BLOG DO MAGNO DESTACA MATÉRIA DO BEZERROSHOJE SOBRE REPELENTES PARA TUBARÕES

Após a divulgação do falecimento de uma turista paulista atacada ontem (22) na praia de Boa Viagem, pesquisadores do Núcleo de Tecnologia do Agreste, com sede em Bezerros, lamentaram o desinteresse do Governo do Estado e dos órgãos responsáveis para com as alternativas sugeridas pelo grupo. Os cientistas produziram, em 2004, um repelente de tubarões, produto que obteve destaque em seminários internacionais, mas que nunca obteve autorização para ser instalado nas praias pernambucanas.

A equipe responsável pelo projeto enviou nota à imprensa solicitando ao prefeito Branquinho que, quando na presença do governador Eduardo Campos (PSB), apresente o fruto das pesquisas, que, segundo eles, uma vez implantado, irá gerar renda e oportunidades de emprego para a cidade de Bezerros, além de contribuir para o fomento do turismo em todo o estado.

O equipamento consiste basicamente em atingir os órgãos sensoriais dos tubarões, conhecidos como Ampolas de Lorenzini, mas sem causar danos fatais ao animal. Ao se aproximar da faixa de areia, o aparelho emite um sinal que incomoda o tubarão e faz com que ele se distancie da praia.

Share

Deixe uma resposta