HÁ UM ANO: BEZERROS VIVEU ELEIÇÕES COM RESULTADOS PREVISÍVEIS

Bezerros vivenciava há exatos um ano o desfecho de uma eleição para prefeito onde o resultado era previsível. A falta de tato político da ex-prefeita Bete (ex-PR), eleita  em 2008 com uma ampla frente de partidos, foi a principal causa de sua inviabilização no processo. O desgastes político somaram-se há algumas atitudes administrativas marcadas pela inversão de prioridades. Mesmo sem as mínimas chances de ir para o páreo, a ex-prefeita quis marcar posição. Deu no que deu.

AS PESQUISAS INTERNAS DO BEZERROSHOJE

Acompanhando o cenário distante e com desejo de encerrar sua vida pública como prefeito de sua terra, o então presidente do TCE, o Severino Otávio, o popular Branquinho (PSB), que já tinha uma história de vida pública no município, vislumbrou a oportunidade de se firmar como candidato. Era o terceiro nas pesquisas eleitorais, mas a capacidade de somar e neutralizar fez com que arregimentasse todas as lideranças descontentes com a gestão da ex-prefeita.

O ex-vice-prefeito Carlinhos, do PCdoB, rompido com a prefeita, figurou como a principal liderança de oposição ao governo nos três últimos anos de governo, o que lhes garantiu forte apoio popular. Tentou ser convencido a aderir ao palanque socialista, mas acreditava nos números de pesquisas que lhes eram favoráveis, resistiu e acabou em terceiro na disputa.

Relembre a primeira caminhada do socialista; CLIQUE AQUI E VEJA A NOSSA COBERTURA DO PLEITO

Share

Deixe uma resposta