Repasses de recursos para o combate a Covid-19 volta ao centro do debate em Bezerros

O prefeito Breno Borba (PSB) provocou polêmica ao falar sobre os repasses de recursos do Governo Federal. Em entrevista ao canal ADP, nesta quinta-feira (30), disse que o município recebeu 1,2 milhões para o combate à pandemia da Covid-19 até o momento. A informação foi contestada nas redes sociais pelo pré candidato a vereador Eduardo Lima (DEM) , que mencionou, através de publicação nas redes sociais, os repasses e acusou o prefeito de mentir.

A postagem difundida pelas redes sociais mereceu resposta do prefeito, que ameaçou processar o pré candidato pelas informações publicadas.

” Fake news se combate com a verdade e quem diz que estou mentido sobre valores recebidos na Prefeitura, vai ter que provar na justiça tal acusação. Dinheiro público não é brincadeira e tenho muita responsabilidade no que falo. Mas repito: acusações desse nível serão tratadas na justiça, pois em época nenhuma, principalmente agora nessa pandemia, de sofrimento e angústia da população, não vou admitir calúnias de quem nunca fez nada por Bezerros.

As transferência de recursos fundo a fundo, passam pelo fundo municipal de saúde, fiscalizado pelo Conselho Municipal de Saúde e assim repassados ao Hospital Jesus Pequenino, que por sinal, tem sido um parceiro da Prefeitura e da população de Bezerros. Fiquem todos com Deus, grande abraço”, concluiu.

DA REDAÇÃO

O site já publicou planilha do Governo Federal sobre repasses ao município de Bezerros para o combate a Covid-19. Até 5 de junho, segundo o governo federal, Bezerros já teria recebido R$ 6.349.769,14 (seis milhões, trezentos e quarenta e nove mil, setecentos e secenta e nove reais e quartoze centavos). Além disso, o município está recebendo um valor extra de R$ 5.522.834,34 divididos em três parcelas até o final do ano. As informações foram publicadas no mês de junho.


Share

Os comentários estão desativados.