USUÁRIOS DO SUS EM BEZERROS ATESTAM O “BAIXO INVESTIMENTO”

O reflexo do baixo investimento em saúde no município, segundo denúncia do CREMEPE, é atestado por vários usuários do SUS em publicação da matéria em nossa fanpage. Há relatos de falta de remédios na farmácia básica, de seringas e até de fitinhas para aferir o nível de glicose. O governo Municipal ainda não se posicionou sobre o fato. Clique ma imagem ao lado e veja os depoimentos.

Share

Classe artística de Bezerros e o silêncio diante das demandas

Lei que exigia pagamento de 50% antes da apresentação foi vetada pelo executivo municipal

Sob pedido de sigilo, músicos informaram à redação que ainda aguardam pagamentos de cachês referente ao carnaval 2019. Segundo a informação são 120 músicos de doze orquestras e algumas bandas que aguardam a liberação dos recursos. Não há uma informação quanto aos valores devidos, pois a maioria acumula algumas “tocadas” no carnaval. Uma apresentação de uma orquestra estaria no valor de dois mil reais. Em outros carnavais o município chegou a mencionar o investimento de 150 mil reais só com elas. Essa semana se desenhou uma mobilização entre os músicos objetivando chamar a atenção da prefeitura, mas a possibilidade da não contratação futura como forma de retaliação esvaziou o movimento.

A valorização da classe artística prevista nos 70% da grade dos eventos do município precisa ir além do espaço da apresentação. O Diário Oficial dos Municípios trouxe hoje exemplo claro do quanto o município precisa avançar nesse sentido. Uma banda gravataense, sucesso nos anos 2000, se apresentará no Polo Cultural por 40 mil reais, enquanto que uma atração em ascensão da cidade receberá 15 mil. Detalhe é que esse valor corresponde a três apresentações no município durante as festas juninas. Um projeto de lei aprovado pela Câmara de Vereadores exigia que o município pagasse 50% dos cachês aos artistas antes das apresentações, mas foi vetado pelo executivo municipal. A Câmara de Vereadores também não derrubou o veto e a classe artística e pessoas ligadas a cultura e o turismo no município ficaram caladas.

Share

Moradores de distrito pedem a volta de motorista de ambulância

Populares do distrito de Sítio dos Remédios estão se mobizando nas redes sociais para um abaixo assinado que deve ser entregue ao prefeito Breno Borba. Os moradores estão insatisfeito porque um motorista da ambulância que presta serviços a comunidade teria sido afastado da função sem motivação aparente. A presteza no serviço exercido pelo profissional junto a comunidade gerou a movimentação.

Share

Carga horária para funcionários de contrato está dentro das regras

Alguns funcionários contratados pelo governo municipal reclamaram à redação sobre o novo horário de trabalho exigido por alguns departamentos do município. A redação apurou que a regra continua dentro da normalidade, com 40 horas semanais, como prevê a própria minuta de contrato a qual tivemos acesso. O reclame se deu mais no setor da Saúde, onde a municipalidade, para atender às necessidades, tem exigido que o horário diário seja devidamente cumprido.

Para cumprir com a lei federal e deixar a regra expressa, o município encaminhou ao legislativo ainda no ano passado o projeto de lei mudando um parágrafo da lei de número 591/2001 limitando que a carga horária não seja superior as 8h diárias.

Minuta de contrato já prevê 40 horas semanais para funcionários.
Share

Repercute vídeo sobre as instalações de creche na Serra Negra

Um vídeo tem repercutido nas redes sociais e mostra sérios problemas físicos na Creche Vovó Dila, localizada no Centro da Vila da Serra Negra. Uma voz que narra a gravação aponta que o material de construção, como areia e tijolos, estão no local mas falta iniciativa para que as obras aconteçam. Sacas de cimento, segundo a denúncia, teria perdido sua qualidade e ‘petrificafo’. Com a palavra a Secretaria de Educação de Bezerros.

Share

PAIS SE MOBILIZAM CONTRA AUMENTO EM ESCOLA PRIVADA

Em uma rede social, cerca de cem pais se mobilizam contra as novas medidas; Eles acionaram Procon e  têm encontro com o Ministério Público nesta terça-feira (13).

Pais de alunos de uma escola particular de Bezerros estão se mobilizando contra medidas anunciadas pela direção no tocante a um aumento de 12% nas mensalidades a partir de janeiro. Eles alegam que no país o reajuste não deve ser superior a 5%. Além disso, há um reclame quanto a um curso bilíngue, que deveria ser opcional e passará a ser obrigatório. Outro ponto de descontentamento deve-se a antecipação da matrícula do próximo ano letivo, a qual  poderia ser efetuada até o último dia do ano. Os pais se mobilizam através de uma rede social e já acionaram o PROCON. Um encontro com a promotoria pública de Bezerros está agendado para esta terça-feira (12). A redação entrou em contato por duas oportunidades com a direção da escola, a qual informou depender de um posicionamento do seu jurídico para uma resposta. Ainda estamos a disposição para eventuais esclarecimentos.

