NEGUINHO DE ISRAEL: Convido a oposição de Bezerros e a população para discussão do meu nome ou de qualquer outro da oposição que tenha proposta para a nossa cidade

neguinho
O empresário e ex-vereador Neguinho de Israel é o nosso sexto entrevistado da série

O empresário e ex-vereador de Bezerros, Givanildo Pedro Da Silva, o Neguinho de Israel, 51 anos, é o nosso sexto entrevistado da série que estamos levando ao ar todos os sábados. Você confere a série de entrevista com Nivaldo Santino, Josevânio Miranda, Marcone Borba, Mikhail Gorbachiov e Eugênio do PT no link AQUI

A entrevista deste sábado está indo ao ar mais tarde que o habitual. Informamos que enviamos só ontem a noite as perguntas ao ex-vereador, que estava chegando de viagem. As respostas, assim como aconteceu com os demais entrevistados, foram enviadas via rede social. A sua edição acabou tomando um pouco de tempo, o que justifica o atraso.

1ª- Bezerros Hoje: O Senhor já foi auxiliar do governo Lucas Cardoso, onde comenta ter contribuído com algumas ações para o município…

Neguinho de Israel – Quando Lucas foi prefeito de Bezerros ele me fez um desafio, fui convidado a ser chefe da limpeza pública, que na ocasião estava em greve e ninguém conseguiu solucionar, fui chefe dos pedreiros, jardineiros e toda infraestrutura com mais de 150 funcionários. Organizei a coleta de lixo e dei garantias como hora extra, fardamento, cesta básica, insalubridade e todo mês fazia reunião para ajudar a marcar consultas médicas e remédios, e como reconhecimento uma feijoada com toda equipe há 26 anos atrás. Como estão essas pessoas hoje? Em 1990 fiz o 1º carnaval com banho em nossa cidade apoiado pelo prefeito Lucas, um carnaval feito para todo povo da cidade.

2ª- Bezerros Hoje: Sua história empresarial no ramo da indústria de borracha lhe projetou também para a política. É nesse campo que o Senhor também pauta o seu discurso na empregabilidade. As pequenas fábricas garantem realmente mais emprego que uma indústria do porte da Herval?

Neguinho de Israel –Quando comecei no ramo da borracha estive em Franca-SP com meu amigo Eudes, entrei em uma rua e sai em outra e disse ” vou trabalhar aqui e fazer um polo de calçados em minha cidade.” Por que um polo? Porque as pequenas e médias empresas tem uma capacidade de gerar mais empregos diretos e indiretos com menos investimentos girando mais rápido o dinheiro em salão de beleza, bar, hotel, lanchonete, barracas de cachorro quente e pipoca e etc.

3ª- Bezerros Hoje: O senhor articulou a vinda de empresários numa reunião que aconteceu no governo do ex-prefeito Marcone em um hotel da cidade. A ideia seria criar um aglomerado de pequenas empresas que gerariam centenas de empregos. Costuma dizer que não teve o apoio político necessário. Mas não faltou também certa ousadia para mostrar a viabilidade do projeto?

Neguinho de Israel -Quando se fala de apoio político quero citar o nome do político, foi o ex prefeito Marcone Borba, que estávamos em reunião com presidente do CDL, gerente de bancos, secretários, padres e outro mais. E comigo, éramos 23 empresários, da Paraíba, Minas, São Paulo e Ceará, e o ex prefeito saiu da reunião dizendo ” Não preciso da sua empresa e nem das deles para Bezerros.” E se faltou ousadia, nada se faz na cidade sem o apoio do prefeito, agora quando eu for prefeito eu mostro como se faz, veja como começou Caruaru, Santa Cruz e Toritama.

4ª-Bezerros Hoje: Você vem almejando uma candidatura majoritária desde 2008. Naquele ano, por exemplo, retirou o seu nome em favor de uma discussão para uma terceira via juntamente com o Dr. Carlinhos, que acabou sendo eleito vice-prefeito na chapa Bete de Dael. Por que não deu certa aquela terceira via?

