AAB – Associação dos Artesãos de Bezerros é contemplada no Funcultura Geral

A Secretaria de Cultura de Pernambuco (Secult-PE) e a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) anunciaram, no último sábado (20), os resultados finais dos editais Funcultura Geral e Funcultura da Música 2019-2020. Ao todo, 292 projetos foram aprovados (50 para Música e 242 para o edital Geral), somando quase R$ 20 milhões em incentivo para a cadeia cultural do estado.

Dentre as propostas selecionadas está um projeto que irá beneficiar diretamente a AAB – Associação dos Artesãos de Bezerros, o mais antigo coletivo de artistas do artesanato no município, com 23 anos de existência. Ao longo de um ano, a entidade será beneficiada com atividades divididas em quatro módulos complementares: atividades de formação, estruturação de mídia, realização audiovisual e fomento à produção artística.

O projeto foi desenvolvido por Marlom Meirelles, produtor cultural e atual diretor de cultura do município. E não é a primeira vez que esta parceria acontece, pois há cerca de dez anos Meirelles conseguiu recursos para um projeto de revitalização da antiga sede junto à Caixa Econômica Federal. A proposta conta ainda com expertise da produtora Rosinha Assis, o escritor Cícero Belmar e o fotógrafo Heudes Regis.

Ainda no início de 2020 o projeto foi pleiteado, mas o resultado apenas agora foi homologado. A expectativa é que as atividades iniciem no segundo semestre de 2021 e todas as ações escaladas tomam por referência potencializar a capacidade criativa do artesanato bezerrense e a promoção da economia criativa municipal.

Share

Os comentários estão desativados.