em Bezerros em menos de um mês

Bezeros volta a registrar incêndios em postes de iluminação pública, que provoca a interrupção de energia e o serviço de internet nas localidades. Segundo o Portal Bezerros, é o 3° caso só este mês na cidade, sendo que o problema não estaria ligado aos fios dos provedores de internet. Segundo o site, o incêndio estaria sendo iniciado no fotocélula, que é responsável pelo acender e apagar da lâmpadas. O registro vem da da Rua Padre Ibiapina, bairro Rosário. Clique para assistir o vídeo.

Share

Bairros de Bezerros às escuras nesta noite de quinta-feira (9)

Ver vídeo clicando na imagem.

Registro: Inaldo Cavalcanti

Imagem a partir de residência do bairro Santo Antônio, com vista para o São Sebastião, ao fundo.

Vários bairros de Bezerros enfrentam apagam nesta noite de quinta-feira (9). Há relatos de falta de energia no Nossa Senhora Aparecida, Residencial Bezerros, São José, Loteamento Santana, Gameleira, São Vicente e Santo Antônio. Os blecautes em alguns desses bairros começaram desde o meio da tarde. A redação está tentando resposta junto ao grupo Neoenergia para saber sobre o que provocou o apagão.

SERRA NEGRA- Os moradores da Serra Negra vêm já algum tempo se queixando de quedas constantes de energia elétrica. Na última quarta-feira (8), por exemplo, um blecaute deixou parte da região às escuras por quase 4h. Uma fonte, ligada a antiga Celpe, garantiu que o problema na região se deve a muitas irregularidades, dentre elas, construções indevidas embaixo da rede. A companhia elétrica já teria conhecimento do problema.

Share

Após considerar nulo, governo Lucielle fala em acordo com a antiga Celpe para resolver iluminação da 232

Companhia Elétrica sempre manteve válido acordo considerado nulo pela gestão da prefeita.

Segundo o perfil Bezerros 24h, o grupo Neoenergia estabeleceu acordo com a prefeitura de Bezerros sobre a iluminação da BR-232. A antiga Celpe havia firmado acordo ainda na gestão Breno, mas o governo Lucielle, através do procurador Paulo Alves, o declarou nulo. A empresa lançou nota informando que o acordo estava válido e que os serviços aconteceria ainda em setembro. Segundo o grupo Neoenergia, o não cumprimento se deu por conta de falta temporária de equipamentos no mercado. Agora, segundo o perfil Bez. 24h, ‘outro’ acordo teria sido estabelecido com o grupo energético, tendo Mendonça Filho e a prefeita Lucielle como protagonistas. O site Bezerros Hoje vêm cobrando da prefeita e do grupo político ações mais enérgicas para resolver a situação. O perfil Bezerros 24h não informou detalhes sobre o “novo” acordo.

Leia o que já publicamos sobre aqui.

Share

Secretária de Agricultura cobra melhorias no serviço de carros pipas e COMPESA alega que limitações de entrega são temporárias

O site recebeu ofícios que esclarecem polêmica entre Compesa e Secretaria de Agricultura de Bezerros. Abaixo texto do PH Bezerros, que cobriu a Audiência Publica com a presença da Compesa na Câmara de Vereadores de Bezerros.

Na audiência pública com a COMPESA realizada nesta quarta-feira (17) na câmara dos vereadores, o diretor da região das russas Tiago Grassi justificou a limitação da entrega de carros pipas ao município que abastece principalmente a Zona Rural da cidade.

Na ocasião, a secretária de Agricultura Thais Santos e o coordenador do projeto Água no sítio Danilo Carvalho cobraram soluções da COMPESA para a quantidade de carros pipas que atualmente está limitada. Ao mesmo tempo, Thaís apresentou a demanda da pasta com os atendimentos pendentes, uma vez que a oferta foi diminuída de 60 viagens por dia para 40, e no quadro atual encontra-se apenas com 20 o que é insuficiente para demanda da população rural e inscritos segundo a secretária.

Em justificativa, o diretor disse que a diminuição ocorreu devido a limitação do nível dos reservatórios. A alta quantidade de carros pipas retirados estaria atrapalhando o abastecimento da zona urbana e o calendário de rodízio dado também as limitações de distribuição com a interrupção do segundo conjunto da estação6 em Jucazinho estar desativado.

Ainda em justificativa, Tiago Grassi afirmou que as limitações são temporárias e que as bengalas disponíveis para o abastecimento de carros pipas no bairro do Santo Amaro também serão realocadas para a Estação de Tratamento de água (ETA) o que vai facilitar o abastecimento dos caminhões.

O coordenador também afirmou que para melhor atendimento em curto prazo mantém disponível outros locais de abastecimento de carros pipas em outras cidades como Camocim e bonito para que a prefeitura possa fazer uso no caso de diminuição. Porém, segundo a secretária, a prefeitura só mantém disponíveis 2 caminhões e não é possível retirar a quantidade suficiente por dia para atender toda a demanda, falando também sobre as burocracias de licitações que demoram a passar por aditivos em quilometragens e reparos para mudança de trajetórias.

Em médio prazo, o diretor regional das russas disse que espera reativar a estação6 de Jucazinho, o que melhoraria a entrega de carros pipas, bem como o abastecimento da zona urbana já que estava em funcionamento durante o primeiro semestre e garantiu a oferta no período.

A longo prazo, Tiago falou sobre a chegada de obras do Serro Azul e adutora do agreste no primeiro semestre de 2022 em Bezerros, o que vai garantir a melhoria e segurança hídrica de chegada de água.

