Sinalização com flores chama a atenção em reparo na estrada de Serra Negra

Morador de Serra Negra chama a atenção por deficiência na sinalização de trechos da estrada que passa por reparos. O que chama atenção é que flores foram colocadas para demarcar a área. “…meu filho e outras pessoas já foram vítimas dessas irresponsabilidades”, diz o popular.

…”Deixaram de colocar garranchos para colocar flores refletivas. Só pra refrescar a memória desses incompetentes, meu filho e outras pessoas já foram vítimas dessas irresponsabilidades e ninguém toma providências, continua fazendo a mesma coisa. E são três remendos desses em pequeno trajeto, já imaginou o perigo a noite. Há não sei qual o idiota que teve a ideia de colocar as flores mais a noite não são refletivas não viu. Por parecer com um túmulo pode ser que já seja um alerta pode infelizmente alguém perder a vida nessa porcaria e já dá uma ideia de como enfeitar o túmulo. Que Deus o livre”, desabafa. A postagem foi postada nas redes sociais de Rogério Melo, filho da popular Maria Rezadeira.

Share

Terrenos estão sendo ocupados na Asa Branca

“Vocês sabem nos informar se há alguma orientação, por parte da prefeitura, no sentido da liberação de terrenos próximo ao campinho”, indaga internauta em mensagem encaminhada à redação. Segundo o internauta, a área foi limpa e demarcada lembrando fato ocorrido no final do governo Bete de Dael, em 2012, quando várias ocupações foram feitas nos terrenos que pertencem ao munícipio. A redação encaminhou pauta à assessoria de imprensa da prefeitura.

Share

São vários locais às escuras, dizem internautas

A deficiência na iluminação pública em Bezerros não é uma exclusividade da BR 232, aliás, única cidade cortada pela duplicação da rodovia onde o sistema está inoperante. Há na cidade vários pontos centrais às escuras A imagem, que repercuti nas redes sociais, mostra trecho da Rua Cel. Bezerra, em pleno comercial.

Share

Prefeitura prometeu reverter suspensão do Janelas para o Rio há quase um ano

A prefeitura lançou nota no mês de agosto do ano de 2019 prometendo reverter a decisão de suspensão do projeto do parque Janelas para o Rio. “Vale salientar que o município continua buscando garantir o início das obras e que não faltará esforço por parte desta gestão para que a suspensão possa ser revertida”.

O impasse, na época, se deu por conta do lixão que continuava ativo na área. Sabe-se, portanto, que o lixão foi desativado pela prefeitura e que, mesmo assim, não se teve mais notícias sobre projeto.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

15 de agosto de 2019

Sobre matéria veiculada afirmando que Bezerros perdeu o Projeto Janelas para o Rio, a Prefeitura de Bezerros esclarece que o município cumpriu todas as exigências prévias do programa, porém somente agora o Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID fez a exigência da desativação do lixão em caráter de urgência. Sabemos que o lixão é um problema conhecido pela gestão e não é exclusividade de Bezerros, já que outros municípios do Estado vivem esta mesma realidade, buscando, claro, a solução definitiva para a questão. A gestão municipal inclusive sugeriu outro espaço, mas o parque deveria ter uma função social e por isso seria instalado junto a uma comunidade carente. Ressaltamos ainda que o projeto executivo está pronto, entretanto, no momento, o BID fez esta exigência e, por esse motivo, está suspenso temporariamente o início da construção do parque. Vale salientar que o município continua buscando garantir o início das obras e que não faltará esforço por parte desta gestão para que a suspensão possa ser revertida.

Share

Moradores se equilibram em tábuas em via que liga Santo Antônio e Gameleira

Uma importante passagem, que liga os bairros Santo Antônio e Gameleira, está praticamente destruída. Moradores se equilibram em uma ‘ponte’ improvisada e muitos motociclistas já caíram ao tentar passar no local. Populares relatam que a situação dificulta a ação da polícia, que geralmente usava a via para “encurtar” caminhos entre os dois bairros. Clique na imagem para assistir o vídeo.

Share

Prefeitura prometeu solução do lixo em terreno baldio há 30 dias

No dia 7 de julho, a Prefeitura de Bezerros encaminhou à seguinte nota de esclarecimento sobre o lixo acumulado em terreno baldio, próximo ao viaduto da PE 103.

“Não há novo lixão. Em nenhum momento, o município autorizou descarte em outro terreno que não seja o CTR Caruaru. A Secretaria de Serviços Públicos está ciente da situação identificada pela própria equipe e será tratada a solução o mais rápido possível”.

Diante do agravamento da situação, a redação encaminhou, novamente, a pauta à prefeitura de Bezerros.

MUNICÍPIO PODERÁ SER PREJUDICADO EM 2021

A redação publica a opinião do leitor especialista sobre destino correto de resíduos sólidos preservando a fonte.

“Esse novo Lixão que a Prefeitura tenta esconder da População e dos Órgãos de Controle pode ocasionar um grande prejuízo ao nosso município em 2021, pois atual gestão insiste em falar que acabou com o lixão no final de 2019, caso o município passe o ano de 2020 todo sem depositar lixo no município, em 2021 terá direito ao ICMS verde, uma incentivo a quem vem destinando corretamente seus resíduos sólidos.