Por tratar-se de tema relativo ao Direito ao Consumidor, a redação passa a acompanhar o caso preservando, por enquanto,  as partes envolvidas.

 

Share

MOTO POR CIMA DA PASSARELA DA BR-232

Pois é! Muitos motociclistas ‘espertos’ estão usando a passarela, localizada na zona urbana de Bezerros (BR-232), para encurtar o caminho entre o bairro do Retiro e adjacências ao outro lado da cidade. É óbvio que a passarela deveria ser uma exclusividade dos pedestres, mas parece que os condutores das motocicletas não estão habituados a seguir o Código Nacional de Trânsito.af6e8a11-909d-4adc-9984-2ed6d0da0274

Share

INTERNAUTA CHAMA A ATENÇÃO POR OBRAS EM VIA DE ACESSO A SERRA NEGRA

13876612_673867216085058_6882629352502881310_n

A internauta chama a atenção pela sinalização dos trechos que estão sendo reparados. “O problema é que não tem sinalização alguma e muitos desses lugares são curvas perigosas, antes do São João, cheguei a publicar uma alerta…Aí veio a festa junina e pararam o reparo, agora voltaram a fazer e a situação é essa das fotos, providências nenhuma foi tomada e essa semana já aconteceram dois acidentes sérios na estrada. Felizmente sem vítima fatal, mas muito sérios. Desde já agradeço a quem poder tomar providências.Seja prefeitura, a empresa responsável ou o pessoal do trânsito (DEBETRANS)”

Erica Isabel

Share

POR QUE ABANDONAMOS POÇÃO?

13707617_1007866046000861_2793811002789221938_nPoção é um vilarejo típico do interior que ficou literalmente no passado, mas não por conta da preservação e, sim, pelo total abandono por parte do poder público. A vila, onde cerca de dez famílias ainda resistem, fica na divisa entre Bezerros e Caruaru, a margem direita do Rio Ipojuca, e o acesso se dá pela estrada de Fazendinha.

Casas do vilarejo mantém suas fachadas originais e a igrejinha, construída em 1857 e ampliada em 1945, dá um toque especial. Quem visita a vila pela primeira vez sente a tristeza pelo esquecimento da comunidade. O bezerroshoje.com, em 2007, visitou o lugar e fez denúncias sobre o esquecimento. Na época, acompanhamos uma equipe de saúde deslocada de Encruzilhada para uma rápida visita de atendimento. As informações que chegam agora é que nada mudou. “É verdade, ficamos muito tristes com o abandono daquele povo. O único benefício que eles têm é o carro pipa que abastece a comunidade de 15 em 15 dias”, relata Ivaneide Amorim (Nenem do Espetinho), que esteve na vila acompanhada do pai, o qual mantém amizades na comunidade. Ela nos conta que ficou tão sensibilizada que pretende mobilizar amigos para arrecadar donativos para os moradores de lá. Quem sabe também não despertamos a ideia de uma força tarefa por parte dos poderes públicos de Bezerros. Na torcida!

13718698_1007865799334219_8119361533004847651_n

Share

ESPOSA DE VÍTIMA DE TRÂNSITO FAZ DESABAFO PARA RECUPERAR CARTÃO MEMÓRIA DO CELULAR ROUBADO

d77c5fff-332a-41e3-9471-ce013028f928A esposa do homem atropelado na última quinta-feira (2) na PE 103 usou a rede social para tentar sensibilizar quem furtou a carteira da vítima. O relato chama a atenção pela falta de humanidade do autor (a) diante da lamentável cena que chocou a muitos. “O dinheiro era para comprar  comida, leite e remédio para o nosso filho. Quem pegou vai acertar suas contas com Deus”, lamenta. Mas o apelo na rede social tem como objetivo recuperar o cartão de memória do celular, que também foi furtado e que guarda imagens da família.  Ver matéria do acidente aqui 

Share

EU E MINHA MÃE POR POUCO NÃO FOMOS ASSALTADAS NA PRINCESA ISABEL

Boa noite! Primeiro, parabenizo o trabalho de vocês em nos manter informado. Gostaria de divulgar que ontem, quarta-feira (20), minha mãe e eu sofremos uma tentativa de assalto por dois meliantes, adolescentes, numa cinquentinha preta, com barulho no cano de escape. Eles se aproximaram de nós próximo a Otávio que concerta motos na Rua Princesa Isabel, por volta das 21:30.  Estava vindo do curso.  O intuito é de cobrarmos mais policiais nas ruas, principalmente nesses horários de saída da aula a noite. Enquanto a gente estuda para ter um futuro melhor, esses vagabundos querem viver a custa de atormentar pessoas de bem. Isso é triste e revoltante! Gostaria que minha identidade não fosse revelada, pois eles ouviram minha mãe gritar por mim e estava próximo a minha casa.
INTERNAUTA.
MAIS UM RELATO DE ASSALTO NO SÃO SEBASTIÃO NESTA NOITE DE QUINTA-FEIRA
msgs
Share

