DOS BASTIDORES DA POLÍTICA DE BEZERROS

RESUMO POLÍTICO DA SEMANA

DESCENTRALIZADO

Não há qualquer dúvida de que a Serra Negra continue sendo a prioridade dos eventos juninos em Bezerros, até porque os festejos  têm sido referência para os turistas em  Pernambuco, proporcionando o desenvolvimento do turismo no município. Contudo, é importante ressaltar a necessidade da descentralização dos festejos  em Bezerros, objetivando envolver a cidade e também as comunidades rurais de Sapucarana, Boas Novas, Encruzilhada, Sítio do Remédios, Cajazeiras e Areias. A ideia seria implantar palhoções nos polos descentralizados, onde os artistas da terra se reversariam nas apresentações, o que possibilitaria uma maior valorização deles, já que teriam um calendário de várias apresentações.

PROTESTO

foto 1
Não faltaram cartazes para mostrar a indignação dos bezerrenses
foto 2
Temas municipais também foram expostos na manifestação pacífica

Os moradores de Bezerros foram convocados a irem às ruas na última sexta-feira (28) para aderir à onda nacional de protestos contra aos desmandos políticos no país. As vozes das ruas já vêm provocando movimentações positivas, como a derrubada da PEC 37, que limitava o poder de investigação do Ministério Público, e o início de uma importante discussão para a reforma política.

A ideia seria que os bezerrenses também acampasse a luta dos brasileiros, mas o evento ficou muito abaixo da expectativa criada, devido a pouca aderência de pessoas. Isso se deu, simplesmente, porque houve uma disseminação equivocada na internet de que o evento seria um protesto da oposição ao governo municipal. Além disso, também se espalhou a informação de que aconteceriam atos de vandalismo, o que fez a segurança ser reforçada na cidade. Ao final, o evento acabou cumprindo com o seu objetivo, que foi de chamar a atenção da comunidade para a mobilização nacional. Pacificamente, pessoas de bem foram às ruas e marcaram ponto positivo para o município. A criatividade rendeu até matéria em veículos de imprensa da capital, que demarcou um dos o principais temas reclamados pelos bezerrenses: a qualidade de sua água.

RECONHECENDO

A imprensa de Bezerros, em quase sua totalidade, deu total apoio ao movimento de protesto organizado no município através das redes sociais. Algumas críticas desferidas ao ato foram revistas por alguns críticos locais, o que é natural, porque muitos analistas conceituados no país, como o Arnaldo Jabor, voltou atrás sobre o que tinha dito anteriormente. Em Bezerros, o presidente da Câmara de Vereadores, Nivaldo Santino, que questionava o foco das mobilizações, também reconheceu a importância dos movimentos, destacando a transformação que eles  vêm provocando no cenário político nacional.

XIV FENNEART

feneartSerá na próxima quinta-feira o inicio da FENNEART 2013, a maior feira do gênero na América Latina, que este ano terá um dia a mais. O município de Bezerros estará bem representado, com stands que exibirão os nossos produtos, com destaque para o artesanato (xilogravuras, máscaras) e culinária (bolos e doces). Os grupos de danças Papanguarte e Folc Popular se apresentarão também no evento e os ícones da cultura local J. Borges e Lula Vassoureiro estarão na ala dos mestres. A associação dos artesãos de Bezerros espera o ano inteiro por essa data.

TRANSFERÊNCIA

993043_501125036627207_419580500_nComo a GRE/Vitória não conseguiu TRANSFERIR os alunos da EREMB (CEETA) para a nova escola técnica, construída no bairro de Santo Amaro, foca agora nos alunos de 1º ano das escolas estaduais, Cônego Alexandre, Dom José Lamartine, Cereq e Maria Ana. A inauguração da nova escola está marcada para o dia 18 de julho e o número de alunos ainda é pequeno, o que tem motivado a medida. O 1º ano do período da tarde da Escola Dom José Lamartine, do bairro de Nossa Senhora Aparecida (ex-Cohab), se colocou contrário a mudança repentina proposta pela gerência regional da educação.  Alguns deles até aderiram ao movimento de protesto promovido na última sexta-feira pelas ruas da cidade.

CURTAS

A Câmara de Vereadores de Bezerros, que entra em recesso,  aprovou um projeto do executivo que visa aumentar os limites da zona urbana de Bezerros. O projeto facilita a construção de novos bairros que já estariam dentro dos limites rurais.

O pouco público presente ao protesto realizado em Bezerros também demonstra certo receio  de algumas pessoas em se expor, o que não é algo a ser comemorado.

Embora chegando há apenas seis meses do novo governo, é natural que surjam cobranças por melhorias em alguns serviços básicos, sem que isso represente um movimento de oposição.

Definitivamente, o São de Serra Negra está consolidado. Resta ao governo à responsabilidade de dotar a região de uma melhor infraestrutura, como garantir junto ao Estado a pavimentação de estrada de acesso. O projeto está em faze de licitação.

A vigilância sanitária do município pretende retomar os serviços de análises laboratoriais sobre a qualidade da água no município. A medida atende, em parte, a reivindicação dos protestos sobre a qualidade duvidosa da água. Há suspeita de contaminação por esgoto em alguns bairros.

O Deputado Federal Inocêncio Oliveira, depois de passar por uma cirurgia no joelho, já retornou a capital Recife. Ele ainda dará um tempo aos atendimentos de aliados políticos, afim de que possa se restabelecer completamente.

Share

Deixe uma resposta