CELPE DIZ QUE “ADOTARÁ MEDIDAS CABÍVEIS” CONTRA REDE CLANDESTINA DE ENERGIA NO RESIDENCIAL PEDRO LEMOS, EM ENCRUZILHADA DE SÃO JOÃO

A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) disse, por meio de nota enviada ao Caderno Bezerrense nesta segunda-feira (3), que “está apurando a intervenção indevida na rede de distribuição do Residencial Pedro Lemos, e que adotará as medidas cabíveis”.

PROTESTO

No final da manhã de hoje (3), um grupo de manifestantes interditou um trecho da BR-232, em Encruzilhada de São João, em Bezerros. A manifestação ocorreu na altura do quilômetro 112 – sentido Recife.

De acordo com informações, o protesto foi realizado devido à interrupção do fornecimento de energia – por suspeita de ligações clandestinas – do Residencial Pedro Lemos, que foi invadido há cerca de duas semanas. Além disso, os manifestantes pediram celeridade na entrega oficial dos imóveis.

A Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Militar estiveram no local, e o tráfego de veículos foi liberado por volta do meio-dia após a Celpe comparecer no local.

CONFIRA A NOTA DA CELPE NA ÍNTEGRA:

“A Celpe confirma que se trata de uma rede clandestina de energia. A empresa está apurando a intervenção indevida na rede de distribuição e adotará as medidas cabíveis.”

📸 Geivson Patriota ( Caderno Bezerrense)

Share

Os comentários estão desativados.