DOS BASTIDORES DA POLÍTICA DE BEZERROS

PREVISÃO PRESIDENCIAL

Os lulistas se preparem para votar na chapa Fernando Hadad (PT) e Manuela Dávila (PCdoB) para a presidente da república. É certo que o nome de Lula já foi rifado pela Lei da Ficha Limpa e a manutenção do seu nome responde por algo que se chama estratégia eleitoral. Já os anti lulistas se preparem para mirar o seu voto em Geraldo Alckmin (PSDB) se desejar impedir o feito dos petistas. É que hoje o candidato Bolsonaro (PSL) é quem disputaria o 2º turno com o candidato do PT, segundo as avaliações políticas. Acontece que Bolsonaro perde todas as simulações de segundo turno.

O NOSSO PEIXE

As pautas pendentes do Governo de Pernambuco em Bezerros precisam ser lembradas como forma de intenções  do próximo governador eleito. Entendemos que é preciso o comprometimento público dos principais postulantes para garantirmos a implantação dos referidos projetos que anseiam a nossa gente já há muito tempo. Alguns temas como o teleférico de Serra Negra, a UPA e a 3ª Companhia de Polícia independente precisam ser debatidas e ‘amarradas’  com as duas postulações que apresentam maiores expectativas de vitória, representadas na reeleição do atual governador Paulo Câmara (PSB) ou na forte postulação de Armando Monteiro (PTB). Com a saída do páreo de Marília Arraes (PT) dificilmente outra postulação divida igualmente a atenção dos pernambucanos. Daí, precisamos garantir o nosso peixe com Paulo ou com Armando.

JOÃO BATISTA

Em um eventual governo Armando Monteiro (PTB) Bezerros continuará tendo um bom trânsito com o Palácio do Campo das Princesas. Um dos coordenadores da campanha do petebista é o bezerrense João Batista, que já se lançou candidato a deputado estadual no município em 1998. João é o canal direto das lideranças com Armando no Estado e, num eventual governo do petebista, será o elo importante entre governo e município. A entrevista com João pode ser conferida aqui

ANIMADOS

O ex-vereador Marco Pontes esteve na convenção de Armando Monteiro para o governo de pernambuco e voltou animado pela demonstração de força que presenciou no ato realizado no Classic Hall. Marco declara apoio a candidatura de Armando em Bezerros, assim como  a ex-prefeita Bete Lima e o ex-vereador Neguinho de Israel, que também esteve na convenção. A bezerrense Luciele Laurentino, candidata a deputada estadual, também esteve presente no ato que homologou a sua candidatura.

PE -119

A PE 119 que liga a BR-232 ao distrito de Sapucarana mal começou e já encontra entraves por falta de zelo na elaboração do projeto básico, que não vislumbrava a necessidade das indenizações. É outro projeto que deve ser levado à mesa do comprometimento do atual governador e também do candidato da oposição Armando. Dificilmente avançará este ano e caberá ao próximo governo tocá-lo de fato.

HOMOLOGAÇÃO 

O sentimento no meio político é que o vereador Gabeira sairá ainda mais fortalecido politicamente nestas eleições. Além de está no segundo mandato de vereador, Gabeira tem focado a sua atuação parlamentar nos mais variados segmentos, o que tem lhes dado uma forte visibilidade junto a população. Outro fato que se destaca deve-se a sua posição de independência do governo municipal, que apresenta Waldemar Borges e Danilo Cabral como candidatos. Muitos não acreditavam que a postulação do Gabeira fosse à frente, mas a homologação de sua candidatura neste domingo (5) não deixa dúvidas. Na imagem, o candidato assina ficha ao lado do apresentador de tv Ni do Badoque, que também sai candidato pelo PP.

A FORÇA 

O prefeito em exercício Breno Borba (PSB) enalteceu a força política em apoio aos candidatos do prefeito Branquinho, que deve retornar das férias nos próximos dias para fazer aquilo que mais entende, a articulação política. Na rede social Breno agradeceu ‘aos vereadores que acreditam nesse projeto e a seu  pai, o ex-prefeito Marcone Borba. “Hoje estivemos prestigiando a convenção do PSB, juntos para continuar na rota do trabalho e desenvolvimento do nosso estado e de Bezerros”, destacou. A julgar realmente pelo apoio político a votação dos candidatos Waldemar e Danilo deve ser bastante expressiva.

SOBRENOME

A candidata a estadual Luciele Laurentino, que teve o seu nome homologado no sábado (04) em convenção partidária da majoritária de Armando para o governo do estado, trás consigo um sobrenome de peso que marcou o quadro político de Bezerros na década 80 e 90. O seu pai, o popular Leuzinho, já foi vereador no município com forte atuação na Serra Negra. A bezerrense, no entanto, fez a sua história política sem depender do recal político familiar, mas como o sobrenome marca muito não tem como  deixar de relacionar. Na imagem, Luciele presente a convenção que homologou Armando Monteiro para o governo e também os senadores Mendonça Filho e Bruno Araújo.

SACRIFÍCIO

Quando alguém vai para ‘algum’ sacrifício é porque acredita na causa que defende e todos que conhecem a militância do jovem Mikhail sabem do excelente quadro que ele representa. Portanto, a palavra em destaque não diminui em nada a postulação do bezerrense para deputado estadual. A depender de sua estrutura de campanha poderá surpreender.

CURTAS

Como fica agora a posição dos petistas de Bezerros animados em votar Marília Arraes governadora? Seguem Paulo ou vão de Armando Monteiro. Eles votarão Humberto Costa senador mesmo sabendo que  foi ele o ‘judas’ ao oferecer a cabeça de Marília?

A direita Bezerros poderia também ter lançado uma candidatura da terra em apoio ao projeto de do presidenciável Bolsonaro, invés de apoiar nomes de fora. O candidato do PSL no município, o popular Bala, não mereceu a atenção do grupo.

O vereador Gabeira acertou na dobradinha com Eriberto Medeiros, nome cotado nas apostas de eleição garantida para deputado federal. A sorte do Gabeira foi tal tamanho que Eriberto acaba de ser eleito presidente da Assembleia Legislativa.

Ao saber da declaração do secretário de Saúde Wendel França sobre a impossibilidade do município custear a UPA de Bezerros, o ex-vereador Marco Pontes lembrou de sua entrevista a TV Imprensa quando já alertava sobre o problema.

Armando Monteiro, candidato ao governo do Estado, adotou uma estrela na sua logomarca. Todo mundo sabe da relação do petebista com o ex-presidente Lula e a estrela faz esse elo, queira ou não os apoiadores de Paulo Câmara.

Share

Os comentários estão desativados.