Geou na Serra Serra Negra nesta madrugada

Imagem registrada em condomínio próximo ao Polo Cultural -Imagem: Neuza Melo.

Geou na Serra Negra nesta madrugada. O registro mostra orvalho congelado, sob a forma de fina camada branca na vegetação. Não se tem registro de temperaturas amenas na região, mas os termômetros devem ter registrado fortes quedas. Uma chuva de granizo já foi registrada por moradores da Serra Negra. Este inverno promete ser um dos mais rigoros no país.

Share

22MM de chuvas em Bezerros nesta manhã de quarta-feira

A Agência Pernambucana de Águas e Climas (APAC) registrou 22mm de chuvas em Bezerros nas últimas 12h. Os dados são informados a partir de estação localizada no centro da cidade. A Rua Frei Caneca registrou novamente alagamento, como registra a imagem abaixo.  A previsão do tempo no agreste é nublado a parcialmente nublado com pancadas de chuva de forma isolada ao longo do dia com intensidade moderada.

Share

Não houve transbordamento do Rio Ipojuca, como diz a imprensa estadual

Riacho do Salgado que provocou os transtornos em Bezerros; Rio Ipojuca se manteve correndo tranquilamente em seu leito.

A imprensa de Pernambuco, que também repercute a enxurrada que caiu sobre a cidade na última terça-feira (20), tem repassado equivocadamente  a informação que os alagamentos nos bairros da Irmã Júlia e BR-232 aconteceram devido ao transbordamento do Rio Ipojuca. Na verdade, os transtornos, tanto no bairro mencionado quanto na BR, se deram devido ao aumento abrupto da vazão do riacho Salgado, que absorve toda a água pluvial e de esgoto da região do bairro Retiro. O Rio Ipojuca se manteve correndo normalmente em seu leito, registrando apenas uma pequena elevação por conta forte precipitação na cidade que, segundo a APAC chegou a 76mm em menos de duas horas.

Share

TEMPORAL CAIU SOBRE BEZERROS PROVOCANDO MEDO E CAOS

BEZERROS REGISTRA O MAIOR TEMPORAL DESTA TARDE EM TODO O ESTADO, DIZ A APAC; FORAM 74 MM EM APENAS 2H.

Vídeo do comunicador Antônio Monteiro mostra cenário destruidor após enxurrada no bairro da Irmã Júlia.

A cidade de Bezerros, agreste de Pernambuco, registrou forte temporal nesta tarde de terça-feira (20). Vários pontos da cidade apresentaram alagamentos, mas  o bairro da Irmã Júlia foi o mais atingido após  um canal  transbordar e invadir várias  casas arrastando pertences e móveis dos moradores.  A BR-232 ficou interditada na altura do hospital Jesus Pequenino, onde passa o canal. Ponto de alagamento também se deu nas mediações do hotel Fazenda.

Nas últimas 24h choveu 95,63mm de chuvas na zona urbana de Bezerros, sendo que 74mm em apenas 2h, diz a APAC. A Defesa Civil de Bezerros continua fazendo o levantamento de famílias desalojadas. Segundo Jackson Santos, coordenador Municipal, foram três residências destruídas e outras com danificadas parcialmente. As famílias desalojadas estão sendo assistidas pelo Governo Municipal na Quadra da Irmã Júlia, que fica a 200 metros do canal. No loca donativos podem ser doados para os desabrigados.

Registro da APAC mostra o temporal que atingiu Bezerros
Canal virou rio, interditou rodovia e destruiu casas no bairro da Irmã Júlia
Passagem molhada do canal do bairro da Irmã Júlia, próximo ao bairro do Rosário ficou intransitável
BR-232 ficou interditada com o transbordamento do canal em Bezerros
Rua do centro comercial tomada por água da correnteza. Ao fundo o rio Ipojuca
Veículos no estacionamento do hospital Jesus Pequenino foram inundados

MOMENTO EM QUE EXURRADA LEVA MÓVEIS DE RESIDÊNCIA NO IRMÃ JÚLIA


Canal do bairro da Irmã Júlia Transborda ;Moradores observam movem sendo levados pela enxurrada

Estacionamento do Hospital Jesus Pequenino Água invade residência na Rua da Matriz , onde aconteceu a maior concentração de foliões no carnaval de Bezerros

Share

8,73MM de chuvas em Bezerros

As chuvas da madrugada registraram 8,73mm no centro de monitoramento que fica localizado na zona urbana de Bezerros. As precipitações foram mais intensas em cidades da região, como: Bonito, Camocim e Barra de Guabiraba. Àreas que correspondem as zonas rurais de Sapucarana e Boas Novas também registraram maior índice de chuvas. Veja dados da Apac aqui

Share

APAC EMITE NOTA SOBRE CHUVAS NA REGIÃO

A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu, pela segunda vez, um alerta para a possibilidade de chuvas moderadas a fortes na Região Metropolitana do Recife, Mata Norte, Mata Sul e Agreste. A previsão do aviso hidrometeorológico é válida até este sábado.

Share

Pernambuco tem alerta para chuvas moderadas a fortes em três regiões

A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu, na tarde de ontem, quinta-feira (18), um aviso indicando probabilidade de chuvas com intensidade moderada a forte em três regiões do estado: a Região Metropolitana do Recife, a Zona da Mata e o Agreste Setentrional e Central. A previsão é válida até sábado (20). Em Bezerros, agreste de Pernambuco, os índices de precipitações nesta tarde de sexta-feira é de 14,18mm, segundo centro de monitoramento da APAC.

As precipitações, segundo o órgão, podem vir acompanhadas de vento e trovoadas. Na capital pernambucana, a orientação da Defesa Civil aos moradores de áreas de risco é sair dos imóveis e procurar abrigo em locais seguros.

A Defesa Civil do Recife mantém um plantão permanente de 24h e pode ser acionada através do telefone 0800 081 3400. A ligação é gratuita. Já o acompanhamento das chuvas pode ser feito no site da Apac.

Share