Dos Bastidores da Política de Bezerros

DESASTRES

A tragédia de Brumadinho/MG, que enfrenta as percas após rompimento de uma barragem de rejeitos de minérios, fez o país todo refletir sobre a segurança e a importância da preservação do meio ambiente. Sabemos que a natureza nao representa uma ameaça no Brasil, diferente do que se ver em outros países onde furacões, terremotos e maremotos provocam verdadeiras tragédias. Aqui, como se diz na internet, o homem cuida de fazê-las. No caso de Brumadinho mais de 120 pessoas foram mortas e mais de 250 estão desaparecidas.

Em Bezerros não temos a ameaça de rompimento de barragens que dizimaria áreas povoadas sem que houvesse tempo de alerta. Mas temos preocupação com o nosso Rio Ipojuca que tem provocado cheias cada vez mais contantes. (2004, 2010, 2014, 2017). Preocupante também são as ocupações próximas aos canais que cortam a cidade. Em fevereiro do ano passado, por exemplo, o canal do Salgado, que corta o bairro da Irmã Júlia, por pouco não provoca vítimas após uma chuva torrencial. Os moradores sentiram a força do evento derrubando casas e levando seus pertences na forte enxurrada. Nesse caso, a ocupação irregular foi a responsável pelos danos. Uma irresponsabilidade do homem.

VIABILIDADES

2019 será um ano para que nomes dispostos a entrar na disputa da prefeitura ganhem envergadura e de fato mostrem força na sucessão Municipal. Hoje dois nomes já aparecem no processo mais diretamente, o vice – prefeito Breno Borba assumirá a missão de continuar a gestão Branquinho por mais quatro anos junto a secretários que se movimentam pelo nome do jovem que também já foi secretário de Turismo. Tipo aposta na renúncia do prefeito para começar de fato articular grupo para as eleições. Outro nome que também cresceu no protagonismo é o do atual presidente da Câmara Municipal. Gabeira tem dois mandatos de vereador, foi o deputado estadual mais votado em Bezerros e iniciou o ano dedicado a mostrar sua capacidade de gestão inovadora através da Câmara. Seu nome já soma apoios para a disputa em 2020, principalmente derivados de projetos que tem desenvolvido. Nomes como o do advogado Paulo Alves, que deixou o PSB, e Marco Pontes (PTB) estão também no rol das conversações políticas.

TOME ESPECULAÇÕES

Toda vez que aparece os comentários da renúncia ou afastamento do Prefeito Branquinho surgem rumores de mudança no Secretariado na cidade: Josevânio de Miranda, Vando Dias e Claudemir Venceslau não ficariam no Governo Breno Borba. Por outro lado, com a saída ainda não oficial do secretário Wendel França da Saúde, especula-se os nomes do vice Breno e também o da gestora da Unidade Mista, Cremilda, para o cargo.

18 PSFs

Em momento de crise continua um desafio para o o município a quantidade de reclamações dos PSF’s sem medicamentos e materiais para atendimento. É alto o custo para mantê -los: aproximadamente R$ 25 mil reais. O Governo Federal repassa apenas R$ 10 mil reais por mês para cada PSF.

CURTAS

Wendel França teria assumido a pasta da Saúde do Município de Ipojuca. Uma fonte garante que o prefeito Branquinho teria dado a ele um prazo de trinta dias para analisar a nova missão. As portas estariam abertas no caso de reconsiderar permanência.

O Presidente da Assembleia Legislativa, Eriberto Medeiros, confidenciou ao vereador Gabeira que seria reeleito com 44 votos. Obteve 42 dos 49 deputados que compõem a ALEPE. Bom no faro!

O vice-prefeito Breno não se posicionou a respeito da especulação de que teria recebido convite para assumir a pasta da Saúde do governo Branquinho. Breno tem perfil discreto nas redes sociais e não procura alimentar as especulações.

A Assessoria do vereador Gabeira deve atualizar os números do mutirão de exames de vista realizado na Câmara. O número chega a 600 atendimentos porque os adultos também levaram criancas.

Share

Os comentários estão desativados.