✓ Redação PH Bezerros



Share

Caso de rua encurtada por construção privada está na justiça

O caso da Rua Martins de Souza Abade (sem saída), que fica no Retiro, e que foi encurtada para a construção de um galpão particular, já está na Justiça. A obra, segundo morador, foi paralisada até uma definição judicial.”O promotor disse que ele não botasse um tijolo até que se resolvesse tudo”. A prefeitura de Bezerros não respondeu as indagações do site sobre o caso.

Releia matéria aqui.

Share

É preciso atenção ao trafegar pelas ruas asfaltadas e ainda não sinalizadas

Moradores da Rua Henrique Dias, bairro do Santo Antônio, estão preocupados pela falta de sinalização de quebra-molas na via asfaltada. De ontem para hoje, dois acidentes já foram registrados em um dos redutores de velocidade, o que despertou preocupação. A previsão é que a Codevasf, que toca as obras asfálticas, retorne em até dois meses para fazer a sinalização das vias. “O asfalto é importante, mas sem a sinalização adequada é um risco”, diz internauta em contato com a redação.

Share

Henrique Dias ganhará asfalto

A prefeitura de Bezerros vem avançando com as obras de asfaltamento tocadas pela Codevasf, ampliando, inclusive, ruas que não estavam previstas no cronograma divulgado à imprensa. Agora moradores dos bairros da Gameleira, Asa Branca, Privê Frei Damião já podem comemorar, pois o asfalto vai chegar até praça Santo Antônio. Máquinas já estão na área fazendo as intervenções necessárias. O Bezerros Hoje levantou a necessidade desde ontem, e sugeriu o trajeto em enquete realizada,

>>>29,75% investiria o asfalto no trajeto Centro/Gameleira via Cemaic. Área bastante populosa e periférica de Bezerros

Share

Prefeitura estaria desobrigada em pedir autorização para pavimentar trecho urbano da PE-97

Por ser via urbana, a prefeitura é o obrigada a manter o pavimento e suas melhorias.

Pessoas ligadas ao governo municipal estão publicando banner digital em apelo para que o Estado autorize o município a fazer o recapeamento do trecho urbano da PE 97, que vai da Escola José de Góes até o entrocamento de acesso a Serra Negra, cerca de 500 metros. A redação encontrou entendimento jurídico que pode autorizar o governo municipal a fazê-lo. “A responsabilidade pela conservação da camada asfáltica, ou, simplesmente, pela conservação do asfalto é tema simples e que deve ser abordado para fins de preservação dos direitos dos cidadãos. Neste ensaio, vamos abordar a responsabilidade civil do Município e, portanto, do Estado, pela preservação do asfaltamento das ruas, que se encontram localizadas dentro do perímetro urbano. Os apontamentos aqui tecidos aplicam-se integralmente a esfera Estadual e Federal, quanto às estradas e rodovias”. Como se nota, o trecho em questão está crítico e em plena zona urbana da cidade de Bezerros. A pavimentação em paralepípedo foi feita há décadas pela prefeitura que, se assim dejar, poderá simplesmente asfaltá-la objetivando melhor tráfego e segurança para os cidadãos. Vale lembrar que o município tem responsabilidade civil, inclusive por danos provocados as pessoas, veículos, etc.

Share

Asfalto será colocado até antes de paredão de “Açude do Toinho Couro”

Imagens registradas as 15h

Trecho mais crítico da estrada de Serra Negra foi asfaltado.
Trecho crítico em frente ao açude do Toinho do Couro deve ficar de fora da pavimentação.

Após imagens circular nas redes sociais sobre obra asfáltica na estrada de Serra Negra, muitos internautas comemoraram o fato de que todo o trajeto da estrada vicinal seria contemplado, o que não procede. Na verdade, o trecho que está recebendo melhorias vai do início do entromcanto com a PE-97, até próximo ao açude do “Toinho do Couro”, cerca de 1km de via. Informações ainda não oficiais é que outras ruas da cidade, como a Popular Rua do Sport no Santo Amaro I, também serão contempladas. As obras estão sendo tocadas pela Codevasf, do Governo Federal, através de uma articulação política de Mendonça Filho e do senador Fernando Bezerra Coelho. A prefeita Lucielle anunciou o investimento diretamente Brasília-DF, na quarta-feira (10), na ordem de um milhão e trezentos mil reais.

Share

Moradores reclamam de possível obra irregular que encurta rua sem saída no Retiro

Moradores da Rua Martins de Souza Abade, que fica no Retiro, estão contrariados com possível construção irregular. Segundo a denúncia, a rua, que é sem saída, foi encurtada para a construção de um galpão. “Existia um poste de iluminação pública, que foi retirado. O pessoal da prefeitura veio aqui e já se posicionou quanto a necessidade do embargo, mas as obras continuaram”, desabafa. Os moradores se sentem prejudicados porque o local está às escuras e também não há mais espaço para estacionar veículos. A redação encaminhou pedido de esclarecimento à prefeitura e aguarda resposta, que será publicada nesse mesmo espaço assim que nos for enviada.

Share

“Só posso chamar de canalhas”

Restos de ossos foram descartados na Rua Manoel Borba (PE-97), que fica próximo a Praça dos Tamarindus. “Por não está na área de alcance das câmeras ainda não conseguimos identificar, mas estamos na pista dos canalhas que fizeram o descarte”, protestou o comunicador Sérgio Leão.

Share