A VERDADE QUE DÓI MACHUCA MENOS QUE A MENTIRA QUE ILUDE

A confiança é um elo que só existe em sua essência íntegra enquanto não é quebrada. A confiança depois de quebrada é um elo remendado, com um nó no meio. Por isso  diante das relações humanas é tão importante o elo da confiabilidade, porque a confiança no outro assegura o equilíbrio do relacionamento pelo respeito de preservar o outro contra a mentira. Mas, nem sempre é fácil lidar com a verdade, porque nem toda verdade é confortável para ser ouvida, embora seja sempre necessária ser dita. Pois é melhor uma verdade que machuca do que uma mentira que ilude, e que ao ser descoberta torna-se o mar da desilusão. Portanto, em seu dia a dia, diante de um contexto desconfortável que exija a sua transparência, não minta e nem engane alguém por medo ou precaução, achando que vai se proteger ou protegê-la de algum sofrimento. Quando uma mentira precisar ser contada para esconder uma verdade, então é porque já existe uma fragilidade na confiança. 

A palavra para hoje é SINCERIDADE.

(Mariana Helena de Jesus)

Share