Feriadão de Semana Santa sem mortes nas BRs de Pernambuco

Neste ano, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) não registrou morte provocada por acidente na Operação Semana Santa. Desde 2015, é a primeira vez que o fato acontece no tradicional feriado, segundo o órgão. Para 2019, foi estimado um aumento de cerca 50% no trânsito das rodovias federais. De acordo com a PRF, a Semana Santa é o feriado que há uma maior intensidade nas estradas federais e estaduais de Pernambuco.

O número de acidentes também diminuiu em relação ao ano anterior. Neste feriadão, a PRF registrou 52 acidentes com 42 feridos. Em 2018, foram registrados 61 acidentes, com 36 feridos e duas mortes. Segundo a PRF, o acidente mais grave ocorreu no início da operação, na sexta-feira (18), na BR-101, em Jardim São Paulo, Zona Oeste do Recife. Um motorista inabilitado invadiu a contramão e colidiu frontalmente com outro carro. Ao total, duas pessoas ficaram feridas com a colisão.

Durante o período de fiscalização, 2.775 pessoas e 2.713 passaram por vistoria da PRF. A estimativa é que 1.492 deste foram autuadas por diversas irregularidades, como o não uso de cinto de segurança, ultrapassagem indevida, falta de cadeirinha e de capacete, no caso dos motociclistas. Além disso, foram registradas 982 flagrantes por radares eletrônico por excesso de velocidade.

No total, foram recolhidos 85 veículos, 63 Certificados de Registro e Licenciamento do veículo (CRLVs) e 34 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs). A fiscalização também resultou no transbordo de 40 toneladas de cargas com excesso de peso e foram recolhidos dez animais que estavam soltos nas ruas.

Operação Lei Seca

Junto com agentes da Operação Lei Seca, foram realizadas na Operação Semana Santa 1100 testes com bafômetro. Foram registradas 38 atuações e duas prisões. Ao todo, 26 das atuações foram por recusa a realização do teste e 12 por constatação de embriaguez.

JC Online

Share

Os comentários estão desativados.