Neguinho de Israel – Naquela ocasião sentamos eu e Dr. Carlinhos para discutir quem seria candidato a prefeito, eu ou ele, ele com mais experiência em política e eu com mais experiência empresarial, ele articulou com o deputado Inocêncio e Bete e foi escolhido o vice da chapa.

5ª-Bezerros Hoje : Ainda em 2008, o Senhor preferiu apoiar à candidatura a reeleição do prefeito Marcone Borba, ano em que também se elegeu vereador. Sua atitude política foi acertada ou você poderia ter sido candidato a prefeito naquele mesmo ano se projetando para as eleições de 2012?

Neguinho de Israel – Eu poderia ser candidato, porém mais uma vez fui enganado, fui chamado por Nivaldo para uma reunião com Marcone, na qual ele me garantiu total apoio para o projeto do polo de calçado.

6ª-Bezerros Hoje :Uma vez eleito vereador, você acampou juntamente com outros pares da oposição a formação de uma CPI para investigar o governo da ex-prefeita Bete. Contudo, foi ser candidato justamente a vice na chapa dela. Não houve certa contradição nessa história?

Neguinho de Israel – Eu como vereador fui eleito para fiscalizar e legislar independente de quem fosse o prefeito, e fiz meu papel, prova disso é que fui eleito três vezes seguidas o melhor vereador do município. E fui candidato ao lado de Bete porque nada foi comprovado contra ela naquela CPI, outro motivo fundamental foi não concordar com a política de coronel feita pelo candidato Severino Otávio, que foi procurar o deputado Cadoca, presidente do PSC na época, para me obrigar a votar nele, o voto é livre e o povo vota em quem quer e em quem acha melhor.

7ª Bezerros Hoje: O seu nome é colocado mais uma vez para ser candidato a prefeito de Bezerros? É possível agregar setores da oposição em torno do seu nome?

Neguinho de Israel – Sim, e tem vários, não falo agora, é melhor esperar o momento certo para evitar ameaças dos coronéis de Bezerros.

7ª-Bezerros Hoje: Como o senhor observa a movimentação política governista para as eleições de 2016. O prefeito Branquinho apoiará um  sucessor ou irá mesmo à reeleição?

Neguinho de Israel – Que venha ele ou qualquer outro, só quero que o povo de Bezerros lembre do que ele disse na campanha de 2012, que iria trazer uma mini suape, cadê? Estão esperando o rio encher?

8ª-Bezerros Hoje – Há acertos e erros no governo Branquinho. Pode fazer uma análise crítica?

Neguinho de Israel – Posso, onde está a segurança com esses assaltos todo dia? E com os professores, está tudo certo? E a saúde, está boa? No momento certo direi mais, inclusive a denúncia do ex vereador Guinho sobre o sumiço de gasolina, baterias e demais coisas.

9ª- Bezerros Hoje –  O seu filho Wesley mostra-se bastante articulado quando o assunto é política local. Você não tem pretensão em lança-lo no processo, tal qual fez o ex-prefeito Marcone ao lançar o filho Breno?

Neguinho de Israel –A política é coisa de responsabilidade, devemos fazer com muita seriedade, sempre incentivei ele a estudar, levava ele a todas as reuniões políticas que ia, e o apoiei a cursar as duas faculdades que são voltadas para administração pública, ele é estudante de direito e de administração. Em Bezerros poucos se dedicam a política como ele, é um jovem sério e só depende da escolha dele, sei o filho que tenho e é de pessoas como ele que Bezerros precisa.

10- Bezerros Hoje – Qual mensagem você deixaria para a população de Bezerros?

Neguinho de Israel –Convido a oposição de Bezerros e a população para discussão do meu nome ou de qualquer outro da oposição que tenha proposta para nossa cidade. Prestem muito bem atenção nos políticos que passam por aqui, estava em Sapucarana na troca de padres e o Bispo falou ” Cuidado com os políticos mentirosos que prometem e não cumprem, e só com o povo durante a política.” Mais uma coisa, gostaria de realizar um sonho para Bezerros, o seu desenvolvimento. Gostaria de agradecer ao Bezerros Hoje pelo espaço.

Share

Deixe uma resposta