Infelizmente os catadores que viviam no lixão sem o planejamento da Prefeitura estão recebendo cestas básicas e quem paga aluguel um ajuda de custo de R$ 300,00 e R$ 150,00 para quem não paga, essa ajuda está garantida até o final de ano. Então alguns catadores já estão trabalhando no novo lixão.

Os catadores deveriam está todos em um galpão trabalhando pra sustentarem suas famílias com dignidade e a Prefeitura levando apenas o rejeito para o aterro em Caruaru”.

Share

Redes sociais voltam a denunciar “novo lixão”

As redes sociais voltaram a dá destaque ao “novo lixão” da cidade. A ‘montanha’ de lixo continua sendo formada em terreno baldio, próximo ao viaduto da PE 103. A reportagem já revelou que o local é utilizado para o despejo temporário dos resíduos. Caminhões de empresa terceirada, que prestam o serviço à prefeitura, jogam o material no local para, posteriormente, ser levado ao aterro sanitário em Caruaru. O problema é que o acúmulo do material incomoda os moradores e empresários da área pelo forte odor. A quantidade de lixo tem atraido até catadores de recicláveis, que antes ganhavam a vida no antigo lixão. A reportagem recebeu imagens do local durante toda esta quarta-feira (5).

À tarde, máquinas da prefeitura e caminhões foram vistos no local retirando o material. Imagens desta noite, também divulgada nas redes sociais, mostram incêndio no local e o material interditando uma estrada.

A prefeitura de Bezerros, no dia 7 de julho, encaminhou resposta à redação. Ela negou ter conhecimento do fato. Ver no link que segue. https://bezerroshoje.com.br/populares-denunciam-a-formacao-de-um-novo-lixao/

Share

Iniciada a reforma da Unidade Mista

A empresa TOGA ENGENHARIA E ASSESSORIA LTDA, vencedora do processo licitatório para a reforma da Unidade Mista, deu início às obras na Unidade de Saúde. Parte do teto do prédio colapsou e veio abaixo no mês de março. O fato foi divulgado nicialmente como queda de parte do gesso, mas imagens aéreas denunciaram a gravidade do problema. O projeto de reforma do prédio está orçado em quase um milhão de reais (R$ 953.474,41).

Segundo a prefeitura, nessa primeira etapa, será realizada a demolição e remoção do telhado e de outros itens, como o piso, as portas e janelas e a fiação elétrica. Posteriormente, também será feito um reparo estrutural na caixa d’água externa. O prédio ainda irá receber a cobertura em laje e um novo revestimento na fachada, além de uma revitalização das instalações hidrossanitárias. A redação não encontrou nas publicações o prazo previsto para a finalização das obras.

Veja o que já publicamos sobre sobre a queda do telhado da Unidade Mista de Bezerros.

Share

Ainda sobre o “novo lixão”

Moradores e empresários, incomodados com o contínuo despejo do lixo em terreno baldio, localizado próximo ao viaduto da PE 103, insistem em enviar à redação flagrantes da irregularidade. O fato é que caminhões, que coletam o lixo da cidade, faz o depósito temporário de resíduos para, em seguida, ser recolhido e enviado ao aterro sanitário em Caruaru. O tempo que o lixo passa no local provoca mal cheiro e deixa o local com aspecto de lixão. O ideal seria que a prefeitura tivesse um galpão onde o despejo temporário pudesse acontecer. Daí a necessidade da cooperativa de catadores, que aproveitaria o material reciclável. Fica aqui o registro.

Share

Moradores denunciam a volta do depósito de lixo

Terreno, que passou por limpeza no final de semana, voltou a ser utilizado como depósito.

VIDA URBANA: Moradores voltam a denunciar que terreno baldio, próximo ao viaduto da PE 103, voltou a ser utilizado para o depósito de lixo. A informação é que os caminhões coletam o lixo da cidade e usa o espaço para o depósito; em seguida há o envio do material para o aterro sanitário em Caruaru. O acúmulo de lixo está incomodando moradores da região porque provoca mal cheiro. A prefeitura emitiu comunicado informando desconhecer o fato. Como se ver, parece não ser bem assim.

Share

Lixo depositado em terreno baldio é recolhido

Após denúncias na imprensa sobre a formação de uma ‘montanha de lixo’ em terreno baldio, próximo ao viaduto da PE 103, imagens da manhã deste sábado (11) mostram a retirada dos resíduos em tempo recorde. A prefeitura de Bezerros encaminhou nota informando não ter autorizado o despejo do lixo no local e que o único destino definido era o aterro sanitário privado, localizado no município de Caruaru. Populares flagraram caminhão, que faz a coleta do lixo na cidade, fazendo depósito no local.

Share

Populares denunciam a formação de um novo lixão

Matéria atualizada

Em nenhum momento, o município autorizou descarte em outro terreno que não seja o CTR Caruaru,diz nota da prefeitura de Bezerros.

