“Obra da Compesa nao respeitou árvore”

A publicação numa rede social chama a atenção da nossa reportagem. As obras de saneamento, que visa justamente o bem ambiental, não pode ter esse comportamento de destruição. Fica o registro:

“Essa obra realizada pela COMPESA em Bezerros PE distrói tudo por onde passa. Essa árvore completou no início do ano 20 anos que foi plantada, e em poucos minutos foi arrancada, que coisa triste 😢. As ruas estão esburacadas, um verdadeiro caos, em nome de um projeto que sabemos não vai adiantar pra nada…”

Embora a postagem desacredite no projeto, que será realizado nas cidades cortadas pelo rio Ipojuca, o site lembra que ele já é realidade no município de Tacaimbó, e consiste no tratamento do esgoto doméstico objetivando despoluir o rio, o 3° mais poluído do país.

Share

Os comentários estão desativados.