NÃO SE AFLIGIR DIANTE DA ESPERA

Não é nada fácil ter que “aprender a esperar” por algo que nós desejamos de imediato, e não é nada motivador alimentar nossas esperanças sobre um propósito que estamos buscando realizar, e vê-lo cada vez mais distante de nossa perspectiva. Naturalmente é muito fácil dizermos que estamos esperando o “tempo de Deus”, mas o difícil mesmo é tentar entender e aceitar quanto “tempo” leva o “tempo” dEle para agir diante de nossas esperas. Compreender as razões que Deus usa para administrar alguns resultados em nosso caminho é praticamente impossível, pois diante dEle não haverá jamais “cedo ou tarde”, “atrasos e nem adiantamentos”, haverá sempre o “momento certo” para cada coisa, conforme os seus desígnios na vida dos que se submetem à sua providência. Todavia, jamais deveríamos nos desesperarmos, nos enfraquecermos, duvidarmos, ou nos acharmos impossibilitados de alcançarmos nossas vitórias, porque quando algo que pedimos a Deus não se concretiza como planejamos, não significa que fomos “impedidos” da realização, mas que fomos “protegidos” de alcançarmos algo que fosse dar errado depois, que pudesse nos fazer mais mal do que bem, ou que viesse numa hora que não fosse somar à nossa vida. Então, se algo que estamos esperando acontecer ainda não se edificou é porque diante do tempo do Pai a nossa hora propícia ainda não chegou, embora no relógio dEle já esteja marcado o nosso momento certo.


A palavra para hoje é CALMA.


(Mariana Helena de Jesus)
www.marianahelenadejesus.blogspot.com.br

Share

Os comentários estão desativados.