Ao falar sobre vice, Armando Monteiro Neto ressalta força de Caruaru

O nome do vice candidato na chapa do senador Armando Monteiro Neto (PTB) ao governo de Pernambuco nas eleições de 2014 poderá sair da cidade de Caruaru, no Agreste do estado. Apesar de não admitir a especulação de que o favorito para a missão seria o atual prefeito do município, José Queiroz (PDT), o senador reconheceu a importância da cidade no cenário político do estado. “Independente da análise de nomes, nós estamos longe ainda desta fase, os nomes resultarão das coligações partidárias. Eu só vou cogitar um nome do PDT, se PDT estiver em nossa aliança. Há setores do PDT querem fazer uma discussão sobre isso”, disse em entrevista à Rádio CBN 97,1 FM na manhã desta segunda-feira (11).O Blog de Política do Diario antecipou a informação. O presidente do PDT, Carlos Lupi, já admitiu que o partido poderá apoiar, eventualmente, a candidatura de Armando em Pernambuco. “O deputado Paulo Rubem (PDT) quer discutir sobre isso. Eu não posso deixar de dizer que Caruaru, pela história política, pelo poder de irradiação, é evidente que se a gente puder ter um nome de Caruaru, é importante. Quando eu tive oportunidade, eu dei uma manifestação concreta de apreço a Caruaru escolhendo meu suplente Douglas Cintra, que é de lá”.Desde os anos 1980, os vices são de Caruaru. Integram a lista Roberto Fontes (de Joaquim Francisco), Jorge Gomes (Miguel Arraes) e João Lyra Neto de (Eduardo Campos). Já Mendonça Filho (DEM), vice de Jarbas Vasconcelos (PMDB), tem raízes na região (Belo Jardim). Em 2010, quando voltou a disputar o governo, Jarbas compôs com Miriam Lacerda (ainda no DEM), mais uma caruaruense.

Share

Leave a Reply