Um novo lixão estaria se formando em Bezerros. A denúncia foi enviada ao programa A Hora do Povo, apresentado pelo comunicador Antônio Monteiro no canal Oia Bezerros. O local onde o lixo está sendo jogado fica em um terreno baldio, próximo ao viaduto da PE 103. O odor já incomoda trabalhadores das empresas da região, porque o lixo vem sendo acumulado já alguns dias. A redação recebeu imagens onde mostra caminhão a serviço da Prefeitura jogando lixo no local.

HISTÓRICO– O lixão de Bezerros foi desativado em janeiro deste ano. Desde então, o lixo produzido é levado para um aterro sanitário privado no município de Caruaru. O fechamento do lixão atendeu a uma determinação antiga dos órgãos de controle ( Ministério Público, TCE…) . A polêmica em Bezerros se deve aos catadores de lixo, que ficaram sem poder trabalhar na coleta de material reciclado. O município ficou de organizar uma cooperativa, mas não se sabe o andamento desse processo.

A redação encaminhou à prefeitura indagações sobre o despejo de lixo em terreno baldio e também como anda a organização da cooperativa de catadores.

Ver a resposta encaminhada pela Assessoria de Imprensa:

Não há novo lixão. Em nenhum momento, o município autorizou descarte em outro terreno que não seja o CTR Caruaru. A Secretaria de Serviços Públicos está ciente da situação identificada pela própria equipe e será tratada a solução o mais rápido possível.

Nós estamos em pandemia, então as reuniões presenciais estão vedadas desde o mês de março. O processo está seguindo o ritmo que é possível neste momento. O Projeto Transformação está vigente com os benefícios, sendo pagos religiosamente, como também as cestas básicas.

Share

Veículo oficial flagrado trafegando sem placa

Em tempo onde as autuações a veículos irregulares estão em alta na cidade, um veículo da Prefeitura de Bezerros foi flagrado trafegando sem placa nesta manhã de quinta-feira (02). O fato foi registrado no bairro do Cruzeiro. Não é o primeiro caso registrado pela reportagem.

Infração:

O condutor que rodar sem placa cometerá uma infração gravíssima, com multa de R$ 191,54 e sete pontos no prontuário de sua CNH. Além disso, terá seu veículo recolhido, conforme prevê o artigo 230, do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). As letras e números da placa devem sempre estar legíveis.

Share

Placa improvisada alerta sobre perigo na PE 103

Circula na redes sociais imagens de um sério alerta na PE103, abaixo do viaduto da BR-232, em Bezerros. O que chama a atenção são as placas na área improvisada por populares. A reportagem passou no local e constatou o buraco na via. Um perigo para os que trafegam na rodovia, principalmente os motociclistas.

Share

Prédio da Unidade Mista continua interditado após 30 dias da queda de telhado

A recomendação do Ministério da Saúde é que os municípios disponibilizem leitos nos hospitais para atendimentos de pessoas que necessitem de cuidados médicos por conta da Covid-19. A prefeitura de Bezerros anunciou que montará um hospital de campanha no prédio do antigo fórum, onde funcionará a Escola Municipal Getúlio Vargas.

O incidente ocorrido há um mês, quando o telhado da Unidade Mista de Bezerros veio abaixo, obriga agora o município a ver outro local para os atendimentos exclusivo.

Inicialmente se julgava que a parte comprometida era de fácil solução. Mas o problema se mostrou mais sério do que se imaginava. Passados 30 dias, o cenário continua praticamente o mesmo, como mostra imagens feitas nesta segunda-feira (7). Na parede externa do prédio foi aberto um letreiro alertando para o perigo. Após a interdição, o município passou os atendimentos da sua principal emergência para o prédio da UPA, que fica em frente. Cirurgias eletivas foram suspensas desde então.

Share

Bezerros registra aglomerações no centro

Em meio atenção de combate ao Coronavírus, onde os governos trabalham pra evitar as aglomerações, imagens do centro da cidade chamaram a atenção nesta manhã de sexta-feira (20). Filas intensas nos bancos e lotérica. Os serviços bancários continuam abertos em todo o país, mas as pessoas parecem não seguir as recomendações.

“A imagem absurda que me deixou assustada nesse exato momento no centro de Bezerros.
Cadê as autoridades”, indaga a internauta numa rede social.

Share

AUTUAÇÕES DO DETRAN GERA CRÍTICAS NO CARNAVAL

DETRAN voltou a ser polêmico em Bezerros. Autuações também foram criticadas durante as festas juninas.

O carnaval praticamente tinha acabado, mas as blitzes DO DETRAN continuava a todo vapor na cidade de Bezerros em plena quarta-feira de cinzas. Veículos e motos atrasados foram para o reboque e autuações por irregularidades diversas devidamente aplicadas. Nas redes sociais, o reclame foi geral. “Meu sobrinho perdeu a moto e perdeu o emprego pois dependia dela pra trabalhar”, protestou um internauta. A discussão girou em torno de que a operação tinha um foco mais punitiva que educativa. Sobrou críticas aos governos de Pernambuco e de Bezerros pela operação do órgão durante o carnaval. O órgão ainda não divulgou o balanço da operação no município.

Share