CAMINHÃO PIPA SUGA ÁGUA QUE CHEGA À RUA

carro pipaA internauta pediu anonimato, mas estava indignada pelo fato de que um caminhão pipa,  aparentemente abastecendo uma residência, estaria provocando a demora no abastecimento da comunidade. O caminhão estaria, na verdade, sendo abastecido por água da rede de distribuição da Compesa, sugando praticamente toda água que chega para o abastecimento de uma do bairro do Cruzeiro.  Um fato no mínimo curioso, porque o contrário é o mais habitual.

Share

VEÍCULO FLAGRADO DEPOSITANDO RESTOS DE ANIMAIS EM RUA

KOMBIO que pessoas sem um pingo de consciência fazem! Saem de suas ruas com um monte de entulhos para jogar em outras ruas. Acho que esse povo não conhece ou não querem saber o quanto de doenças podem ser transmitidas com essa imundice. São restos de fato de boi, tripa uma verdadeira carniça fica no local. O fato ocorre  na Rua Galdino Gedeão, no bairro São Pedro.

Denúncia de Internauta

Share

FAMILIARES ENCONTRAM CEMITÉRIO FECHADO DURANTE CORTEJO PARA SEPULTAMENTO

WP_20151115_001Neste Domingo (15) foi sepultado o corpo do jovem assassinado no último sábado em Encruzilhada. No momento em que o cortejo do corpo do jovem chegou em frente ao cemitério o portão do cemitério estava fechado. Por este fato o sepultamento aconteceu com mais de 30 minutos de atraso , causando total indignação amigos e parentes do falecido. ‘A coveira foi avisada do horário  exato e não abriu o portão em tempo, deixando os populares e a família do jovem em frente ao cemitério prorrogando ainda mais o sofrimento dos familiares e amigos’, diz a fonte.
Share

CELPE RESPONDE AO BEZERROSHOJE SOBRE DENÚNCIA DE INTERNAUTA

Caros(as), bom dia! Faço parte da assessoria de imprensa da Celpe. Recebemos, através do nosso clipping, a reclamação do leitor Claudemir, sobre iluminação pública no bairro Santo Antônio, que foi veiculada ontem (01/10). Gostaríamos de solicitar mais informações, como o contato do cliente (já que ele enviou a reclamação por whatsapp), para que possamos entrar em contato com ele e pedir mais detalhes, como o nome da rua em que está faltando iluminação ou a numeração do(s) poste(s) apagados. Esclareço que esses dados são imprescindíveis para enviarmos equipe. Por favor, responder para o e-mail icaro.silva@neoenergia.com, com cópia para fernanda.santos@neoenergia.com, rodrigo.azevedo@celpe.com.br e ivana.saraiva@neoenergia.com

Desde já, agradeço pela atenção e aguardo resposta, Ícaro Ferreira Unidade de Relações com a Imprensa.

Share

INTERNAUTA DENUNCIA: FALTA VAGAS PARA NOVOS SEPULTAMENTOS EM CEMITÉRIO DE CAJAZEIRAS

Sr. Secretário Neto de Valmir,venho através deste “gritar ” minha revolta,pois hoje faleceu minha avó,que não tem onde ser enterrada,Sabe pq? Porque não há vagas no cemitério de cajazeiras.Isso é uma vergonha, trabalhei por dois anos nesta secretaria e sou prova de que a administradora do cemitério foi aí por várias vezes pra tentar resolver o problema e vcs apenas empurram com a barriga.Isso é uma tremenda falta de respeito com a dor dos familiares,ainda mais que a minha vó a Sra.Euridice Cipriano Batista trabalhou durante 35 anos nesta prefeitura, inclusive foi umas das primeiras contratadas pra a primeira gestão do Sr. Prefeito Severino Otávio. Espero que não façam vista grossa ou cara feia ao lerem isso,pq sei muito bem que fazem.Exijo providências pois é obrigação de vocês. Desculpa eu estar aqui divulgando minha indignação, como é um meio de comunicação, não sei se poderia me ajudar a divulgar isso, pois falta vagas no cemitério de cajazeiras, hoje minha vó foi enterrada numa cova cedida por terceiros, isso é uma vergonha, por dois anos a administradora vem alertando e ninguém toma providências, a secretaria de obras se quer respondeu a minha postagem na página deles”.

(INTERNAUTA VIA WHATsAPP)

Share