NIVALDO SANTINO ABRE SÉRIE DE ENTREVISTAS AOS SÁBADOS

561410_112779302200644_288891545_n
O presidente da Câmara de Vereadores, Nivaldo Santino, concedeu entrevista via rede sooial

A redação do bezerroshoje.com resolveu iniciar uma série de entrevistas com personalidades do município. A ideia é abordar temas relativos a municipalidade, objetivando jogar ainda mais holofotes sobre o que se passa nos bastidores da política e da sociedade. Será um amplo e democrático espaço de discussão, com objetivo de observar o ponto de vista de cada convidado. O entrevistado hoje é o atual presidente da Câmara de Vereadores, Nivaldo Santino, o popular Nivaldo da Caixa, que também responde pelo PSB no município.

1-BEZERROSHOJE-Qual o atual cenário do PSB hoje em Bezerros?

Nivaldo Santino: Defende a reeleição do Prefeito Branquinho. Se ele resolver não disputar, lançaremos candidato em nome do grupo.

2- BH- Há nomes comentados.O que pesará na hora da escolha, caso o prefeito não aceite a reeleição?

Nivaldo Santino: Temos bons quadros. O nome que surge naturalmente é o do Vice Breno Borba. Um outro é o do advogado Paulo, temos outros nomes que podem surgir no processo.

3-BH-O Sr. costuma afirmar que a casa legislativa é um local de dissenso, mas observamos certos comportamentos corporativistas, a exemplo da decisão da última legislatura em não aprovar o aumento de vereadores. Essa ideia terá novamente resistência na casa?

Nivaldo Santino:O fato de os vereadores da época não terem aumentado as vagas não quer dizer que foi uma decisão corporativa. Se você observar, a opinião pública e setores da imprensa, geralmente defendem o número mínimo. Acho que, em havendo discussão, a decisão por mais ou menos é legítima.

4-BH-A Câmara de Vereadores, através de sua pessoa na presidência, avançou no sentido da transparência e também no acesso aos trabalhos da casa, com transmissões inclusive ao vivo pela internet. Essas mudanças atingiram suas expectativas no tocante a participação da sociedade?

Nivaldo Santino: Gostaria que a sociedade fosse mais participativa. Temos novas estratégias para nos aproximarmos mais da sociedade. No entanto, avançamos.

5-BH-Qual sua avaliação do governo Branquinho. Ele tem correspondido as expectativas?

O governo Branquinho será um marco na história política de Bezerros. Temos que entender que o país vive uma grande crise, com enorme repercussão nos municípios. Mas o governo atual conseguiu atrair investimentos altamente significativos, na ordem de 100 milhões de reais. Isso é algo extraordinário e certamente mudará nossa história.

6-BH-O Sr. vislumbra uma nova missão política no partido ou deve caminhar em busca de um novo mandato no legislativo?

Presido o partido no município e a minha missão é conduzir o processo, no âmbito do partido, da melhor forma. Entendo, porém, que o condutor político é o prefeito Branquinho. Nesse sentido, creio que não devo apresentar projetos pessoais, aguardaremos o desenrolar dos fatos e somente depois das coisas alinhadas tomaremos posição, em conjunto com o nosso grupo.

7-BH- Considerações finais…

Todo ano que precede uma eleição é farto em especulações. Isso é bom. Mas estamos tranquilos e certos de que o processo se dará da melhor forma e que Bezerros não sofrerá atropelos no curso desenvolvimentista.

Share

Deixe uma resposta