“Ainda não há nada concreto sobre a antecipação do intervalo de aplicação da 2ª dose da Pfizer em Bezerros”

A partir desta sexta (10), pessoas que foram vacinadas com o imunizante Pfizer poderão realizar a antecipação da 2ª dose de 90 para 60 dias em Caruaru. A redução de intervalo tem como objetivo ampliar a proteção da população, tendo em vista a ameaça com o avanço da variante Delta.

De acordo com a coordenadora do Programa Nacional de Imunizações, Tatiane Lino, a redução do intervalo é fundamental para um maior controle das novas variantes.

“Estudos científicos sugerem que o enfrentamento da variante Delta acontece de forma mais positiva quando as pessoas já estão com o cronograma vacinal completo, tendo recebido as duas doses do imunizante. Para isso, é fundamental, primeiro, antecipar a segunda dose das vacinas, diminuindo o tempo entre a 1ª e a 2ª dose”, disse.

No caso do imunizante Pfizer, não será necessário o agendamento da D2. A vacinação será realizada por livre demanda para quem tiver completado 60 dias da aplicação da D1. Para receber o imunizante, basta comparecer ao Centro de Vacinação, que fica localizado no Espaço Cultural Tancredo Neves. Também pode ir na Unidade Móvel de Vacinação ou nas ações descentralizadas.

ANTECIPAÇÃO EM BEZERROS

Conforme informações repassadas ao Caderno Bezerrense, ainda não há nada concreto sobre a antecipação do intervalo de aplicação da 2ª dose da Pfizer em Bezerros.

Na próxima semana, equipes da Secretaria municipal de Saúde devem reunir-se para definir se o município terá condições de realizar a antecipação da aplicação do imunizante.

LIBERAÇÃO DO ESTADO

O governo de Pernambuco autorizou, nesta quinta (9) a redução para 60 dias do período de aplicação da segunda dose da vacina da Pfizer. A permissão é exclusiva para as cidades que tiverem doses estocadas para a segunda aplicação.

“Os municípios estão autorizados a diminuir, para os que tem estoque de Pfizer específico para segunda dose. Nosso comitê técnico estadual referendou essa decisão e não há porque aguardar mais 90 dias. Isso é para ampliar o número de pessoas com esquema vacinal completo, principalmente nesse momento de circulação da variante delta no país”, afirmou o secretário estadual de Saúde, André Longo.

Caderno Bezerrense

Share

Os comentários estão desativados.